O café pode ser o segredo para combater a obesidade e a diabetes

Uma equipa de cientistas do Reino Unido descobriu que o café ativa a “gordura castanha”, também conhecida como “gordura boa”, numa nova investigação que pode ter importantes implicações para combater a obesidade ou a diabetes.

A “gordura má”, designada por “gordura branca”, é responsável pelo armazenamento de calorias e aloja-se na barriga, anca e coxas, enquanto a “gordura castanha”, ou “gordura boa”, encontrada na zona do pescoço e ombros, ajuda a queimar calorias através de um processo que gera calor.

Num novo estudo, levado a cabo por cientistas da Universidade de Nottingham, a equipa descobriu que beber uma chávena de café ajuda o corpo humano a queimar calorias ao ativar a “gordura castanha”.

Ao aumentar a atividade do tecido adiposo castanho, melhora-se “o controlo do açúcar e os níveis de lípidos no sangue”, enquanto que “as calorias adicionais consumidas ajudam a perder peso”, explicou o fisiologista Michael Symonds, da Universidade de Nottingham, citado em comunicado da universidade do Reino Unido.

“Até agora, ninguém tinha encontrado uma forma adequada para estimular a atividade [da “gordura castanha”] em seres humanos”, apontou o cientista. A equipa liderada por Symonds foi capaz de detetar, através de instrumentos térmicos, que “algo como uma chávena de café pode ter um efeito direto sobre as nossas funções de ‘gordura castanha'”.

Sabendo que esta gordura se localiza em volta do pescoço, os cientistas conseguiram visualizar a atividade do tecido adiposo dos participantes do procedimento logo depois de estes terem ingerido a bebida, verificando assim se a “gordura castanha” aquecia.

Mecanismo pode ser chave para a obesidade e diabetes

O processo agora descoberto pode ser fundamental para tratar a obesidade e a diabetes a partir de uma nova abordagem, explicam ainda os cientistas.

Os cientistas levaram a cabo uma série de estudos com células em tubos de ensaio para verificar se a cafeína estimulava a gordura. Assim que encontraram a dose certa para estimular o mecanismo, aplicaram os testes em voluntários.

Apesar de os resultados que os investigadores consideram promissores, é ainda preciso confirmar se a cafeína é o ingrediente responsável por uma maior emissão de calor.

“Este é o primeiro estudo em seres humanos, que mostra que algo como uma chávena de café pode ter um efeito direto nas funções da nossa gordura castanha. As possíveis implicações dos resultados são grandes, uma vez que a obesidade é uma grande preocupação para a sociedade, e também temos uma epidemia crescente de diabetes. A ‘gordura castanha’ pode potencialmente ser parte da solução para os combater”, disse.

Os cientistas explicaram que este efeito do café poderia ser usado como parte de um sistema de controlo de peso ou num programa de regulação da glicose para a prevenção da diabetes. Os resultados da investigação foram esta semana publicados na revista científica especializada Nature Scientific Reports.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

"Muitos de vocês são fracos". Trump critica ação dos governadores durante protestos

O Presidente dos Estados Unidos ridicularizou alguns governadores estaduais por serem "fracos" e exigiu-lhes que tomem medidas duras contra os manifestantes, após mais uma noite de violência em diversas cidades. Donald Trump conversou com os governadores, …

O vírus "não desapareceu". DGS apela para responsabilidade dos adeptos de futebol

Graça Freitas apelou aos adeptos de futebol para que respeitem as regras da Direção-Geral da Saúde, sublinhando que não podem existir ajuntamentos junto aos estádios e concentrações de pessoas em cafés ou em outros locais. Durante …

PSD junta-se ao Bloco e PCP e pede apreciação parlamentar do decreto das PPP na Saúde

O PSD pediu a apreciação parlamentar do decreto-lei que regulamenta a criação de parcerias público-privadas (PPP) na Saúde. O maior partido da oposição junta-se assim ao Bloco de Esquerda e PCP, embora com motivos diferentes. Os sociais-democratas …

Reembolsos de IRS estão a ser "indevidamente retidos", denuncia Provedora de Justiça

Maria Lúcia Amaral escreveu ao secretário de Estado dos Assuntos Fiscais para pedir a correção de erros, lembrando que o reembolso é uma ajuda preciosa para muitas famílias, nomeadamente nesta altura. A Provedora de Justiça, Maria …

Rússia quer exportar antiviral que diz ser eficaz em 90% dos casos

O antiviral Afivavir mostrou ser eficaz no combate ao novo coronavírus em 90% dos casos, mas não estará à venda em farmácias. A Rússia planeia exportar para vários países do mundo um medicamento para a …

Exigência "irracional e insultuosa". Precários acusam Governo de os forçar a "mentir"

O formulário de apoio aos trabalhadores independentes obriga-os a garantir que retomarão a atividade dentro de oito dias. No último sábado, a Segurança Social disponibilizou o formulário de apoio aos trabalhadores independentes que deveria ter ficado …

Salário de licenciados que entrem na EDP sobe para 1500 por mês

A EDP - Energias de Portugal chegou a um acordo com os sindicatos para aumetar o salário base de entrada na empresa para licenciados e não licenciados, avança esta segunda-feira o Jornal Económico. No caso …

BCE pode vir a sugerir criação de "banco mau" para absorver malparado, revela Moody's

A Moody's avançou, esta segunda-feira, que o Banco Central Europeu está a equacionar a criação de um "banco mau" para acomodar o crédito malparado. A Moody’s considera que o Banco Central Europeu (BCE) pode vir a …

Comissário da UE defende "taxa de acesso" às multinacionais para financiar recuperação

O responsável pelo Orçamento da União Europeia (UE), Johannes Hahn, defendeu que deve ser aplicada uma "taxa de acesso" ao mercado único às multinacionais, ajudando assim a financiar a recuperação do bloco comunitário. Ao Financial Times, citado …

Kremlin intrigado com convite de Trump para próxima reunião do G7

Donald Trump anunciou que vai adiar a cimeira do G7 para o outono devido à pandemia da covid-19, e convidar outros países a participar na reunião. O Kremlin ficou intrigado com o convite. O Kremlin admitiu, …