Cientistas conseguiram recriar a mãe de todas as cervejas

 

Ter uma cerveja na mão (ou várias, para se ser mais honesto) enquanto passamos uma tarde de sol com amigos é uma coisa tão banal como levantarmo-nos todos os dias de manhã para ir trabalhar.

A produção de cerveja a nível global tornou-se um processo tão massificado que, habitualmente, ninguém pára para pensar como é feita e como chega até nós de uma forma tão rápida.

A verdade é que, nos velhos tempos, o processo para conseguir uma simples cerveja era um ato tão imprevisível que, muitas vezes, o resultado era simples: uma cerveja intragável e impossível de beber.

Este fenómeno, conhecido por “doença da cerveja“, mudou completamente quando, em 1883, o Laboratório de Pesquisa da Carlsberg descobriu uma espécie de levedura pura que permitiu produzir cerveja de qualidade a partir de qualquer tipo de fermentação.

A descoberta revolucionária desta levedura, entretanto batizada pela empresa dinamarquesa de Saccharomyces carlsbergensis, foi generosamente cedida a outros fabricantes de cerveja e marcou uma nova etapa na indústria.

“Sem esta levedura, não poderíamos ter o tipo de cerveja que atualmente representa 90% do mercado a nível mundial”, explica o historiador de cerveja britânico Martyn Cornell.

Recentemente, investigadores do laboratório da cervejeira dinamarquesa Carlsberg descobriram, nas antigas caves da empresa em Copenhaga, uma das primeiras garrafas feitas a partir da levedura original de 83.

Através daquilo a que chamam de técnicas ao estilo “Jurassic Park” – e depois de um ano de intensa pesquisa – a equipa conseguiu extrair células vivas da levedura dessa garrafa.

Carlsberg

Investigadores da Carlsberg descobriram, nas antigas caves da empresa em Copenhaga, uma das primeiras garrafas feitas a partir da levedura original de 83. Uma levedura jurássica!

Investigadores da Carlsberg descobriram, nas antigas caves da empresa em Copenhaga, uma das primeiras garrafas feitas a partir da levedura original de 83. Uma levedura jurássica!

“Ninguém acreditava que fosse possível e toda a gente ficou surpreendida quando finalmente conseguimos isolar as células vivas presentes nessa garrafa tão antiga”, explica Erik Lund, diretor de produção do laboratório.

Com a oportunidade de recriar aquela que é considerada a primeira lager de qualidade da história, a equipa uniu todos os esforços para sair bem sucedida.

Além de usar a amostra da levedura revolucionária, a receita original foi seguida à risca, assim como todos os ingredientes e técnicas usados naquela década.

“O nosso laboratório é conhecido por algumas das invenções mais extraordinárias do século passado, desde o método do professor Emil Christian Hansen em purificar a levedura à invenção da escala do pH, passando pelo conceito das estruturas da proteína e pela caracterização de enzimas”, afirma Flemming Besenbacher, director da Fundação Carlsberg e membro do Conselho do Laboratório de Pesquisa da cervejeira dinamarquesa.

“O Laboratório de Pesquisa da Carlsberg continua a ser a jóia da coroa na caixa de jóias da empresa, e esta cerveja foi produzida em honra da história de desenvolvimento e pesquisa deste laboratório”, remata o professor, numa altura em que o laboratório completa o seu 140.º aniversário.

“Ter a oportunidade de entrar nos arquivos da Carlsberg e poder recriar esta cerveja é muito entusiasmante, mal posso esperar para a provar”, afirma Steve Hindy, co-fundador da Brooklyn Brewery e ex-presidente da American Brewers Association.

FM, ZAP / BeON

PARTILHAR

RESPONDER

Cientistas medem, pela primeira vez, a distância até um magnetar na Via Láctea

Com a ajuda do observatório Very Long Baseline Array (VLBA), uma equipa de astrónomos conseguiu medir, pela primeira vez, a distância até ao magnetar XTE J1810-197, localizado na Via Láctea.  Os magnetares são um tipo de …

Detetado fator climático determinante para a propagação do coronavírus

Altas temperaturas combinadas com baixa humidade propiciam que as gotículas contaminadas com o novo coronavírus evaporem mais rapidamente, reduzindo a sua capacidade de infetar pessoas. De acordo com os cientistas, citados pelo canal estatal russo RT, …

Bayern Munique vence Sevilha e conquista a Supertaça Europeia

O Bayern Munique conquistou, esta quinta-feira, a Supertaça Europeia, ao derrotar o Sevilha por 2-1, em Budapeste, na Hungria. Os alemães do Bayern Munique conquistaram a Supertaça Europeia pela segunda vez ao derrotarem os espanhóis do …

Sporting 1-0 Aberdeen | "Leão" eficaz segue para o play-off

O Sporting foi eficaz e assegurou uma vaga no “play-off” de acesso à fase de grupos da Liga Europa. Na noite desta quinta-feira, num embate relativo à 3ª pré-eliminatória da competição, os “leões” bateram o Aberdeen …

A NASA descobriu uma nova forma de aterrar em segurança na Lua

A NASA construiu um sistema totalmente novo que pode tornar a aterragem na Lua e em Marte muito menos arriscada - e já tem planos de testá-lo numa missão futura. De acordo com o TechCrunch, o …

Rio Ave elimina Besiktas e está no play-off da Liga Europa

O Rio Ave venceu os turcos do Besiktas, esta quinta-feira, no desempate por grandes penalidades (4-2), após o 1-1 no tempo regulamentar, em jogo da terceira pré-eliminatória da Liga Europa, seguindo em frente na competição. Em …

Dois dinossauros morreram como as vítimas de Pompeia. Foi há 125 milhões de anos, na China

Um grupo de arqueólogos na China acabou de descobrir dois fósseis de uma nova espécie de dinossauro, que estiveram presos no subsolo por 125 milhões de anos devido a uma erupção vulcânica pré-histórica. Os investigadores …

Batalhas de feiticeiros e círculos de demónios. Revelados textos cristãos que não foram incluídos na Bíblia

Os textos da Bíblia como a conhecemos hoje foram "canonizados" pela primeira vez pela Igreja no final do século IV. No entanto, antes disso, centenas de outros textos religiosos circularam por toda a Cristandade. Há mais …

Autoeuropa confirma que não irá renovar contrato a 120 trabalhadores

A administração da fábrica de automóveis Volkswagen Autoeuropa, em Palmela, confirmou, esta quinta-feira, que não vai renovar os contratos a termo de 120 trabalhadores ligados à produção dos veículos MPV (Multi-Purpose Vehicle). "A Autoeuropa reafirmou a …

Glaciar na Islândia "escondia" bombardeiro norte-americano da 2ª Guerra Mundial

Os destroços de um bombardeiro norte-americano B-17 Flying Fortress que colidiu com o glaciar Eyjafjallajökull durante a II Guerra Mundial estão gradualmente a aparecer à medida que a geleira recua devido às alterações climáticas. De acordo …