Cientistas brasileiros criam sistema capaz de detectar dengue em 20 minutos

Doente com dengue em Niterói, no Rio de Janeiro

Doente com dengue em Niterói, no Rio de Janeiro

Cientistas brasileiros desenvolveram um sistema capaz de detectar o dengue em apenas 20 minutos e com um custo menor do que os dispositivos actuais, anunciou hoje um dos responsáveis da equipa de investigadores da Universidade de São Paulo.

Trata-se se um progresso “importante” num país em que só nos dos primeiros meses do ano foram notificados 87.000 casos.

“Procurávamos um detector rápido, preciso, que fosse barato e estivesse acessível em todos os postos de saúde. Não tão caro como os testes actuais”, disse à agência espanhola Efe Francisco Guimarães, professor da Universidade de São Paulo e um dos coordenadores da investigação.

Apesar da significativa redução de casos de dengue no Brasil durante os dois primeiros meses do ano, menos 80% face ao período homólogo de 2013, segundo o Ministério da saúde, a doença continua na mira das autoridades devido ao seu efeito letal em alguns doentes.

Ainda hoje, a Secretaria Municipal de São Paulo anunciou a morte de um menino de seis anos devido a esta doença, que matou nove pessoas durante Janeiro e Fevereiro.

De acordo com as estatísticas oficiais, cerca de 90% dos casos de dengue registados anualmente no país ocorrem entre Dezembro e Março, coincidindo com a época das chuvas mais intensa.

Graças ao novo sistema, milhões de pessoas em todo o país poderão saber se tem febre de dengue ou não, uma vez que, em muitos casos, os sintomas da doença são confundidos com os da gripe.

Francisco Guimarães explicou que, através de um exame de sangue do doente, o sensor, que está em fase de desenvolvimento, consegue identificar a doença no seu estado inicial e dar o resultado em apenas 20 minutos, enquanto os dispositivos actuais levam, em média, três semanas.

Outro dos avanços conseguidos foi a redução do preço, que custará entre 33 e 65 euros, o que permitirá que os centros de saúde das áreas mais remotas e pobres do país, como a Amazónia, possam ter acesso ao sistema.

A inovação do sensor encontra-se também no tipo de anticorpo utilizado para reagir com o vírus presente no sangue do paciente, explicou a investigadora Alessandra Figueiredo.

Ao contrário das investigações actuais, baseadas em anticorpos dos mamíferos, a equipa usou uma proteína presente nos ovos de galinhas.

“A gema de ovo é muito rica e produz um anticorpo com uma concentração muito mais elevada do que a do animal”, explicou Alessandra Figueiredo.

Segundo a investigadora, “o anticorpo, geralmente, é um material muito caro, mas produzi-lo através do ovo da galinha fica mais barato, porque produz uma concentração muito maior. Além disso, é mais fácil de produzir porque a galinha põe muitos ovos”.

Por outro lado, enquanto o exame convencional só pode ser realizado sete dias após o aparecimento dos sintomas da doença, o novo sistema é capaz de detectar a doença logo ao terceiro dia.

“O teste precoce que temos desenvolvido pode detectar o vírus da dengue poucos dias depois de a pessoa ter sido infectada. O período de incubação é de uma semana, mas (com o novo mecanismo) é possível detectar a doença logo nos primeiros sintomas, sublinhou Francisco Guimarães.

Os cientistas, que começaram a investigação em 2011, consideram que o teste poderá estar concluído em dois anos, depois de passar a fase de produção e regulamento.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Pequena e funcional. Assim se carateriza a Tiny House (que ainda evita dores de joelhos)

Esta pequena casa móvel pode ser a solução que procura. Devido à sua arquitetura dinâmica é ótima para pessoas com problemas de articulações e que sofrem com dores joelhos, pernas cansadas ​​ou dores nas costas. Hoje …

Chama-se Elios, é um drone e vai explorar as profundezas das cavernas de gelo da Gronelândia

Elios é o drone que está a ajudar os investigadores a descobrirem mais sobre os mistérios da Gronelândia. Inserido numa estrutura própria, tem explorado as cavernas de gelo, facilitando assim o acesso a locais mais …

Milhares de pássaros migratórios estão (misteriosamente) a morrer no Novo México

Um elevado número de pássaros migratórios está a morrer em todo o Novo México, numa misteriosa mortalidade em massa que está a preocupar os cientistas. Estima-se que o número de pássaros mortos seja de centenas de …

Crianças inspiram Lego a livrar-se de todas as embalagens de plástico

As peças da Lego podem acabar no oceano durante mais de mil anos, mas os fabricantes dinamarqueses estão a tentar tornar a empresa ecologicamente correta. Na sua última promessa, a Lego vai começar a usar sacos …

Uma cidade chamada "amianto" está a tentar mudar o nome (e a discussão tornou-se tóxica)

Há uma cidade no Canadá chamada Asbesto - um material de construção altamente tóxico. Os habitantes da cidade não estão felizes com este nome, mas a sua mudança também não está a ser fácil. De acordo …

FC Porto 3-1 Braga | Entrada de “dragão”

O FC Porto iniciou a defesa do título nacional com uma vitória importante sobre o Sporting de Braga por 3-1. Os minhotos marcaram primeiro no Dragão, por um ex-portista, mas os descontos do primeiro tempo foram …

Barco navega em forma de coração para agradecer aos habitantes da Nova Escócia

A escuna Bluenose II navegou de forma bastante original no último dia da temporada de 2020. A rota seguida criou a forma de um coração no porto de Lunenburg, na Nova Escócia. De acordo com o …

França bate recorde com 13.498 novos casos. Espanha não vai confinar

A França registou este sábado um recorde diário de casos de covid-19, com 13.498 novos infetados nas últimas 24 horas, anunciou a Agência Nacional de Saúde, acrescentando que, no mesmo período, morreram mais 26 pessoas. No …

Diogo Jota no Liverpool

O Liverpool oficializou hoje a contratação do futebolista internacional Diogo Jota, de 23 anos, num contrato “de longa duração”, sem especificar a duração. A imprensa inglesa tem adiantado que o jogador vai assinar por cinco épocas, …

Companhia aérea australiana oferece voos de 7 horas (para lugar nenhum)

A companhia aérea australiana Qantas anunciou recentemente planos para um voo panorâmico de sete horas que fará um loop gigante em Queensland e Gold Coast, New South Wales e os remotos centros do interior do …