Cientista calcula quando é que os dias na Terra vão ter 25 horas

-

Dados científicos recolhidos graças a um dispositivo instalado na Lua pelas missões Apolo permitem calcular quando é que a Terra vai ter 25 horas por dia. Mas não se apoquente demasiado – quando isso acontecer, não é certo que a raça humana ande por cá.

O exercício de previsão do alongamento dos dias na Terra foi realizado feito pela astrofísica britânica Jillian Scudder, da Universidad de Sussex, no Reino Unido, num artigo para a revista Forbes.

Segundo a cientista, todos os anos a Lua desacelera a rotação da Terra, recebendo um pouco mais de energia do nosso planeta e afastando-se gradualmente dele.

Este movimento só é detectável através do dispositivo instalada na Lua pelas missões Apolo, especialmente pelo retro-reflector da matriz Lunar Laser Ranging Experiment, que permite aos cientistas apontar-lhe um raio laser a partir da Terra, e medir o tempo que demora a voltar depois de reflectido na no espelho instalado na Lua.

Este dispositivo permitiu apurar que, nos últimos 100 anos, a rotação da Terra abrandou cerca de 0,0014 segundos, conforme escreve Jillian Scudder no seu artigo.

Outro modo de apurar aquele desaceleramento é através do registo dos eclipses solares que apontam que, a cada Século, a Terra terá abrandado a rotação em 0,0025 segundos.

Assim, “para extrapolar para o futuro”, a astrofísica britânica tem em conta o resultado médio daqueles dois números, ou seja, 0,002 segundos, o que permite calcular que, para abrandar a rotação da Terra em 0,5 segundos, são precisos 25 mil anos.

Uma vez que uma hora tem 3.600 segundos, para travar o movimento da Terra em apenas uma hora, será preciso esperar 180 milhões de anos, diz Jillian Scudder.

“De vez em quando, um poderoso terramoto atacará, algures, na Terra e as notícias vão reportar que os dias do planeta encolheram de novo – mas este efeito é ainda mais pequeno do que o da Lua”, garante a astrofísica.

Scudder lembra o terramoto de 9.0 que abalou o Japão, há poucos anos, e nota que este só encurtou a duração dos nossos dias num micro-segundo – “um efeito mil vezes mais pequeno do que o abrandar dos nossos dias promovido pela Lua”, constata.

Deste modo, “seriam precisos mil terramotos tão fortes como aquele, num Século, de modo a cancelar o que a Lua está a fazer à distância”, conclui Jillian Scudder.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

João Félix deve regressar aos relvados na próxima semana

O internacional português João Félix deve regressar aos relvados na próxima semana e pode mesmo vir a ser opção do Atlético de Madrid para o jogo frente ao Granada, marcado para o próximo dia 23 …

Vítimas do franquismo pedem investigação à origem das jóias que a família Franco vai leiloar

A Associação para a Recuperação da Memória Histórica (ARMH), que inclui familiares das vítimas do franquismo, pediu ao Governo espanhol que investigue a origem das jóias que a família Franco vai leiloar. De acordo com …

"Sem dúvida". Montenegro diz que era capaz de derrotar Costa

O antigo líder parlamentar do PSD Luís Montenegro, que é agora candidato à liderança do partido, afirmou, em entrevista ao jornal Público e à Rádio Renascença, que era capaz de derrotar António Costa.  "Acho que era …

Rússia quer legalizar comércio de 'diamantes de sangue' africanos

Os diamantes exportados da República Centro-Africana estão associados à corrupção, à violência, à guerra civil, a violações e assassinatos. Agora, Moscovo anunciou que quer o fim do embargo internacional, buscando legalizar na totalidade a sua …

Economia abrandou, mas ainda é possível cumprir meta de crescimento

O Produto Interno Bruto cresceu 0,3% no terceiro trimestre, face aos três meses anteriores, metade do registado no segundo trimestre, mantendo o ritmo de crescimento, de 1,9%, na comparação com o mesmo período de 2018. Segundo …

Sporting vai avançar com ação de despejo das claques

A SAD leonina vai avançar com uma ação de despejo para que as claques Juventude Leonina e Directivo Ultras XXI deixem os espaços que ocupam no Estádio José Alvalade, avança A Bola esta quarta-feira. De …

"Ninguém quer trabalhar" na Casa Pia. Pais em protesto devido à falta de pessoal

Os pais e encarregados de educação do Centro Educativo e Desenvolvimento D. Maria Pia, em Lisboa, vão entregar na segunda-feira um abaixo-assinado à tutela para pedir a abertura de concursos externos para reforço de pessoal …

Trump elogiou Erdogan, depois de uma reunião que descreveu como "maravilhosa e produtiva"

O Presidente norte-americano, Donald Trump, elogiou na quarta-feira o seu relacionamento com o homólogo turco, Recep Tayyip Erdogan. Os dois líderes encontraram-se para tentar superar várias diferenças, incluindo a situação na Síria e a compra …

MH17. Novas provas revelam contactos frequentes entre a Rússia e separatistas ucranianos

A equipa internacional que conduziu a investigação sobre a queda do voo MH17 em 2014 no leste da Ucrânia divulgou novas provas que apontam para contactos muito frequentes entre a Rússia e os rebeldes separatistas …

Imunidade diplomática deixa em liberdade suspeito de tentar matar com ácido sulfúrico

O suspeito de homicídio, na forma tentada, ficou em liberdade depois de ter apresentado o passaporte diplomático às autoridades, que impede que seja detido ou constituído arguido. De acordo com a TVI24, um alto responsável da …