Cientistas descobrem uma mutação que torna as bactérias invencíveis

BBC

-

O mundo está no limiar de uma “era pós-antibiótico”, alertam cientistas na sequência da descoberta de bactérias resistentes a medicamentos da última linha de defesa humana contra infecções.

Um estudo publicado na Lancet identificou, em pacientes e animais na China, bactérias que resistem à colistina, um potente antibiótico.

Os autores concluem que essa resistência pode espalhar-se pelo mundo, trazendo consigo a ameaça de infecções intratáveis.

Se as bactérias se tornarem completamente resistentes a tratamentos – um “apocalipse antibiótico” -, a medicina pode ser lançada novamente numa espécie de Idade Média, quando infecções comuns causavam mortes, e cirurgias e tratamentos contra o cancro, que apostam em antibióticos, ficariam sob ameaça.

Mutação

Os cientistas chineses identificaram uma mutação genética, denominada gene MCR-1, que permite às bactérias se tornarem altamente resistentes à colistina (também conhecida como polimixina), antibiótico geralmente utilizado como último recurso no caso de ineficácia de medicamentos.

A resistência foi identificada em um quinto dos animais testados, 15% de amostras de carne crua e em 16 pacientes, e espalhou-se ainda por um leque de estirpes e espécies de bactérias, como E.coliKlebsiella pneumoniae e Pseudomonas aeruginosa.

Também há indícios de que esta resistência tenha chegado ao Laos e à Malásia.

O colaborador do estudo Timothy Walsh, da Universidade de Cardiff, afirmou à BBC que “todos os atores-chave estão agora em campo para tornar o mundo pós-antibiótico uma realidade”.

“Se o MRC-1 se tornar global, o que é uma questão de tempo, e se o gene se alinhar com outros genes resistentes a antibióticos, o que é inevitável, então teremos provavelmente chegado ao início de uma era pós-antibiótico”, alertou, explicando que “se nesse ponto um paciente estiver gravemente doente, por exemplo, com E.coli, não haverá praticamente nada a fazer”.

A resistência à colistina já tinha sido detetada antes, mas a diferença desta vez é que a mutação surgiu numa forma em que é facilmente partilhada entre bactérias.

“A taxa de transferência desse gene de resistência é ridiculamente alta, e isso não é bom”, disse o microbiologista Mark Wilcox, do centro de hospitais universitários de Leeds, na Inglaterra.

O centro de Wilcox tem lidado com inúmeros casos, todos os meses, em que “lutam para encontrar um antibiótico” – algo que há cinco anos seria muito raro, recorda.

Para o microbiologista, não houve um evento a marcar o início do “apocalipse antibiótico”, mas está claro que “estamos a perder a batalha”.

Intratável

A preocupação é que o novo gene da resistência se associe a outros que assolam hospitais, produzindo bactérias resistentes a todos os tratamentos – um cenário conhecido como pan-resistência.

“Se eu temo que chegaremos a uma situação de um organismo intratável? Basicamente, sim. Mas se isso acontecerá este ano, no próximo ou no seguinte, é muito difícil dizer”, afirmou Wilcox.

Há sinais de que o governo chinês está a agir de forma rápida para combater este problema. Walsh, da Universidade de Cardiff, terá encontros com os ministros da Agricultura e da Saúde da China para discutir um eventual banimento da colistina para uso na agricultura.

Laura Piddock, do grupo ativista britânico Antibiotic Action, defende que esse antibiótico “não deveria ser usado na saúde humana nem animal”.

“Espero que a era pós-antibiótico ainda não tenha chegado. Mas este é um alerta para o mundo.”

A investigadora considera que a chegada dessa era “depende da infecção, do paciente e de haver tratamentos alternativos disponíveis”, já que as combinações de antibióticos ainda podem ser eficazes.

Um comentário feito ao artigo na Lancet aponta que as implicações do novo estudo são “enormes”.

A não ser que haja mudanças significativas, os médicos vão enfrentar “um número crescente de pacientes para os quais teremos que dizer: ‘Desculpe, não há nada que possa fazer para curar a sua infecção'”.

ZAP / BBC

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. O parlamento português está altamente infectado de bactérias muito mais agressivas e perigosas para a continuidade da espécie humana e ninguém parece preocupado com este estado de coisas, veja-se as leis agora aprovadas!.

RESPONDER

PJ afasta "intervenção de terceiros" na morte de diretor do EuroBic

O diretor nacional da PJ disse, esta quinta-feira, que os elementos recolhidos sobre a morte do diretor do private banking do EuroBic, arguido no caso Luanda Leaks, "apontam para que não haja intervenção de terceiros". Questionado …

Carlos Amaral Dias terá ficado retido na ambulância avariada durante uma hora

Os resultados de um inquérito aberto pelo INEM apontam para que Carlos Amaral Dias tenha ficado dentro de uma ambulância avariada durante uma hora. De acordo com o Jornal de Notícias, a equipa da ambulância dos …

Luanda Leaks. Mário Leite Silva renuncia à presidência do Banco de Fomento Angola

O presidente do Conselho de Administração do Banco de Fomento Angola (BFA), Mário Leite Silva, gestor de Isabel dos Santos, renunciou ao cargo, com efeitos a partir de 22 de janeiro. A informação foi transmitida …

Tempestade “Glória” faz pelo menos nove mortos em Espanha

Pelo menos nove pessoas morreram e outras quatro estão dadas como desaparecidas em Espanha na sequência da passagem da tempestade “Glória”, intempérie que atinge o país desde o passado fim de semana. As autoridades confirmaram cinco …

Há um "milagre da multiplicação" dos votos que os deputados querem travar

Todos os partidos concordam: é preciso travar o "milagre da multiplicação" dos votos na Assembleia da República. Estabelecer regras objetivas para o fazer é o mais complicado. Os deputados começaram esta quarta-feira a discutir como “regrar” …

Pensões entre 877 e 2600 euros têm aumento mínimo de 6,14 euros

Os pensionistas que ganham entre 877,6 e os 2558 euros brutos por mês vão ter aumentos acima dos 0,24% que inicialmente se calculou com base na taxa de inflação (sem habitação) apurada até novembro do …

PCP quer travar "ameaça de despejos" no final deste ano

O PCP entregou uma proposta de alteração ao Orçamento do estado para 2020 para manter congeladas as rendas antigas, quando os locatários tenham um rendimento inferior a cinco salários mínimos nacionais. O PCP quer manter congeladas …

CDS/Congresso: Carlos Meira disponível para acordo que vença João Almeida

Carlos Meira, candidato à liderança do CDS-PP, admite estar disponível para se unir a Filipe Lobo d'Ávila e Francisco Rodrigues dos Santos para vencer João Almeida e lutar "contra o sistema". Carlos Meira, militante de Viana …

Manuais gratuitos também no privado e no cooperativo. Iniciativa Liberal quer igualdade na Educação

O Iniciativa Liberal (IL) propôs uma alteração ao Orçamento do Estado para 2020 (OE2020) na área da educação, que passa por fornecer manuais escolares gratuitos a todos os alunos da escolaridade obrigatória, quer frequentem o ensino …

Bezos lembra que Governo saudita assassinou um jornalista. ONU pede investigação a pirataria

Dois peritos das Nações Unidas dizem que Mohammed Bin Salman acedeu a informações pessoais de Jeff Bezos para tentar influenciar cobertura do The Washington Post sobre a Arábia Saudita. Depois de uma investigação do The Guardian …