Cientistas descobriram quando é que o Sol vai começar a comer planetas e morrer

M.Weiss / CXC / NASA

-

É inevitável: o Sol vai converter-se numa estrela gigante vermelha e começar a “comer” os planetas do Sistema Solar. Mas a Agência Espacial do Cazaquistão revelou agora, em comunicado, quando é que isso vai acontecer.

O Sol que conhecemos, com a sua aparência actual, vai durar mais 1.000 milhões de anos. Após este tempo, vai começar a transformar-se numa estrela gigante vermelha e começar a “engolir” os planetas do Sistema Solar.

A informação foi adiantada em comunicado pela Kazkosmos, a agência espacial do Cazaquistão, responsável pela gestão do famoso Cosmódromo de Baikonur.

Segundo a RT, a agência baseou os seus cálculos em estudos fotométricos de longo prazo e na análise de pulsações de estrelas que se encontram no fim da sua trajectória evolutiva, desenvolvidos pelo Instituto de Astrofísica Fesenkov, no Cazaquistão.

Durante mais de um ano, o Instituto realizou uma série de observações de estrelas anãs brancas com o WET – Whole Earth Telescope, uma rede internacional de telescópios com dezenas de observatórios instalados em todo o Mundo.

As observações principais do estudo foram conduzidas no Observatório Astrofísico de Tien Shan, a 30 kilómetros da cidade cazaque de Almaty.

“Durante os próximos 5.000 milhões de anos, o Sol vai converter-se numa gigante vermelha, e engolir Mercúrio e Vénus”, revela o comunicado da Kazkosmos.

“Provavelmente, expandir-se-á ainda o suficiente para chegar até à órbita da Terra também”, acrescenta.

“Depois de outros tantos 5.000 milhões de anos, o Sol transformar-se-á numa anã branca, com uma temperatura de centenas de milhares de graus, e com o tamanho da Terra”, antecipa a agência.

Quando a massa de uma estrela é cerca de 4 vezes a do nosso Sol, da sua morte resulta uma estrela de neutrões; mas se for 8 ou 10 vezes maior, transforma-se num buraco negro.

Mas o nosso “pequeno” Sol, ao transformar-se apenas numa anã branca, dá ao nosso sistema solar uma esperança de vida muito maior, garantem os cientistas.

Ao que parece, se sobrevivermos ao aquecimento global, só mesmo os tetranetos dos teranetos dos nossos petanetos é que terão que começar a preocupar-se com o calor a mais no quintal.

ZAP

PARTILHAR

12 COMENTÁRIOS

  1. Estes cientistas,não tem mesmo nada para fazer. Preocupados com o que dizem ir acontecer daqui a mil milhões de anos. Quando ele se investigar a si próprio, se descubrir a si próprio,saberá que é absurdo, essa preocupação.

  2. Duvido dos tempos apresentados pelos Kazaks. O que é aceite é o Sol continuar a transformar Hidrogénio em Hélio por mais 4,5 mil milhões de anos. Só depois é que se tornará uma gigante vermelha. E depois ainda irá transformar Hélio em Carbono e Oxigénio, e finalmente entrará numa fase de pulsações, onde vai perder o envelope para uma nebulosa planetária, ficando no meio uma anã branca.
    Graças à astrofísica muita tecnologia foi desenvolvida tal como os CCDs, as técnicas de imageologia tão usadas na medicina, a PET e a ressonância magnética, o GPS, etc.

    • Caro Luís Garcia,
      Obrigado pelo seu reparo, e pela perspicácia.
      Os números estão no entanto correctos. O Sol como o conhecemos “começa a desaparecer” daqui a 1.000 milhões de anos, o processo dura 5.000 + 5.000 milhões.

RESPONDER

Não são só os humanos. Até os cães-guia podem vir a ser substituídos por robôs

A tecnologia de Inteligência Artificial (IA) não ameaça apenas automatizar o trabalho dos humanos. Os cães-guia, que ajudam pessoas com deficiência visual a navegar com segurança pelo mundo, podem ser os seus próximos alvos. Uma equipa …

Laboratório investigado em Madrid depois de vídeo mostrar maus tratos a animais

Um laboratório em Madrid, Espanha, está a ser investigado por alegados maus tratos a animais, depois de uma inspeção confirmar as suspeitas de abuso filmadas por um antigo funcionário. O vídeo divulgado pela Cruelty Free International …

Equipa realiza primeiro transplante de traqueia do mundo. Pode reverter danos causados pela covid-19

Uma equipa de cirurgiões realizou o primeiro transplante de traqueia humana do mundo. A cirurgia foi feita numa mulher com graves danos no órgão, revelou o Hospital Mount Sinai, em Nova Iorque. A recetora do transplante …

Em 2020, os mais velhos renderam-se aos "animais de estimação pandémicos"

Uma nova investigação revelou que as famílias com crianças não foram as únicas a aderir à tendência dos "animais de estimação pandémicos" em 2020. Os mais velhos também não resistiram. Segundo a National Poll on Healthy …

Tramado por uma turfeira. Homem confessa assassinato, mas corpo encontrado tinha 1600 anos

O que tinha tudo para ser um casamento feliz, acabou em tragédia. Num estranho caso em que uma simples planta ditou o desfecho de uma investigação criminal. Em 1959, a retratista e entusiasta de viagens Malika …

"Projeto Bernanke". Google terá usado programa secreto para dar vantagem ao seu sistema de anúncios

A Google terá usado durante anos um programa secreto que usava dados de lances anteriores na bolsa de publicidade digital da empresa para dar ao seu próprio sistema de compra de anúncios uma vantagem sobre …

Para "proteger a verdade histórica", Rússia divulga documentos que revelam atrocidades nazis em Stalingrado

O Ministério da Defesa da Rússia divulgou documentos desclassificados que detalham atrocidades cometidas por soldados e oficiais nazis durante a II Guerra Mundial. A divulgação destes documentos, que foram publicados no site do Ministério da Defesa …

Espanha. Funcionários públicos podem trabalhar três dias em casa sem perder direitos

O Governo espanhol e os sindicatos de funcionalismo público chegaram, esta segunda-feira, a um acordo que prevê que os trabalhadores da Administração Pública podem trabalhar três dias por semana em casa com os mesmos direitos …

Rara coleção de um dos primeiros fotógrafos da História vai a leilão nos EUA

Quase 200 imagens de um dos primeiros fotógrafos da história, William Henry Fox Talbot, vão a leilão, em Nova Iorque, já este mês. A coleção de William Henry Fox Talbot será parte do leilão "50 obras-primas …

Em greve de fome, Navalny é ameaçado ser alimentado à força. Ativistas falam em tortura

O opositor russo Alexei Navalny afirmou hoje na rede social Twitter que as autoridades penitenciárias estão a ameaçar alimentá-lo à força para quebrar a greve de fome que mantém na prisão desde 31 de março. “Ele …