Trabalhadores remotos estão a encher pequenas cidades (que agora têm os problemas das grandes)

A pandemia de covid-19 está a levar a um novo fenómeno: a migração para “comunidades de passagem” – pequenas cidades próximas a grandes terras e estações de esqui – à medida que mais pessoas começam a fazer trabalho remoto.

Um novo artigo publicado no Journal of the American Planning Association mostra que as populações nessas comunidades já estavam a crescer antes da covid-19 chegar, levando a alguns problemas tradicionalmente considerados como questões urbanas, como falta de moradias, disponibilidade de transportes públicos, congestionamento e desigualdade de renda.

Embora a pandemia de covid-19 tenha acelerado o atrito, o estudo sugere que os planeadores urbanos podem ajudar a ajustar os lugares, de acordo com o Fast Company.

Houve um aumento drástico no trabalho remoto desde março. Agora, quase 60% dos trabalhadores trabalham remotamente em tempo integral ou parcial, de acordo com um inquérito recente do Gallup. E quase dois terços dos trabalhadores que trabalham remotamente gostariam de continuar a fazê-lo.

Esta situação daria aos trabalhadores muito mais flexibilidade quando se trata de escolher onde querem viver.

As comunidades de passagem no oeste dos Estados Unidos já estavam a sentir uma tensão, de acordo com Danya Rumore, professora assistente da Universidade de Utah que liderou o estudo.

A investigação analisou cidades com menos de 25 mil habitantes, que estavam a menos de 16 quilómetros de um parque nacional, monumento, floresta, lago ou rio, e a pelo menos 24 quilómetros de uma área urbana designada pelo censo. Os investigadores identificaram 1.522 cidades que se encaixam nessa descrição, conduziram entrevistas detalhadas com funcionários públicos de 25 dessas comunidades e, em seguida, entrevistaram outros 333 trabalhadores.

“Um dos resultados mais impressionantes é até que ponto a acessibilidade da habitação e as questões de custo de vida são uma preocupação nas comunidades de passagem em todo o oeste”, disse Rumore. “Mais de 80% dos entrevistados da pesquisa de cidades de todas as formas e tamanhos disseram que a acessibilidade da moradia é moderada a extremamente problemática para a sua comunidade.”

As segundas residências e os alugueres de curto prazo foram os principais motivos de preocupação. “A força de trabalho local é simplesmente reduzida. As pessoas que trabalham aqui já não podem dar ao luxo de trabalhar aqui”, disse um diretor de desenvolvimento comunitário.

Lugares como Sandpoint, Idaho, que está localizado num lago e perto de uma popular estação de esqui, já começaram a ver um aumento da migração nos últimos 5 a 10 anos. Agora, está a preparar-se para ainda mais trabalhadores remotos devido à pandemia de covid-19.

A questão é se se podem adaptar aos desafios das grandes cidades mencionados e desenvolver-se de forma sustentável. Muitos estão a experimentá-lo de uma variedade de formas possíveis, como incentivar unidades habitacionais acessórias (pequenas habitações secundárias em propriedades existentes), diminuir o uso da terra e os regulamentos de zoneamento, desenvolver terras públicas para moradias acessíveis e aumentar o acesso aos transportes públicos e ciclovias.

No entanto, muitas das comunidades carecem de pessoal e recursos – especialmente numa crise. Um entrevistado no estudo reconheceu que a sua comunidade estava num grande período de crescimento e precisava de ficar à frente da curva, mas “não tínhamos diretrizes de design em vigor.”

Assim, foi lançado o Gateway and Natural Amenity Region Initiative (GNAR), que vai fornecer um kit de ferramentas online, que fornecerá informações básicas de planeamento urbano que estes comunidades precisam, como estudos de caso e modelos de decretos.

Embora o nome “Cidade Zoom” seja uma piscadela para o passado, os investigadores escreveram que estas pequenas comunidades com problemas de grandes cidades podem ser uma espreitela para o futuro, como “laboratórios valiosos para novas abordagens de planeamento e inovação no planeamento”.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Os polegares dos neandertais adaptaram-se a ferramentas com pega

Os polegares dos neandertais adaptaram-se para segurar melhor ferramentas com pega, da mesma forma como utilizamos atualmente um martelo, revela uma nova investigação da Universidade de Kent, no Reino Unido. A mesma investigação sugere ainda …

Sporting 2-1 Moreirense | JackPote rende pontos ao “leão”

O “Leão” soma e segue na liderança do campeonato, depois de vencer o Moreirense por 2-1, graças a um bis Pedro Gonçalves. Neste sábado, na recepção ao Moreirense, num embate relativo à oitava jornada, sofreu, mas conseguiu …

Raro crustáceo parasita descoberto na boca de um tubarão em exibição num museu

Uma equipa de cientistas descobriu uma espécie extremamente rara de Cymothoidae na boca de um espécime de tubarão capturado no Mar da China Oriental e agora em exibição num museu. Os Cymothoidae são uma família de isópodes …

Série da Netflix faz disparar venda de jogos de xadrez nos Estados Unidos

A série "The Queen’s Gambit", da plataforma de streaming Netflix, que retrata a ascensão de uma jovem jogadora de xadrez na década de 1950, fez disparar as vendas deste jogo de tabuleiro nos Estados Unidos. …

Novo comité central do PCP eleito com 98,5%

O novo comité central do PCP foi este domingo eleito no XXI congresso nacional dos comunistas, em Loures, com 98,5% dos votos. Dos 611 delegados, 602 votaram a favor, seis abstiveram-se e três votaram contra na …

Elefante salvo de um poço profundo na Índia. Resgate durou 14 horas

Uma equipa de 50 pessoas ajudou a salvar um elefante que tinha caído num poço profundo em Dharmapuri, no sul da Índia. Moradores locais atiraram folhas de bananeira para o animal comer antes de ser …

Santa Clara 0-1 Porto | Magia de Díaz resolve jogo pobre

Missão cumprida. O Porto viajou até aos Açores para defrontar o Santa Clara e leva na bagagem os três pontos. Mas não o conseguiu com brilhantismo, longe disso. A eficácia foi a palavra de ordem, num …

Raro pinguim totalmente branco encontrado nas Ilhas Galápagos

Um raro pinguim com o corpo totalmente "pintado" de branco foi encontrado no arquipélago das Galápagos, no Equador. Em comunicado, o Parque Nacional das Galápagos detalha que o raro espécime foi encontrado enquanto um guia fazia …

A China tem 8 milhões de cegos, mas apenas 200 cães-guia. Há uma razão

A China tem 8 milhões de cegos, mas apenas 200 cães-guia. As cidades populosas, as vias não adaptadas, as poucas escolas de treino e a própria população são entraves à existência destes companheiros (e verdadeiros …

Governo das Ilhas Salomão quer banir o Facebook para preservar a União Nacional

O Governo das lhas Salomão quer banir temporariamente a rede social Facebook numa tentativa de combater o cyberbullying e a difamação, alegando que a plataforma está a "minar" a União Nacional. A decisão, que já …