Pela primeira vez, uma cidade romana foi encontrada sem fazer escavações

L. Verdonck

Uma equipa de arqueólogos encontrou Nova Falérios, uma antiga cidade do Império Romano, sem fazer qualquer tipo de escavação.

Num feito inédito, os investigadores da Universidade de Cambridge e da Universidade de Ghent, recorreram a um georadar para encontrar a cidade que continua, assim, soterrada.

Lá, foram encontrados um complexo de banhos públicos, um mercado, um templo, um monumento público como nunca antes visto e até mesmo a extensa rede de canalização de água da cidade.

Os resultados da investigação foram publicados esta terça-feira na revista científica Antiquity e, de acordo com o EurekAlert, permitem estudar como é que a cidade se desenvolveu ao longo dos anos. A utilização de um georadar para fazer achados arqueológicos é também um marco significativo, já que pode ser uma ótima alternativa para locais que não podem ser escavados por diferentes razões.

Localizada 50 quilómetros a norte de Roma, Nova Falérios tinha cerca de 30,5 hectares, cerca de metade do tamanho de Pompeia. A cidade foi ocupada pela primeira vez no ano 241 a.C.

O estudo também contraria algumas premissas relativamente ao design urbano das cidades romanas. Ao contrário de Pompeia, por exemplo, Nova Falérios tinha um aspeto menos padronizado. Algumas das estruturas encontradas eram também mais elaboradas do que seria de esperar de uma cidade pequena.

“O nível surpreendente de detalhe que alcançamos em Nova Falérios, e os recursos surpreendentes que o georadar revelou, sugerem que este tipo de investigação pode transformar a maneira como os arqueólogos investigam os locais urbanos, como entidades totais”, salientou o autor correspondente, Martin Millett.

“É emocionante e agora realista imaginar o georadar a ser usado para pesquisar uma grande cidade como Miletus na Turquia, Nicopolis na Grécia ou Cirene na Líbia“, disse Millett. “Ainda temos muito a aprender sobre a vida urbana romana e esta tecnologia deve abrir oportunidades sem precedentes nas próximas décadas”.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Já pode "adotar" um pedaço de Notre-Dame para ajudar na sua reconstrução

Uma organização está a dar a oportunidade de o público ajudar na reconstrução de artefactos específicos da catedral de Notre-Dame, em França, que foi parcialmente destruída por um incêndio em 2019. De acordo com a cadeia …

Proporção divina identificada na gerbera

Descobrir como se formam os padrões distintos e omnipresentes das cabeças das flores tem intrigado os cientistas há séculos. Quando se pede a alguém que desenhe um girassol, quase todas as pessoas desenham um grande círculo …

Audi apresenta o novo Q4 e-tron que traz uma autonomia até 520 km

Ainda antes do verão, a Audi vai colocar no mercado o seu primeiro SUV elétrico concebido de raiz e não adaptado a partir de uma plataforma concebida para motores a combustão. O Q4 e-tron destaca-se pela …

Vanuatu em alerta depois de um corpo com covid-19 ter dado à costa

Vanuatu proibiu viagens de e para a sua principal ilha três dias depois de ter dado à costa um corpo de um pescador filipino, que testou positivo à covid-19. De acordo com a Radio New Zealand, …

Cientistas russos querem criar a primeira vacina comestível contra a covid-19

O Instituto de Medicina Experimental de São Petersburgo, na Rússia, anunciou o seu plano de concluir dentro de um ano os testes pré-clínicos da primeira vacina comestível do mundo contra o novo coronavírus. Em entrevista à …

Em plena crise política, o país mais pobre das Américas ainda não recebeu nenhuma vacina

Numa altura em que a maior parte dos países já têm o processo de vacinação a decorrer, o governo do Haiti ainda não garantiu uma única dose da vacina contra o coronavírus. O país mais pobre …

Afinal, Leonardo da Vinci não esculpiu o busto de Flora

Está terminada a controvérsia que durou mais de cem anos após a aquisição do Busto de Flora em 1909, por Wilhelm von Bode. A datação por radiocarbono revelou, recentemente, que a obra não foi …

Crise climática "implacável" intensificou-se em 2020, diz relatório da ONU

Houve uma intensificação "implacável" da crise climática em 2020, com a queda temporária nas emissões de carbono devido ao confinamento a ter um impacto pouco significativo nas concentrações de gases de efeito de estufa, revelou …

Já se sabe o que causou a misteriosa "tempestade de asma", que vitimou dez pessoas em 2016

Em 2016, na cidade de Melbourne, aconteceu o evento de "tempestade de asma" mais grave do mundo. Os cientistas descobriram agora o culpado. No dia 21 de novembro de 2016, as urgências de um hospital em …

Carlos César reivindica papel do PS na construção da democracia e no combate à corrupção

O presidente do PS defendeu, esta segunda-feira, que se deveu ao seu partido o aprofundamento da democracia e os avanços no combate à corrupção, embora admitindo desvios", "erros" e "omissões num ou outro momento da …