Cientistas descobriram quando é que os humanos começaram a usar drogas

Nem sempre os humanos adotaram uma abordagem proibicionista em relação aos narcóticos. Essa é a conclusão de um novo estudo que descobriu quando é que começámos a usar drogas.

Compilando dados arqueológicos de todo o mundo, um novo estudo publicado na revista especializada Journal of Psychedelic Studies indica quando é que a humanidade começou a usar drogas diferentes, revelando que a nossa relação com substâncias que alteram a mente remonta a mais de 13 milénios atrás.

Giorgio Samorini, autor do estudo, conduziu, de acordo com o IFLScience, uma revisão aprofundada da literatura arqueológica existente, a fim de determinar as primeiras evidências do uso humano de canábis, ópio, cogumelos mágicos, álcool e muitas outras plantas psicoativas.

Os sinais mais antigos de uso de drogas em todo o mundo foram encontrados numa caverna no Monte Carmelo, em Israel, onde os grânulos de amido encontrados nas ferramentas exibiam malformações normalmente associadas à fabricação de cerveja. Datado do século 11 a.C., esse achado sugere que a nossa espécie já bebia cerveja há pelo menos 13 mil anos.

Estudos recentes revelaram que as primeiras plantas de canábis tiveram origem no planalto tibetano, mas a evidência mais antiga para uso humano da droga vem do Japão, onde foram encontrados macro-fósseis que continham partes da planta em peças de cerâmica de 8200 a.C.

Enquanto isso, as papoilas de ópio são normalmente associadas a países como o Afeganistão mas, de acordo com o estudo, foram criadas em Itália pela polinização cruzada deliberada de vários tipos de papoilas que não contêm ópio.

Foram encontradas várias formas intermediárias entre a papoula natural e a papoula do ópio num sítio arqueológico do Neolítico em Roma, onde os habitantes desenvolveram a primeira cepa narcótica da planta por volta de 5600 a.C.

Os cogumelos mágicos – que contêm um composto psicoativo chamado psilocibina -, foram experimentados pela primeira vez por humanos no deserto do Saara, onde pinturas pré-históricas com cerca de oito mil anos retratam figuras humanas a segurar cogumelos, de onde saem linhas pontilhadas que se conectam às suas cabeças. Segundo o autor do estudo, “esse detalhe parece indicar que o artista pretendia transmitir os efeitos psicoativos que o fungo exerce sobre a mente humana”.

As folhas de coca encontradas no chão de uma casa no norte do Peru foram datadas de 6.000 a.C, sugerindo que os humanos utilizavam a planta através da qual a cocaína é produzida há pelo menos oito mil anos.

ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Não há limite de velocidade num universo de superfluidos (e já sabemos porquê)

O superfluido ainda obedece às leis da Relatividade Geral. Ainda assim, é seguro afirmar que, num superfluido, não há limite de velocidade. Um superfluido é um líquido a uma temperatura extremamente baixa, próxima do zero absoluto. …

Não é um quasar. Astrónomos descobrem galáxia com radiação UV intensa

Cientistas descobriram uma galáxia jovem que brilha em comprimentos de onda ultravioleta, de maneira tão brilhante quanto um quasar. Uma equipa de cientistas descobriu a galáxia BOSS-EUVLG1, com a ajuda do Gran Telescopio Canarias de La …

"Adiem a Liga dos Campeões", pede o Borussia Dortmund

Sorteio está marcado para esta quinta-feira mas Michael Zorc avisa: "Faltam requisitos legais para a fase de grupos arrancar". A fase de grupos da Liga dos Campeões vai começar, pela primeira vez, em outubro. A primeira …

Artista "ressuscita" 54 Imperadores Romanos com ajuda da Inteligência Artificial

Artista canadiano usou um ramo da Inteligência Artificial para criar retratos ultra-realistas de antigos Imperadores Romanos como, por exemplo, Calígula, Nero e Adriano. A aparência física destes antigos Imperadores Romanos foi preservada em centenas de esculturas …

Cantar pode ser uma má ideia durante a pandemia

Uma nova pesquisa revelou que cantar em grupo pode ser perigoso em termos de propagação de patógenos. Esta é só mais uma prova de que 2020 chegou para pôr um travão na diversão. A Universidade de …

Emirados Árabes Unidos anunciam missão espacial à Lua para 2024

Um alto responsável dos Emirados Árabes Unidos disse hoje que o país tenciona enviar para a Lua uma nave com um veículo não tripulado em 2024. O desejo de pisar a lua é uma ambição de …

Exército norte-americano quer ter acesso à rede de satélites da SpaceX

O exército dos Estados Unidos está de olho na Starlink, a constelação de satélites da SpaceX, cujo CEO é o multimilionário Elon Musk e que tem como objetivo levar Internet de banda larga a todos …

Portugal tem cada vez menos água disponível

Portugal tem cada vez menos água disponível e nos próximos cem anos a precipitação em certas regiões do país, como o Algarve, pode sofrer uma redução de até 30%, alertou esta terça-feira a Associação Natureza …

Tel Aviv vai ter estradas elétricas que recarregam autocarros em movimento

Tel Aviv, em Israel, está a trabalhar na criação de estradas elétricas sem fios para carregar e fornecer energia aos transportes públicos da cidade. As estradas elétricas são parte de um programa piloto liderado pelo município …

Suicídio entre militares norte-americanos aumenta 20% em época de covid-19

Os suicídios entre os militares subiram 20% este ano em comparação com o mesmo período de 2019, registando-se um aumento nos incidentes de comportamento violento à medida que as tropas lutam contra a covid-19 e …