Câmaras instaladas na cabeça revelam segredos dos pinguins da Antártida

Pela primeira vez, um grupo de cientistas capturou imagens surpreendentes de pinguins-gentoo e as suas rotinas nas águas geladas do Oceano Antártico.

Usando câmaras em miniatura estilo GoPro, presas às cabeças das aves marinhas, a equipa descobriu que a comunicação vocal entre os pinguins está ligada à sua organização em grupos e não à recolha de alimentos.

A filmagem também mostrou que, depois de fazerem certas vocalizações, os pinguins realizam mergulhos mais curtos e nadam para outras áreas, o que poderá sugerir que estas “chamadas” em alto mar podem ter várias funções.

Os pinguins-gentoo (Pygoscelis papua) têm cerca de 90 centímetros de altura e pesam até 8,5 quilos, sendo a terceira maior espécie de pinguins do mundo. Tal como os seus parentes, o pinguim-de-adélia (Pygoscelis adeliae) e o pinguim-azul (Eudyptula minor), os gentoo reúnem-se em grandes colónias de reprodução, de até 300 mil pares.

Além disso, os gentoo emitem sons que lembram os brinquedos para os cães, ou uma buzina de festa. Tais chamadas agudas não são para incomodar: como outras aves, os pinguins dependem de uma grande variedade de sinais vocais para trocar informações, formar grupos e coordenar movimentos.

Os cientistas tinham dificuldade em entender o comportamento dos pinguins enquanto caçavam krill e peixes no oceano, por isso optaram por usar uma câmara de vídeo de tamanho reduzido para acompanhar 26 pinguins-gentoo.

A descoberta

O cientista Won Young Lee, do Korea Polar Research Institute (KOPRI, na Coreia do Sul), disse que a filmagem apresenta um vislumbre raro sobre o misterioso comportamento destas aves marinhas.

“Os pinguins passam muito tempo no oceano, mas a forma como comunicam no mar é mal compreendida. O que nos surpreendeu foi que estes animais parecem emitir sons para atrair outros indivíduos”, disse o especialista ao ScienceAlert.

Ao longo de duas estações de reprodução, Young Lee e os seus colegas registaram um total de 598 pinguins nas costas da Ilha King George, na Antártica.

Ao reproduzir os arquivos de vídeo, os cientistas analisaram a acústica dos sons e os padrões de comportamento do mergulho, exploração de recursos alimentares e formação de grupos dos pinguins.

Segundo o estudo publicado na Scientifis Reports, os especialistas descobriram que quase metade dos pinguins formaram grupos cerca de um minuto após serem emitidas vocalizações. Cada um dos sons variava em comprimento e frequência, e era semelhante às chamadas observadas em pinguins africanos (Spheniscus demersus).

Dúvidas

No entanto, apesar de procurarem alimentos em grupo, não havia nenhum sinal de interação vocal entre os pinguins – para além disso, houve pequenas mudanças nos mergulhos ou na captura de presas depois da emissão de sons.

Isso sugere que as chamadas vocais podem ter mais a ver com a formação de grupos do que com interagir com os vizinhos ou ajudar uns aos outros na alimentação.

Quando a equipa examinou as filmagens percebeu que os pinguins realizavam mergulhos rápidos pouco profundos depois das vocalizações. Como a emissão de sons requer energia, os mergulhos mais curtos provavelmente foram devidos a níveis de oxigénio diminuídos.

“Não sabemos porque é que estes pinguins realizam chamadas vocais ou como é que reconhecem essas chamadas no oceano. Suspeitamos que existem outros mecanismos envolvidos na comunicação vocal”, afirmou Young Lee.

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. A ciência está tão desenvolvida que as mini câmaras, tipo gopro, nem se notam na cabeça. Vejo algo, mini, na asa, será isso?

  2. Boa, Altamente, podemos fazer isso também em 212 pinguins ali perto das Janelas verdes, não iam mostrar segredos nenhuns, mas por a nú o que se passa naquela comunidade, e acreditem mais de 98% da população ia ficar impressionada com o que as câmaras iam mostrar

RESPONDER

O cometa interestelar 2I/Borisov partiu-se em dois

O cometa interestelar 2I/Borisov, o primeiro do seu tipo a ser descoberto em agosto do ano passado, começou a dividir-se em duas partes na semana passada. As imagens contínuas do telescópio espacial Hubble do objeto interestelar …

Estudo estima 471 mortes em Portugal até agosto (e que o pico foi atingido a 3 de abril)

De acordo com as estimativas do estudo, cerca de 151.680 pessoas vão morrer na Europa durante a "primeira vaga" da doença. Um estudo divulgado esta terça-feira nos Estados Unidos estima que a covid-19 venha a provocar …

Mais de metade da população mundial está fechada em casa

Mais de metade da população mundial (52%) está atualmente confinada nas suas casas por ordem das autoridades para combater a propagação da doença covid-19. Segundo um balanço feito pela agência France Fresse (AFP), mais de quatro …

Documentário da Netflix reacende debate sobre os milhares de tigres em cativeiro nos Estados Unidos

A minissérie documental da Netflix "Tiger King: Morte, Caos e Loucura" veio reacender o debate sobre os grandes felinos que estão em cativeiro, frisando que há cerca de 10.000 espécimes nestas condições nos Estados Unidos. …

Luciano venceu a covid-19 aos 100 anos. Teve direito a bolo, a um desenho e a uma alta hospitalar

Luciano Marques da Silva completou 100 anos no hospital de São João, no Porto, onde se encontrava hospitalizado devido à infeção por covid-19. Depois de dez dias de internamento, conseguiu vencer e recebeu alta. No dia …

Geneinno S2, a scooter subaquática que o impulsiona entre as ondas

Há dois anos, foi anunciada a Trident, uma scooter subaquática fabricada pela startup chinesa Geneinno. Agora, a empresa lançou um modelo mais barato e portátil, conhecido como Geneinno S2. O Trident - ou Geneinno S1 - …

WhatsApp restringe opção de reencaminhar mensagens para evitar desinformação

A rede social anunciou que vai passar a restringir o reencaminhamento de mensagens para tentar diminuir a disseminação de informação falsa sobre a pandemia de covid-19. De acordo com a revista Newsweek, a partir desta terça-feira, …

"Mostre-me a sua identificação." Na Tunísia, um robô pergunta às pessoas por que não estão em casa

Nas ruas de Túnis, a capital da Tunísia, um robô não pilotado aborda as pessoas na rua e pergunta-lhes por que não estão em casa, exigindo-lhes um documento de identificação. A Tunísia está em confinamento obrigatório …

Putin não quer repetir os erros dos outros países

Vladimir Putin diz que "o pico da epidemia ainda não foi superado", mas garante que tem "em consideração as experiências positivas e negativas de outros países". O Presidente da Rússia, Vladimir Putin, alertou esta terça-feira para …

É possível fazer uma máscara de tecido em apenas alguns segundos

O cirurgião-geral norte-americano Jerome Adams disse que as máscaras faciais de pano podem ser feitas a partir de utensílios domésticos comuns. No início do mês, Jerome Adams, cirurgião-geral dos Estados Unidos, deixou um aviso ao público …