Cientistas criam sonda que deteta células cancerígenas em 10 segundos

Vivian Abagiu / University of Texas at Austin

Uma “caneta” capaz de detetar células cancerígenas em 10 segundos

Um grupo de cientistas desenvolveu uma pequena sonda manual capaz de detetar em dez segundos células cancerígenas em tecidos, o que permitirá aos cirurgiões saber na hora da operação se eliminaram totalmente um tumor.

Os resíduos de tecido cancerígeno que permanecem depois de uma intervenção cirúrgica representam um risco de recaída para o doente.

Atualmente, a maioria dos laboratórios necessita de vários dias para determinar se as células cancerígenas persistem em amostras tomadas durante uma operação, explicaram os cientistas que criaram esta nova sonda, batizada de “MasSpec Pen” e que foi apresentada na quarta-feira num estudo publicado na revista americana Science Translational Medicine.

O instrumento permite extrair suavemente as moléculas de água contidas nos tecidos, bombeando um volume ínfimo de 10 microlitros, um quinto de uma gota. Estas moléculas são transportadas através de um tubo flexível a um espectrómetro que calcula as diferentes massas moleculares na amostra e determina a presença de células cancerígenas, indicam estes investigadores e engenheiros da Universidade do Texas em Austin.

Depois de analisarem 253 amostras de tecido humano, tanto cancerígenos como saudáveis, de pulmão, ovário, tiroide e mama, os cientistas puderam estabelecer “um perfil molecular” que permite identificar a presença de cancro com um índice de exatidão de mais de 96%.

Em testes com ratos vivos esta sonda foi capaz de detetar sem erros a presença de células cancerígenas, sem danificar os tecidos de onde tiram a amostra.

Segundo os investigadores, este instrumento poderia ser ainda mais preciso se analisasse um grande número de amostras, e também poderia servir para diagnosticar eventualmente uma gama mais ampla de tumores em diferentes tipos de tecidos.

A técnica atual de análises para determinar se o tecido está saudável ou se é cancerígeno é lenta e muitas vezes inexata, explicaram ainda os cientistas.

Em geral um patologista precisa de 30 minutos ou mais para preparar uma amostra e determinar se esta é cancerígena ou não, o que aumenta o risco de infeção e de efeitos prejudiciais da anestesia no paciente. Além disso, para alguns tipos de cancro, a interpretação das amostras de tecido pode ser difícil, e apresenta um índice de erro entre 10% e 20%.

Esta nova tecnologia “permite-nos ser muito mais precisos para saber que tecido tirar e qual deixar”, considerou James Suliburk, chefe de cirurgia endocrinológica da Faculdade de Medicina Baylor no Texas Medical Center de Houston, que colaborou com o projeto. Porque, explicou, embora maximizar a extração de um tumor cancerígeno seja essencial para melhorar as possibilidades de sobrevivência do paciente, eliminar tecido saudável demais poderia ter efeitos nefastos generalizados.

Os investigadores estimam que irão começar a testar esta sonda em 2018 em intervenções cirúrgicas para retirar tumores, e fizeram uma solicitação para obter a patente desta tecnologia e sua aplicação nos Estados Unidos.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. São tantos os meios já encontrados para combater o cancro, porque é que não estão a ser usados? Porque continuam com química que destroi as células saudáveis no doente, ficando este , numa situação frágil fisicamente ? Lamento a lentidão dos que decidem . Quem sofre, clama socorro urgente .

RESPONDER

Os animais perdem o medo dos predadores depois de contactarem com o Homem

Uma nova investigação concluiu que os animais selvagens perdem rapidamente o medo dos seus predadores depois de entrarem em contacto com o Homem. A maioria dos animais selvagens, como é o caso dos leões, exibe …

Há mais 884 casos confirmados e oito óbitos por covid-19 em Portugal

De acordo com o último boletim divulgado epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS), Portugal regista, este sábado, mais oito óbitos e 884 novos casos de infeção pelo novo coronavírus. Assim, Portugal contabiliza, desde o início da …

Negros norte-americanos estão a comprar armas em valores recorde

O número de afro-americanos a comprar armas aumentou drasticamente. Em causa, estará uma resposta ao agravar das tensões sociais no país devido ao movimento Black Lives Matter. Nos Estados Unidos, os protestos do movimento Black Lives …

Sporting paga 5 milhões e "rouba" Bruno Tabata ao Braga

O Sporting conseguiu 'roubar' Bruno Tabata ao Sporting de Braga. O extremo do Portimonense assina pelos 'leões' num contrato válido por cinco temporadas. Bruno Tabata está a caminho do Sporting CP, avança este sábado o jornal …

Há (pelo menos) 16 escolas com casos de covid-19, mas não há dados oficiais

Nem o Ministério da Educação, nem a Direcção Geral de Saúde (DGS) revelam o número de casos de covid-19 nas escolas, depois da reabertura do ano lectivo. Mesmo sem dados oficiais, é possível contabilizar, pelo …

Deixar Bilbau não dá bom resultado (lembra-se da grande equipa de Bielsa?)

Javi Martínez tenta contrariar a tendência dos seus antigos companheiros de equipa no famoso Atlético de Bilbau, que só aceita no seu plantel futebolistas nascidos no País Basco ou com ascendência familiar basca. Javi Martínez, herói …

Tatuagens racistas, saias curtas, cabelos e bigodes estranhos proibidos na PSP

Os polícias que tenham tatuagens com símbolos, palavras ou desenhos de natureza partidária, extremista, racista ou que incentivem à violência têm seis meses para as remover, de acordo com novas normas da PSP que também …

Republicação das caricaturas de Maomé foi o motivo do ataque junto ao Charlie Hebdo

A republicação das caricaturas de Maomé terá estado na origem do ataque junto ao edifício da antiga redação do jornal satírico Charlie Hebdo, confessou o principal suspeito. Quatro pessoas foram esta sexta-feira feridas, duas das quais …

Segunda vaga pode matar menos (mesmo com novos casos a disparar)

Os especialistas acreditam que a segunda vaga de covid-19 em Portugal vai ser menos letal, embora o número de novos casos diários possa vir a ser "muito elevado". Isto porque temos a lição mais bem …

BCP disponível para fusão com o Montepio

Na eventualidade de ser necessária uma intervenção, o Millennium BCP mostrou-se disponível para uma fusão com o Banco Montepio. Esta hipótese foi apresentada pela instituição bancária numa reunião com o ministro das Finanças, João Leão. O …