Nasceram os primeiros robôs vivos. São filhos de células animais

Sam Kriegman, UVM

Um dos organismos fabricados pelos cientistas dos Estados Unidos

Uma equipa de cientistas norte-americanos criou “máquinas vivas” com um milímetro de diâmetro a partir de células de rã, defendendo que estas podem vir a ser utilizadas para administrar medicamentos dentro do corpo de doentes.

“São máquinas vivas”, afirmou o investigador e especialista em robótica Joshua Bongard, da Universidade de Vermont (UVM). “Não são um robô tradicional nem uma espécie animal conhecida, mas um novo tipo de artefacto: um organismo vivo programável”.

Outro dos investigadores do projeto, Michael Levin, apontou utilizações possíveis para os “xenobôs”, como “detetar compostos nocivos ou contaminação radioativa, recolher microplástico nos oceanos ou viajar nas artérias para remover obstruções”.

“É um passo no sentido da utilização de organismos projetados através de um computador para a entrega inteligente de medicamentos”, completou Bongard.

As máquinas biológicas foram criadas com a ajuda de um complexo de supercomputadores no centro de computação avançada de Vermont, que analisou vários tipos de células e acabou por chegar à forma mais promissora de as agregar.

Uma outra parte da equipa pegou nos desenhos criados pelo computador para os traduzir numa forma viva, recolhendo células estaminais de embriões de rãs africanas da espécie Xenopus laevis, designação que inspirou o nome “xenobôs”.

Essas células foram depois agregadas, com recurso a microscópios, em formas que não ocorrem naturalmente e começaram a trabalhar juntas.

Os organismos reconfiguráveis que as células formaram, que têm também a capacidade de se reconstituírem se forem cortados, podem mover-se coerentemente e explorar um meio aquático durante dias ou semanas ou mover pequenos grãos para um local, espontânea e coletivamente.

“É um passo no sentido de usar organismos desenhados por computador para administrar medicamentos de forma inteligente”, afirmou Bongard.

Os resultados da investigação, que contou com financiamento da Defense Advanced Research Projects Agency (DARPA), foram publicados no passado dia 13 na revista científica especializada PNAS.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

    • me mordam! É mais um passo para invasão de corpos estranhos, extra terrestre em nosso corpo? De certeza haverá produção de anticorpos e doenças autoimunes
      Célula de rān? Nada haver com meu genoma!

  1. Wilhelm Reich criou uma ciência organicista, natural e holística, a Orgonomia, em contraposição à primitiva ciência mecanicista, completamente anti-vida. Foi assassinado em 1957, sem apelo nem agravo, a mando do lobby médico-psiquiátrico e das indústrias farmacêutica e petrolífera dos EUA, que se viram ameaçadas pelas suas descobertas revolucionárias e inovadoras no campo da psicologia, psiquiatria, sexologia, da terapia anti-cancro e da captação gratuita de energia cósmica (orgone). Venceu uma ciência trambolhona e retrógada, que está a mecanizar e a envenenar tudo e todos. Uma tristeza que vai destruir a humanidade e certamente a Terra a breve trecho. Entretanto, os serviços secretos americanos apropriaram-se das suas invenções no campo da meteorologia (cloudbuster, ou “quebra-nuvens”) e estão a utilizá-las nas guerras do clima, provocando cheias, secas e sismos selectivos.

RESPONDER

Homem pede "julgamento por combate" com espadas japonesas para resolver disputa legal com a ex-mulher

Para resolver uma disputa legal com a sua ex-mulher, David Ostrom sugere que seja feito um "julgamento por combate" com espadas japonesas. Há precedentes legais que o podem favorecer em tribunal. O insólito aconteceu no Iowa, …

Crimes violentos podem aumentar drasticamente nos EUA devido ao aquecimento global

O número de crimes violentos nos Estados Unidos pode aumentar drasticamente nos próximos anos devido ao aquecimento global, concluiu uma nova investigação levada a cabo por cientistas da Universidade do Colorado, em Boulder. "Dependendo da rapidez …

Twitter pede desculpa por permitir anúncios direcionados a neonazis

O Twitter emitiu esta quinta-feira um pedido de desculpa público depois de a BBC denunciar que a rede social estava a permitir anúncios direcionados a neonazis, islamofóbicos e outros grupos de ódio. A emisorra britânica …

Carlos Silva alega falta de apoio do PS e anuncia saída da liderança da UGT

O secretário-geral da UGT não é candidato a um novo mandato na central sindical, alegando que o “desgaste tem sido tremendo” e que é visto como força de bloqueio. “Não quero continuar”, “já está decidido e …

A maior aeronave do mundo vai ficar ainda maior. Medirá quase 100 metros

A maior aeronave do mundo vai ficar ainda maior: o dirigível híbrido Airlander 10, que media 92 metros de comprimento, vai bater o seu próprio recorde. De acordo com a emissora britânica BBC, a aeronave passará a …

Mortes nos Comandos. Governo só indemniza famílias se for condenado

O Governo deu ordem para parar as negociações com as famílias dos recrutas que morreram durante o 127.º Curso de Comandos, que decorreu na região de Alcochete, em 2016. Segundo o Jornal de Notícias, o Governo …

Eduardo Cabrita diz que polícias compram equipamento "porque querem"

O ministro da Administração Interna afirmou que os agentes policiais que compram equipamento de proteção do seu próprio bolso fazem-no porque o querem. Numa entrevista ao Diário de Notícias e à TSF, divulgada este fim-de-semana, o …

Chuva deixa Austrália entre incêndios e cheias. Número de mortos sobe para 29

A chuva trouxe algum alívio aos bombeiros e habitantes do leste da Austrália, mas também causou cheias e novos problemas. As equipas ainda combatem cerca 100 focos de incêndio na região e o número de …

Sem Joacine, nova direção do Livre foi eleita com 95 votos a favor e 15 brancos

Este domingo, no segundo dia do IX congresso do Livre, a nova direção do partido foi eleita com 95 votos a favor e 15 brancos (e não conta com a deputada Joacine Katar Moreira). No final …

Juiz pede escusa do caso dos emails por ser adepto do Benfica

O juiz desembargador apresenta vários motivos para pedir escusa do processo, nomeadamente por ser "sócio do Benfica desde 1968". De acordo com o jornal Público, Eduardo Pires, juiz desembargador do Tribunal da Relação do Porto (TRP), …