Chuvas torrenciais no Japão fazem mais de 100 mortos

Jiji Press / EPA

Mais de 100 pessoas morreram na sequência das chuvas torrenciais, inundações e aluimentos de terra que atingiram o oeste do Japão, uma situação que levou o primeiro-ministro nipónico a cancelar uma viagem à Europa e Médio Oriente.

O porta-voz do Governo japonês, Yoshihide Suga, disse em conferência de imprensa que há pelo menos 103 mortos e 80 pessoas continuam desaparecidas. “O número de desaparecidos continua a subir, sobretudo em Hiroshima, uma das zonas mais atingidas”.

Suga adiantou ainda que o primeiro-ministro, Shinzo Abe, cancelou a viagem prevista para os dias entre 11 e 18 de julho à Europa e Oriente Médio por causa da situação de emergência que se vive no país.

A contagem das vítimas tem sido dificultada pelas vastas áreas afetadas por chuvas, inundações e aluimentos de terras.

Mais de quatro milhões de habitantes receberam ordens para abandonarem as suas casas, instruções nem sempre respeitadas por, às vezes, ser já impossível ou demasiado perigoso seguir estas ordens.

As autoridades alertaram para a ocorrência de aluimentos de terras mesmo depois da diminuição da chuva. O Governo japonês criou um gabinete de emergência, tal como acontece após grandes sismos.

As zonas mais atingidas são as prefeituras de Okayama, Hiroshima e Ehime, onde várias pessoas foram encontradas mortas, na sequência de aluimentos de terras e inundações, noticiou a agência japonesa Kyodo.

Embora o Japão seja um dos países mais desenvolvidos da Ásia, as zonas rurais são fortemente atingidas durante a estação das chuvas, registando diversas vítimas e elevados danos materiais.

O Japão não vivia um desastre assim desde agosto de 2014, quando 77 pessoas morreram em Hiroshima devido às chuvas torrenciais.

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, enviou uma mensagem de condolências ao Imperador do Japão, em seu nome e no do Povo português, expressando solidariedade para com o povo japonês na sequência das chuvas torrenciais e deslizamentos no oeste do Japão, que já provocaram um número elevado de mortos e muitos desaparecidos, lê-se numa nota publicada no site da Presidência.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

PSP investiga alegada agressão de um agente a uma mulher na Amadora

A Polícia de Segurança Pública (PSP) abriu um processo de averiguações sobre a atuação policial contra uma mulher que foi detida, no domingo, na Amadora, ocorrência que envolveu "agressões" e que resultou numa denúncia contra …

Ex-presidente da Interpol condenado a 13 anos e meio de prisão por suborno

O ex-presidente da Interpol Meng Hongwei foi condenado a 13 anos e meio de prisão por suborno, segundo uma declaração de um tribunal chinês divulgada esta terça-feira. Além da pena de prisão, foi multado em …

Condutor que atropelou mortalmente irmã de Djaló condenado a 16 anos de prisão

O Tribunal de Almada condenou, esta terça-feira, a 16 anos de prisão o condutor acusado do atropelamento mortal de uma jovem de 17 anos nas Festas da Moita, no distrito de Setúbal, em setembro de …

Tribunal Arbitral do Desporto mantém jogo à porta fechada na Luz

O Tribunal Arbitral do Desporto (TAD) considerou improcedente o recurso do Benfica ao castigo de disputar um jogo à porta fechada, uma decisão que vai ser alvo de recurso do clube. Fonte oficial do Benfica confirmou, …

Portugal tem taxas de mortalidade por AVC superiores a todos os países da Europa ocidental

Segundo um estudo recente da Sociedade Portuguesa de Cardiologia, “Portugal ocupa apenas a 25.ª posição (em 51 países) entre as mulheres e a 28.ª posição entre os homens, com mortalidades superiores às de todos os …

Salvini renuncia à imunidade parlamentar e quer ser levado à Justiça

Matteo Salvini, investigado por ter impedido o desembarque de migrantes, quer renunciar à imunidade parlamentar e ser julgado. A poucos dias das eleições regionais, esta é uma oportunidade do ex-ministro do Interior voltar a conquistar …

Afinal, cancro e doenças cardíacas podem ser contagiosos

Na escola, aprendemos que só podemos apanhar certas doenças, como a gripe, através de outras pessoas. Porém, um novo estudo defende que muitas "doenças não transmissíveis", como a maioria dos cancros e doenças cardíacas, às …

Davos comemora 50 anos entre o apocalipse climático e um fraco crescimento económico

O Fórum Económico Mundial comemora este ano o seu 50º aniversário. O evento decorre sob o signo das alterações climáticas e da necessidade de transformar a economia. Davos, na Suíça, recebe esta semana mais um Fórum …

Precários da RTP entregam suplemento para a memória à ministra do Trabalho

Os trabalhadores precários da RTP entregaram esta segunda-feira uma carta e uma caixa de "Cerebrum Forte", um suplemento para a memória, à ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social. De acordo com o Expresso, que avança …

Governo está a "tomar medidas" para responder ao novo vírus mortal que vem da China

Portugal está a acompanhar "com grande atenção" o fenómeno de propagação do novo vírus mortal que surgiu na China. A garantia é dada pela ministra da Saúde, Marta Temido, que assegura que estão já a …