Cientista indemnizada em 6 milhões por danos cerebrais devidos a atraso de ambulância

BBC

A cientista Caren Paterson

A cientista Caren Paterson

A Justiça britânica obrigou o serviço de emergência de Londres a indemnizar em 6 milhões de euros uma mulher que ficou com danos cerebrais sérios e permanentes depois de esperar mais de uma hora e meia por uma ambulância.

A cientista Caren Paterson, de 36 anos, desmaiou no seu apartamento no bairro de Islington, em 2007.

O seu namorado accionou o serviço de emergência da capital britânica, o 999.

Mas, por engano, o endereço da cientista em Islington, um bairro de classe média no norte de Londres, estava incluído na lista das áreas de “alto risco” da capital britânica.

Seguindo o procedimento padrão, os paramédicos estacionaram a ambulância a 100 metros de distância do apartamento e ficaram à espera de uma escolta policial que os levasse a casa de Paterson.

Sem polícias disponíveis imediatamente para a missão, a cientista esperou cerca de 1h e 40m até à chegada dos paramédicos.

O namorado ainda ligou mais duas vezes para a emergência, mas os médicos não quiseram entrar no apartamento sem escolta policial.

Caren Paterson acabou por ter uma paragem cardíaca poucos minutos antes de a equipa médica chegar ao seu apartamento.

Danos irreversíveis

A cientista, que trabalhava em investigação na área da genética no respeitado King’s College, em Londres, ficou com danos cerebrais permanentes, sofrerá de amnésia crónica e desorientação para sempre, precisará de assistência 24 horas por dia para o resto da vida, e nunca mais voltará a trabalhar.

“A minha filha era uma cientista bem-sucedida e cheia de ambições. É angustiante pensar que todas as suas aspirações e ambições foram tolhidas por causa deste dano cerebral”, diz a mãe de Caren, Eleanor Paterson.

“Pensar em paramédicos à espera na esquina dentro de uma ambulância, enquanto a minha filha estava desmaiada com a vida em risco, o que causou danos irreparáveis no seu cérebro, ainda é um choque. Espero que ninguém tenha de passar pelo que passámos.”

A Justiça britânica condenou o serviço de emergência de Londres a indemnizar a cientista em 1,7 milhões de euros, mais pagamentos vitalícios anuais que elevarão a conta a 6 milhões de euros.

Um porta-voz do serviço apresentou as suas “sinceras desculpas” pelo erro e disse esperar que o dinheiro possa suprir as necessidades de Paterson agora e no futuro.

ZAP / BBC

PARTILHAR

RESPONDER

Após uma legislatura marcada por problemas éticos, ser deputado já não será a mesma coisa

Depois de uma legislatura vincada por vários problemas éticos no interior do Parlamento, houve ajustes a fazer. As regras para deputados advogados, subsídios ou moradas mudaram e, a partir de outubro, ser deputado será um …

Interrogatórios sobre queda de árvore na Madeira só depois das eleições regionais

Os interrogatórios sobre a queda da árvore do Monte, na Madeira, só vão decorrer depois das eleições regionais, avança a imprensa madeirense. A tragédia aconteceu a 15 de agosto do ano passado, antes de uma procissão …

Lagosta e vinho caro. Excentricidades levaram ministro francês do Ambiente a demitir-se

Após a polémica em torno dos seus grandes gastos enquanto presidente da Assembleia Nacional francesa e governante, François de Rugy saiu do Governo. No entanto, diz-se vítima de "linchamento mediático". François de Rugy, ministro francês do …

Os escoceses estão a gerar energia eólica suficiente para abastecer duas Escócias

No primeiro semestre de 2019, a Escócia gerou energia eólica suficiente para abastecer as suas casas duas vezes. Segundo divulgou esta quarta-feira o Science Alert, as turbinas geraram 9,8 milhões de megawatts-hora de eletricidade entre janeiro …

Comentários racistas de Trump condenados na Câmara de Representantes

A Câmara dos Representantes dos Estados Unidos aprovou na terça-feira uma moção na qual condena o presidente Donald Trump pelos "comentários racistas" dirigidos a quatro mulheres congressistas, sugerindo-lhes que "regressassem aos seus países de origem". A …

PCP quer creches gratuitas e passes sociais em todo o país

O secretário-geral comunista destacou sete compromissos, incluindo a ideia de uma rede de creches gratuitas e o limite máximo de 40 euros para os passes sociais, na apresentação do programa eleitoral do partido, num hotel …

Governo retira estatuto do antigo combatente na véspera de votação

O Governo retirou a proposta de lei sobre o estatuto do antigo combatente por dificuldades no modelo de sustentabilidade financeira resultantes das propostas apresentadas pelos partidos no Parlamento. O anúncio da retirada da proposta foi feito …

Bolsonaro "está decidido". Vai indicar filho para embaixador nos Estados Unidos

Jair Bolsonaro disse que "está decidido" que irá indicar o filho Eduardo Bolsonaro para embaixador em Washington, capital dos Estados Unidos da América. Esta terça-feira, o Presidente do Brasil disse que “está decidido” a indicar o …

Sindicato dos motoristas aprovou aumentos salariais mais baixos dos que agora reclama

A reunião de segunda-feira entre os sindicatos de motoristas e a associação de empresas de transporte de mercadorias (Antram) acabou sem acordo para evitar a greve anunciada para 12 de agosto. Porém, de acordo com o …

"Lei dos primos" corre o risco de ser adiada para depois das eleições

A aprovação da lei do PS que aperta as regras de nomeações governamentais está em dúvida na maratona de votações de sexta-feira. Os sociais-democratas ainda não decidiram o sentido de voto. Na primeira versão, o PS …