Cientistas calculam quantos anos viverá Humanidade se todos se tornarem canibais

Os cientistas britânicos descobriram que a humanidade vai desaparecer cerca de 3 anos depois de a comida acabar no planeta e todos os seus habitantes se tornarem canibais.

“Hoje em dia, na Terra habitam mais de 7,6 mil milhões de pessoas, e nós fizemos questão de analisar o que acontecerá caso todos os alimentos desapareçam da superfície terrestre e comece uma crise global. Calculamos quando a humanidade vai passar a se alimentar apenas com carne humana”, escreve Holly Graham da Universidade de Lester, no Reino Unido, e seus colegas, na edição Journal of Physics Special Topics.

Ao longo dos últimos anos, os cientistas encontraram numerosas provas de que os primeiros residentes da Europa poderiam ter se alimentado com a carne dos inimigos ou dos seus conterrâneos.

Por um lado, as avaliações dos biólogos indicam que o canibalismo é desvantajoso do ponto de vista energético, pois os corpos de mamutes e outros grandes animais contêm muitas mais calorias. Por isso, é provável que, no passado, as alegadas tribos canibais tenham sido extintas mais rápido do que aquelas que comiam carne de animais.

Ao usarem os dados sobre o valor energético de um corpo humano, obtidos por biólogos, Graham e a sua equipa tentaram descobrir quantos dias viveria a humanidade se toda a população atual se alimentasse apenas de carne de outras pessoas, dividida justamente entre todos.

Os cálculos apontam que um corpo humano contém 125 mil calorias, suficiente para abastecer 50 pessoas ao longo de um dia. Consequentemente, no primeiro dia da “crise alimentar” desapareceria 1/50 de toda a humanidade, no segundo dia — mais um 1/50 de todos os sobreviventes, e por aí fora.

Deste modo, caso não surgisse nenhuma outra fonte de alimentação, passados 1.149 dias, ou seja, cerca de 3 anos, na Terra ficaria apenas uma pessoa.

Porém, este período pode aumentar significativamente se uma parte dos canibais se comportar de modo injusto, se unir em grupos e acumular reservas de carne. Nesse caso, a “época de canibalismo” duraria umas décadas ou até séculos.

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. À atenção do ZAP: clicaram no link? É que teriam descoberto que (1) a universidade é de Leicester, não “Lester”, e (2) a publicação é um “undergraduate journal” (ou seja, algo como uma revista científica de brincadeira onde os alunos de licenciatura vão publicando umas coisitas para treinar).
    Pelo ridículo da investigação dava para desconfiar…

  2. Caro JL, você é que se desacredita a si próprio ao não perceber que não se tratava de cientistas, mas de meros alunos de licenciatura (undergraduates) que escreveram um artigo da treta para uma publicação de treino. Felizmente, mesmo os que não acreditam da ciência e dizem mal dela beneficiam dos seus resultados.
    Como dizia o outro, “perdoai-lhes, senhor, pois não sabem o que dizem”…

RESPONDER

"Ninguém quer trabalhar" na Casa Pia. Pais em protesto devido à falta de pessoal

Os pais e encarregados de educação do Centro Educativo e Desenvolvimento D. Maria Pia, em Lisboa, vão entregar na segunda-feira um abaixo-assinado à tutela para pedir a abertura de concursos externos para reforço de pessoal …

Trump elogiou Erdogan, depois de uma reunião que descreveu como "maravilhosa e produtiva"

O Presidente norte-americano, Donald Trump, elogiou na quarta-feira o seu relacionamento com o homólogo turco, Recep Tayyip Erdogan. Os dois líderes encontraram-se para tentar superar várias diferenças, incluindo a situação na Síria e a compra …

MH17. Novas provas revelam contactos frequentes entre a Rússia e separatistas ucranianos

A equipa internacional que conduziu a investigação sobre a queda do voo MH17 em 2014 no leste da Ucrânia divulgou novas provas que apontam para contactos muito frequentes entre a Rússia e os rebeldes separatistas …

Imunidade diplomática deixa em liberdade suspeito de tentar matar com ácido sulfúrico

O suspeito de homicídio, na forma tentada, ficou em liberdade depois de ter apresentado o passaporte diplomático às autoridades, que impede que seja detido ou constituído arguido. De acordo com a TVI24, um alto responsável da …

Zivkovic quer rescindir contrato com o Benfica

O extremo sérvio quer chegar a acordo com o Benfica para ficar livre a ano e meio do final do seu contrato mas, pelos vistos, a SAD encarnada nem quer ouvir falar dessa hipótese. De acordo …

Cigarros eletrónicos. Primeiro duplo transplante de pulmões feito em jovem de 17 anos em situação de "morte iminente"

Em risco de "morte iminente" por lesões causadas pelo uso de cigarros eletrónicos, um jovem de 17 anos foi submetido a um duplo transplante de pulmões, no estado norte-americano do Michigan. Este caso é considerado …

Parlamento Europeu levanta imunidade do eurodeputado José Manuel Fernandes

O Parlamento Europeu decidiu levantar a imunidade ao eurodeputado do PSD José Manuel Fernandes, após um pedido feito pela justiça e pelo próprio, relativo a uma eventual ação judicial por um alegado crime de prevaricação. Em …

"Agiu de forma premeditada". Mãe que deixou bebé no lixo vai continuar presa

O Supremo Tribunal de Justiça rejeitou esta quinta-feira o pedido de habeas corpus para a libertação da jovem de 22 anos que terá deixado o seu filho recém-nascido num caixote do lixo em Lisboa. A …

Mau tempo nas próximas 48h. Proteção Civil alerta para cheias e quedas de árvores

A Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil alertou para a possibilidade de lençóis de água e de gelo nas estradas, cheias rápidas e queda de árvores, devido ao mau tempo nas próximas 48 horas …

Bolsonaro terá recusado descendente de D. Pedro para vice por desconfiar que ele era gay

O deputado Luiz Philippe de Orléans e Bragança, conhecido por "príncipe" por ser descendente de D. Pedro, herdeiro da família imperial do Brasil, não é vice-presidente de Jair Bolsonaro por causa da sua sexualidade. Esta é …