Cientistas descobriram quando é que os humanos começaram a usar drogas

Nem sempre os humanos adotaram uma abordagem proibicionista em relação aos narcóticos. Essa é a conclusão de um novo estudo que descobriu quando é que começámos a usar drogas.

Compilando dados arqueológicos de todo o mundo, um novo estudo publicado na revista especializada Journal of Psychedelic Studies indica quando é que a humanidade começou a usar drogas diferentes, revelando que a nossa relação com substâncias que alteram a mente remonta a mais de 13 milénios atrás.

Giorgio Samorini, autor do estudo, conduziu, de acordo com o IFLScience, uma revisão aprofundada da literatura arqueológica existente, a fim de determinar as primeiras evidências do uso humano de canábis, ópio, cogumelos mágicos, álcool e muitas outras plantas psicoativas.

Os sinais mais antigos de uso de drogas em todo o mundo foram encontrados numa caverna no Monte Carmelo, em Israel, onde os grânulos de amido encontrados nas ferramentas exibiam malformações normalmente associadas à fabricação de cerveja. Datado do século 11 a.C., esse achado sugere que a nossa espécie já bebia cerveja há pelo menos 13 mil anos.

Estudos recentes revelaram que as primeiras plantas de canábis tiveram origem no planalto tibetano, mas a evidência mais antiga para uso humano da droga vem do Japão, onde foram encontrados macro-fósseis que continham partes da planta em peças de cerâmica de 8200 a.C.

Enquanto isso, as papoilas de ópio são normalmente associadas a países como o Afeganistão mas, de acordo com o estudo, foram criadas em Itália pela polinização cruzada deliberada de vários tipos de papoilas que não contêm ópio.

Foram encontradas várias formas intermediárias entre a papoula natural e a papoula do ópio num sítio arqueológico do Neolítico em Roma, onde os habitantes desenvolveram a primeira cepa narcótica da planta por volta de 5600 a.C.

Os cogumelos mágicos – que contêm um composto psicoativo chamado psilocibina -, foram experimentados pela primeira vez por humanos no deserto do Saara, onde pinturas pré-históricas com cerca de oito mil anos retratam figuras humanas a segurar cogumelos, de onde saem linhas pontilhadas que se conectam às suas cabeças. Segundo o autor do estudo, “esse detalhe parece indicar que o artista pretendia transmitir os efeitos psicoativos que o fungo exerce sobre a mente humana”.

As folhas de coca encontradas no chão de uma casa no norte do Peru foram datadas de 6.000 a.C, sugerindo que os humanos utilizavam a planta através da qual a cocaína é produzida há pelo menos oito mil anos.

ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Recurso de Rui Rangel foi distribuído sem sorteio. Procedimento é ilegal

O recurso que opunha o juiz Rui Rangel ao Correio da Manhã foi distribuído diretamente a Orlando Nascimento, atual presidente da Relação de Lisboa, sem que tivesse sido feito o sorteio eletrónico obrigatório por lei, …

"Não pôr o dedo no nariz". Livro medieval ensinava as regras de etiqueta às crianças do século XV

Um livro de boas maneiras do século XV, digitalizado recentemente pela Biblioteca Britânica, está cheio de regras de etiqueta que não são muito diferentes das de hoje. O manuscrito chama-se "The Lytille Childrenes Lytil Boke", as …

Abanca pagou menos de 250 milhões pelo EuroBic

O Abanca ofereceu menos de 250 milhões de euros por 95% do EuroBic, segundo avança o Jornal Económico, o que significa que o banco espanhol avaliou o EuroBic ligeiramente abaixo do múltiplo a que transaciona …

Alegado escritor-fantasma confessa que recebeu pagamentos de Sócrates

Domingos Farinho, alegado escritor-fantasma do livro de José Sócrates "A Confiança no Mundo", confessou que recebeu pagamentos do ex-primeiro-ministro através da RMF Consulting. No requerimento de abertura de instrução que apresentou em janeiro de 2020, o …

Os cavalos perdem quatro dedos no útero

Os cavalos têm apenas um dedo em cada pata, sendo os cascos o equivalente à falange dos nossos dedos médios. No entanto, os seus ancestrais tinham mais dedos em cada pata, variando entre três e …

"Década perdida". Novo Banco com prejuízos de 1.058,8 milhões em 2019

O presidente executivo do Novo Banco disse esta sexta-feira que os últimos dez anos foram uma "década perdida" para a empresa que começou por ser BES e passou em 2014 a Novo Banco, mas …

Estados Unidos assinam acordo de paz com os talibãs no Afeganistão

O presidente norte-americano, Donald Trump, pediu esta sexta-feira aos afegãos para "aproveitar a oportunidade de paz", ao abrigo do acordo de paz que os Estados Unidos vão assinar no sábado com os rebeldes talibãs. A …

Portugal poderá ter um milhão de infetados (e ser decretada quarentena obrigatória)

A diretora-geral da Saúde, Graça Freitas, admite que poderá haver um milhão de portugueses infetados pelo Covid-19, 21.000 na semana mais crítica, assegurando que as autoridades de saúde estão a preparar-se para esta possibilidade. “Estamos a …

Descobertos na Sibéria vestígios do Evento de Tunguska, um dos maiores impactos na Terra

Um grupo de investigadores russos que investigam o fenómeno de Tunguska de 1908, o maior impacto terrestre registado na história moderna, descobriu camadas em sedimentos locais que podem conter substâncias de origem extraterrestre. A 30 de …

Exoplaneta gigante pode ter as condições ideais para abrigar vida

Uma equipa de cientistas da Universidade de Cambridge, no Reino Unido, descobriu que o enorme exoplaneta K2-18b - tem duas vezes o tamanho da Terra - pode reunir as condições ideais para abrigar vida. Depois de …