Cientistas arrefeceram água até os -263ºC sem a congelar

Um grupo de cientistas suíços descobriu uma maneira de reduzir a temperatura da água até os -263ºC sem que se congelasse. O estudo põe em questão a forma como se estuda estruturas moleculares quando expostas a temperaturas extremamente baixas.

O senso comum diz-nos que a água se congela quando exposta a temperaturas abaixo dos 0ºC. As moléculas à superfície começam a cristalizar e transformam-se em gelo, que se vai espalhando pelas moléculas próximas até que toda a água congele.

Um grupo de cientistas do Instituto Federal de Tecnologia (ETH) de Zurique e da universidade local conseguiu contrariar esse pressuposto e levou água até os -263ºC, mantendo-a no estado líquido. E como conseguiram fazer isto? Através de um novo tipo de matéria biológica, que eles chamam de mesofase lipídica. O estudo foi publicado, esta semana, na Nature Nanotechnology.

O New Atlas explica que, dentro desta matéria, há moléculas que se comportam da mesma maneira que as moléculas que encontramos em gordura natural ou lípidos, e se encarregam de reunir em membranas.

Estas membranas formam uma espécie de rede de canais microscópicos — tão pequenos que têm menos de um nanómetro de diâmetro. Pelo simples facto de não haver espaço, os cristais de gelo não se conseguem formar. Assim sendo, apesar de a temperatura ser inferior aos 0ºC a que normalmente a água congela, ela consegue manter o seu estado líquido.

(dr) Livia Salvati Manni / ETH Zurich

Os lípidos formam redes de canais que envolvem a água, vista em azul claro.

Os cientistas recorreram a hélio líquido, que ronda os -263ºC, para arrefecer a mesofase lipídica — levando a matéria biológica criada a apenas 10ºC acima do zero absoluto de Kelvin.

“No processo normal de congelamento, quando os cristais de gelo se formam, normalmente danificam e destroem membranas e grandes biomoléculas cruciais, o que nos impede de determinar sua estrutura e função quando interagem com membranas lipídicas”, explica Raffaele Mezzenga, do Laboratory of Food & Soft Materials no ETH Zurich.

Esta experiência dos cientistas helvéticos abre assim novas portas para estudar as moléculas em temperaturas extremamente baixas. Além disso, quem também pode beneficiar com este estudo são os aeroportos. A formação de gelo nas pistas de aviação dificulta e pode até ser perigosa para a aterragem de aviões.

“O nosso trabalho não tinha como objetivo aplicações exóticas”, disse Mezzenga. “O foco principal foi dar aos investigadores uma nova ferramenta para facilitar o estudo de estruturas moleculares em baixas temperaturas, sem cristais de gelo a interferir e, finalmente, entender como dois componentes principais da vida, água e lípidos, interagem sob condições extremas de temperatura e confinamento geométrico”.

ZAP // New Atlas

PARTILHAR

RESPONDER

Só as mulheres podem parar o Apocalipse nuclear

O aumento da participação feminina no setor nuclear ajudaria a reduzir a ameaça de um Apocalipse, afirmou recentemente a analista Xanthe Scharf. O conflito nuclear continua a ser a maior ameaça imediata à segurança global. Os …

Esqueleto que caiu de um penhasco pode ter pertencido a uma princesa

Há mais de um século, um tronco esculpido que continha o antigo esqueleto de uma mulher caiu de um penhasco à beira-mar na pequena vila costeira polaca de Bagicz. Agora, os investigadores determinaram que a mulher …

Apanhado no Facetime. Prisão perpétua para português por violação e agressão em Inglaterra

Um português a residir em Inglaterra foi condenado a prisão perpétua por violação e agressão a uma jovem de 19 anos, tendo uma captura de ecrã durante uma chamada de FaceTime sido um elemento chave. Samuel …

Estranha síndrome genética está a cegar famílias inteiras

Médicos na Austrália descobriram uma condição ultra-rara que está gradualmente a cegar famílias inteiras em redor do mundo. Agora, estão a tentar encontrar uma cura. Os primeiros sinais da condição surgiram na Austrália, quando uma mãe, …

Juventus é campeã pela oitava vez consecutiva. E Ronaldo estava lá

A Juventus conquistou este sábado a Serie A pela oitava vez consecutiva, depois de vencer em casa a Fiorentina por 2-1, em jogo da 33ª jornada. Poucos dias após a eliminação nos quartos de final da …

Coletes Amarelos: novo sábado de violência em Paris

Mobilizados há mais de cinco meses, os "coletes amarelos" voltaram este sábado às ruas para o seu "acto XXIII" marcado por uma nova escalada da tensão entre manifestantes e forças de autoridade. Tiros de gás lacrimogéneo, …

Porto vs Santa Clara | Dragão suficiente assume liderança

O FC Porto venceu hoje o Santa Clara por 1-0, em partida da 30.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, que permite aos ‘dragões' regressarem, à condição, ao comando do campeonato. O FC Porto cumpriu …

Notre-Dame pode não ser a única. Vários monumentos em todo o mundo estão em risco

O incêndio na catedral de Notre-Dame, em Paris, levantou questões sobre a forma como os órgãos responsáveis pelo património cultural realizam políticas de conservação e detetam possíveis problemas. Além disso, a Unesco indicou que vários locais de …

Hubble espreita aglomerado cósmico azul

Os enxames globulares são objetos inerentemente belos, mas o alvo desta imagem do Telescópio Espacial Hubble da NASA/ESA, Messier 3, é frequentemente reconhecido como um dos mais esplêndidos de todos. Contendo, incrivelmente, meio milhão de estrelas, …

Comer carne vermelha (mesmo moderadamente) aumenta risco de cancro do intestino

O maior estudo alguma vez realizado no Reino Unido sugere que devemos reduzir (ainda mais) o consumo de carne vermelha. Um estudo financiado pela Cancer Research UK e desenvolvido pela Universidade de Oxford, no Reino Unido, …