Cientistas criam sonda que deteta células cancerígenas em 10 segundos

Vivian Abagiu / University of Texas at Austin

Uma “caneta” capaz de detetar células cancerígenas em 10 segundos

Um grupo de cientistas desenvolveu uma pequena sonda manual capaz de detetar em dez segundos células cancerígenas em tecidos, o que permitirá aos cirurgiões saber na hora da operação se eliminaram totalmente um tumor.

Os resíduos de tecido cancerígeno que permanecem depois de uma intervenção cirúrgica representam um risco de recaída para o doente.

Atualmente, a maioria dos laboratórios necessita de vários dias para determinar se as células cancerígenas persistem em amostras tomadas durante uma operação, explicaram os cientistas que criaram esta nova sonda, batizada de “MasSpec Pen” e que foi apresentada na quarta-feira num estudo publicado na revista americana Science Translational Medicine.

O instrumento permite extrair suavemente as moléculas de água contidas nos tecidos, bombeando um volume ínfimo de 10 microlitros, um quinto de uma gota. Estas moléculas são transportadas através de um tubo flexível a um espectrómetro que calcula as diferentes massas moleculares na amostra e determina a presença de células cancerígenas, indicam estes investigadores e engenheiros da Universidade do Texas em Austin.

Depois de analisarem 253 amostras de tecido humano, tanto cancerígenos como saudáveis, de pulmão, ovário, tiroide e mama, os cientistas puderam estabelecer “um perfil molecular” que permite identificar a presença de cancro com um índice de exatidão de mais de 96%.

Em testes com ratos vivos esta sonda foi capaz de detetar sem erros a presença de células cancerígenas, sem danificar os tecidos de onde tiram a amostra.

Segundo os investigadores, este instrumento poderia ser ainda mais preciso se analisasse um grande número de amostras, e também poderia servir para diagnosticar eventualmente uma gama mais ampla de tumores em diferentes tipos de tecidos.

A técnica atual de análises para determinar se o tecido está saudável ou se é cancerígeno é lenta e muitas vezes inexata, explicaram ainda os cientistas.

Em geral um patologista precisa de 30 minutos ou mais para preparar uma amostra e determinar se esta é cancerígena ou não, o que aumenta o risco de infeção e de efeitos prejudiciais da anestesia no paciente. Além disso, para alguns tipos de cancro, a interpretação das amostras de tecido pode ser difícil, e apresenta um índice de erro entre 10% e 20%.

Esta nova tecnologia “permite-nos ser muito mais precisos para saber que tecido tirar e qual deixar”, considerou James Suliburk, chefe de cirurgia endocrinológica da Faculdade de Medicina Baylor no Texas Medical Center de Houston, que colaborou com o projeto. Porque, explicou, embora maximizar a extração de um tumor cancerígeno seja essencial para melhorar as possibilidades de sobrevivência do paciente, eliminar tecido saudável demais poderia ter efeitos nefastos generalizados.

Os investigadores estimam que irão começar a testar esta sonda em 2018 em intervenções cirúrgicas para retirar tumores, e fizeram uma solicitação para obter a patente desta tecnologia e sua aplicação nos Estados Unidos.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. São tantos os meios já encontrados para combater o cancro, porque é que não estão a ser usados? Porque continuam com química que destroi as células saudáveis no doente, ficando este , numa situação frágil fisicamente ? Lamento a lentidão dos que decidem . Quem sofre, clama socorro urgente .

RESPONDER

Governo aprova proposta de lei para retirar veto de autarquias a aeroportos

Após o chumbo do Montijo, o Conselho de Ministros aprovou, esta sexta-feira, uma proposta de lei que prevê a dispensa do parecer favorável das autarquias na construção de aeroportos. De acordo com o Observador, esta proposta …

João Loureiro regressou a Portugal. Diz ter sido "ingénuo ou utilizado" no caso do avião com cocaína

João Loureiro, antigo presidente do Boavista, aterrou esta sexta-feira em Portugal. Em declarações aos jornalistas, remeteu explicações para mais tarde. João Loureiro regressou a Portugal esta sexta-feira. O ex-presidente do Boavista afirmou ter sido “ingénuo” ou …

Pavlopetri é uma impressionante cidade subaquática na Grécia (e é das mais antigas do mundo)

A cidade foi descoberta nos anos 60 e acredita-se que tenha mais de 5 mil anos de história. Com o seu planeamento urbano praticamente intacto, o local ainda exibe ruas, pátios, edifícios e até mesmo …

Dos partidos aos patrões, há expectativas quanto ao plano de desconfinamento

O primeiro esboço do plano de desconfinamento será apresentado na reunião do Infarmed, marcada para a próxima segunda-feira. A apresentação do roteiro para a reabertura do país acontece no dia 11 de março. Esta semana, o …

"Estamos em pé de guerra." OMS defende dispensa de patente para países poderem fazer cópias baratas de vacinas

Os laboratórios devem dispensar as patentes se tal for necessário para garantir que todas as pessoas são imunizadas contra o novo coronavírus, defendeu o diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS). Num artigo publicado esta sexta-feira …

Apalpar fruta passou à história. Cientistas criam novo método para saber quando está madura

Uma equipa de investigadores desenvolveu um método para saber se uma fruta está madura sem a apalpar. Para já, os testes foram realizados em mangas, mas os cientistas esperam alargá-lo a outras frutas. Apalpar fruta para …

Governo espera reabrir turismo em maio

A secretária de Estado do Turismo revelou à BBC que Portugal espera poder abrir as fronteiras e o turismo no início de maio. Portugal espera poder abrir as fronteiras e o turismo no início de maio …

Final entre Benfica e Braga não será no Jamor, mas em Coimbra

A Taça de Portugal vai realizar-se no Estádio Cidade de Coimbra, que também recebe as finais da Taça de Portugal feminina e do Campeonato de Portugal.  O Estádio Cidade de Coimbra vai receber a final da …

Chocos passaram num teste cognitivo desenvolvido para crianças

No ano passado, os chocos já tinham passado no teste do marshmallow, mas agora uma equipa de cientistas decidiu fazer uma nova experiência. Segundo o site Science Alert, o teste do marshmallow consiste em colocar uma criança numa …

Estranhos terramotos revelam vulcões ocultos debaixo do deserto do Utah

Duas estranhas sequências de terramotos, em setembro de 2018 e abril de 2019, chamaram a atenção dos cientistas para o deserto de Black Rock, no estado norte-americano do Utah. As sequências de sismos, que incluíram os …