Cientistas criam supermadeira mais forte e mais leve do que o aço

Engenheiros da Universidade de Maryland, nos EUA, desenvolveram um novo tipo de madeira que é 12 vezes mais forte e mais resistente do que a madeira normal. Esta “supermadeira” pode-se tornar no substituto natural e barato do aço.

Engenheiros da Universidade de Maryland, nos Estados Unidos, desenvolveram um processo que torna a madeira muito mais densa do que aquilo a que estamos habituados no nosso dia-a-dia. O resultado final é uma supermadeira: mais forte, mais resistente e seis vezes mais leve do que o aço.

De acordo com o ScienceAlert, para chegar a este resultado inovador, a equipa ferveu a madeira numa mistura de sulfato de sódio e hidróxido de sódio para quebrar as ligações naturais das células da planta. Depois, aqueceram a madeira e comprimiram-na.

As ligações químicas resultantes deste processo tornam a madeira forte o suficiente para um dia poder ser usada em edifícios ou veículos. Todo o processo é muito barato, sendo esta uma opção promissora para a substituição de alguns metais.

“Esta nova técnica torna a madeira 12 vezes mais forte e 10 vezes mais dura do que a madeira natural”, afirma o engenheiro Liangbing Hu, da Universidade de Maryland.

“Este pode ser um ótimo substituto do aço ou, até, das ligas de titânio. É forte e resistente: uma combinação que raramente encontramos na natureza”, sustenta. É preciso 10 vezes mais energia para fraturar esta supermadeira. Em termos técnicos, tem 10 vezes mais tenacidade, que é a resistência à tensão mecânica.

Os testes à supermadeira incluíram disparar sobre ela projéteis semelhantes a balas de armas de fogo. O projétil passou direto através da madeira natural, mas ficou “preso” na madeira tratada, ou seja, ara além de super é uma madeira à prova de balas. Além disso, a madeira resiste à compressão, a riscos e protege, até, da humidade.

A supermadeira poderá também aliviar a pressão de cultivo e extração de madeiras mais duráveis. “Madeiras macias, como o pinho ou a balsa, que crescem rapidamente e são mais amigáveis com o meio ambiente, poderão substituir bosques mais lentos, mas mais densos, como a teca, em móveis ou edifícios” explica Hu.

O próximo passo da investigação é ampliar e acelerar o processo de produção desta nova madeira. “É particularmente interessante notar que o método é versátil para várias espécies de madeira e bastante fácil de implementar”, diz o cientista da engenharia Huajian Gao da Brown University, em Rhode Island, que não esteve envolvido no estudo.

O estudo, publicado esta semana na Nature, prova o potencial desta supermadeira para uma “ampla gama de aplicações, onde são desejadas fortes resistências, alta dureza e alta resistência balística”, conclui.

ZAP ZAP // ScienceAlert

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Maionese está a salvar tartarugas após derrame de petróleo em Israel

Membros do Centro Nacional de Resgate de Tartarugas Marinhas de Israel estão a usar maionese para limpar as vias respiratórias de tartarugas que inalaram petróleo em alto-mar. Israel fechou este domingo as praias mediterrânicas dias após …

Itália investiga empresas de entrega de comida. Há estafetas tratados "como escravos"

Itália está a investigar as empresas de entrega de comida online, com um promotor a lamentar que os estafetas que fazem as entregas, muitos deles imigrantes, são praticamente tratados "como escravos". Procuradores de Milão avançaram que …

O IONIQ 5 é o novo carro elétrico da Hyundai (e é enorme entre eixos)

O ano 2021 vai ser promissor na apresentação e lançamento de carros elétricos no mercado mundial. Algumas marcas, como a Hyundai, têm produtos prontos para serem comercializados. Agora, a marca sul-coreana apresenta o IONIQ 5. Com …

Em Moscovo, qualquer um pode ser vacinado contra a covid-19 (e até ganha um gelado)

Em Moscovo, capital da Rússia, a vacina Sputnik V está disponível gratuitamente a qualquer pessoa que queira ser vacinada desde 18 de janeiro. Os interessados não precisam de agendar a toma e até ganham um …

As abelhas convenceram-nos de que sabiam matemática. Mas mentiram-nos

O novo estudo não significa necessariamente que as abelhas não entendam números, mas sugere que os animais usam propriedades não numéricas para resolver problemas matemáticos. Vários estudos convenceram-nos de que as abelhas são pequenos génios matemáticos: …

Liam Thorpe era prioritário na vacinação contra a covid-19 por ter 6,2 cm. Foi um erro

Liam Thorp, um homem de 32 anos sem comorbilidades, foi incorporado na lista de cidadãos prioritários para a vacinação contra a covid-19 no Reino Unido. Tudo por causa de um erro no sistema, que o registou …

Decisão de Lyon de retirar carne das ementas escolares gera protestos em França

A decisão temporária do presidente da Câmara de Lyon, membro do partido Europa Ecologia - Os Verdes, está a ser recebida com protestos em França. De acordo com o jornal The Guardian, Grégory Doucet decidiu retirar …

Roma 3-1 SC Braga | Minhotos despedem-se na Cidade Eterna

Portugal está sem equipas na Liga Europa 2020/21. O Sporting de Braga deslocou-se a Roma e perdeu por 3-1, terminando a eliminatória dos 16 avos-de-final com um agregado de 5-1, após a derrota por 2-0 …

Desenhe o seu próprio icebergue. Um site diz-lhe se flutua ou se vira

Joshua Tauberer criou um simulador de icebergues com o objetivo de demonstrar que a glacióloga Megan Thompson-Munson estava certa. "Um icebergue alongado não flutuaria de cabeça, mas de lado", disse a especialista na semana passada. A …

Divulgados vídeos que sugerem como poderão ser os primeiros óculos de Realidade Aumentada da Samsung

A Samsung tem falado de óculos de Realidade Aumentada (RA) há anos, tendo recentemente lançado um conjunto básico de óculos de projeção de imagem no palco CES 2020. Porém, nunca tinha sido visto a empresa …