Cientistas alertam que um asteróide vai mesmo colidir com a Terra

A colisão de um asteróide com a Terra é uma certeza, só falta saber quando é que isso vai acontecer. O alerta é dado por cientistas que prevêem que as consequências podem ser devastadoras para uma grande cidade ou até para um continente.

Para o professor Alan Fitzsimmons, astrofísico do Centro de Pesquisa da Universidade de Queen’s (QUB), em Belfast, na Irlanda do Norte, o impacto de um asteróide com a Terra é apenas uma questão de tempo.

Este cientista alerta que a colisão é uma certeza, só não há ainda uma data para o efeito, conforme se aponta numa declaração divulgada pela QUB.

As palavras de Alan Fitzsimmons surgem na ante-câmara do Dia do Asteróide que se assinala nesta sexta-feira, 30 de Junho. Nessa data, em 1908, um pequeno asteróide caiu em Tunguska, na Sibéria, afectando uma área de mais de 2000 km2.

Alan Fitzsimmons está certo de que vai acontecer um impacto semelhante no futuro, sendo que se for um asteróide da mesma dimensão poderá arrasar uma grande cidade, enquanto um objecto maior teria repercussões ainda mais devastadoras.

“Cerca de 1800 potenciais objectos perigosos foram descobertos até agora, mas há ainda muitos mais à espera de serem encontrados”, alerta o professor citado pela QUB.

“Os astrónomos encontram asteróides próximos da Terra todos os dias e a maioria é inofensiva. Mas continua a ser possível que a próxima Tunguska nos apanhe de surpresa, embora estejamos muito melhor a encontrar grandes asteróides, mas isso não nos serve de nada se não estivermos preparados para fazer alguma coisa quanto a isso”, conclui o astrofísico que integra o projecto NEOshield-2, financiado pelo Conselho Europeu de Pesquisa para estudar como desviar asteróides perigosos da Terra.

No início do mês de Junho, um grupo de cientistas checos tinha também reforçado o alerta quanto ao possível impacto de um asteróide com a Terra.

Estes astrónomos da Academia de Ciências da República Checa evidenciam a ameaça que representa uma chuva de meteoritos conhecida como Táuridas.

Num estudo que vai ser publicado no jornal Astronomy & Astrophysics, estes cientistas revelam a descoberta de um novo “braço” de Táuridas, com objectos a moverem-se em torno do Sol, que se encontra com a Terra “uma vez a cada poucos anos, por um período de cerca de três semanas”, conforme cita o site científico Phys.org.

“Durante este período, a probabilidade de colisão com um grande objecto (de cerca de uma dúzia de metros de diâmetro) é marcadamente maior“, frisam os investigadores.

Esta pesquisa evidencia ainda a necessidade de mais pesquisa para “uma melhor descrição desta fonte real de potenciais objectos perigosos que podem ser grandes o suficiente para causar um desastre local ou até continental“.

SV, ZAP //

PARTILHAR

20 COMENTÁRIOS

    • Nem mais…o que estas pessoal fazem para aparecerem nas notícias. Se não tem nada de concreto para dizer, estejam calados, por só cr9am ruído que só atrapalha a cabeça de muita gente. Ou será que é de propósito?…fica aqui uma teoria de conspiração.

  1. Por enquanto preocupo-me mais com certos asteróides tipo Trumps e outros que poluem já o nosso planeta.Alguns até bem perto dos locais que habito e onde me desloco.

  2. LOL!

    Tunguska foram 2000km2 de floresta devastada. Pouco menos que o distrito do Porto…

    2000m2 é 1/5 de um campo de futebol, +/-…

  3. Não entendo onde querem chegar, para aterrorizar as populações?
    O que estará por detrás destas, notícias, querem nos alienar? Para assim nos manipular?
    Já não basta os atentados terroristas, planeados pelas grandes potências, para nos tirar e restringir a liberdade.
    Uma coisa tenho a certeza, o mundo acaba todos os dias.

  4. acho isso tudo na verdade mentira guando não tem notícias verdadeira para colocar aí vem mentiras como esse para alarmar a população já estamos com essa corrupção toda no Brasil que não sabemos mais o que fazer é tal de prender e soltar asteróide são menos perigoso do que esses vagabundo bandidos criminosos corruptos no Brasil !

  5. Ho pessoal, não vale a pena entrarmos em desacordo, e lutarmos uns contra os outros. Isto é fácil. É só treinar profissionais para irem de encontro aos esteróides no Espaço, acuplar, perfurar, dinamitar, dar de sola, e BUUUUMM E pronto …podemos começar a treinar com os ” esteroides humanos ” que por aí andam a ameaçar o planeta inteiro, e que nos ameaçam mt mais que os esteroides no espaço. Que tal ??…

  6. armas existentes de terror ou me sentindo muito legal em corredores de Jacumã marinho para explodir toda a crise meteoro eu não consigo sem você mora em qual alternativa se todo mundo jogar mesmo se pedirá tudo se tudo corresse no continente e o nitrogênio em Niterói

  7. Peço desculpa Marcos.fazole, mas isso escrito acima era pretensamente Português? É que não entendi rigorosamente nada!

RESPONDER

O Ciclo Solar 25 vai afetar a vida na Terra (e a NASA explica como)

A cada 11 anos, o Sol inicia um novo ciclo solar, marcado por períodos de violentas erupções e explosões magnéticas. Em dezembro de 2019, teve início um novo ciclo solar. Na semana passada, a NASA e …

Criada para prevenir a guerra, a ONU enfrenta um mundo profundamente polarizado

Criada após a Segunda Guerra Mundial para evitar novos conflitos, a Organização das Nações Unidas (ONU) comemora esta segunda-feira o 75.º aniversário, num mundo polarizado que enfrenta uma pandemia, conflitos regionais, uma economia em declínio …

Mulher cai de carro em movimento enquanto grava vídeo para o Snapchat

Uma mulher, que ocupava o lugar do passageiro de um carro em movimento, caiu numa auto-estrada enquanto filmava um vídeo para a rede social Snapchat, no Reino Unido. Segundo a CNN, a mulher estava pendurada na …

Nos Estados Unidos, a venda de discos em vinil ultrapassou a de CD pela primeira vez desde 1986

Pela primeira vez desde 1986, as vendas de discos de vinil ultrapassaram as vendas de CD nos Estados Unidos em 2020. Os números foram apresentados na semana passada pela Associação Americana da Indústria de Gravação, …

Mourinho espera ganhar sem jogar

Tottenham iria defrontar o Leyton Orient mas também no Reino Unido há jogos de futebol em causa por causa do coronavírus. O encontro entre Leyton Orient e Tottenham, relativo à terceira eliminatória da Taça da Liga …

A máfia italiana tem uma nova arma de recrutamento: o TikTok

Os jovens membros da Camorra, organização criminosa aliada à máfia siciliana, estão a recorrer ao TikTok para divulgar o seu estilo de vida e recrutar novos membros. Em maio, um vídeo foi publicado no TikTok que …

Os três segredos para ter um bom sistema imunológico são gratuitos, avisa Fauci

Manter o sistema imunológico saudável é um dos fatores-chave para lidar com a covid-19, o que não implica necessariamente a toma de suplementos vitamínicos. Há uns tempos, quando confrontado com o facto de a atriz Jennifer …

Pinguim encontrado morto no Brasil com uma máscara inteira no estômago

Um espécime de pinguim-de-Magalhães (Spheniscus magellanicus) foi encontrado morto numa popular praia brasileira e a autópsia ao corpo revelou que o animal tinha no seu estômago uma máscara de proteção facial N95. O animal foi …

Trump quer restabelecer sanções ao Irão. ONU rejeita apoiar posição norte-americana

O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), António Guterres, disse que somente apoiará a restituição de sanções ao Irão, exigidas pelos Estados Unidos (EUA), se receber luz verde do Conselho de Segurança. Numa carta dirigida …

Designer holandês desenvolve "caixão vivo" feito com fibras de fungos

Um corpo humano pode demorar cerca de uma década a decompor-se dentro de um caixão. Com o Living Cocoon, o tempo é reduzido para dois ou três anos. Bob Hendrikx, biodesigner fundador da Loop, desenvolveu e …