Chineses estão a comprar ar puro enlatado

sarihuella / Flickr

-

Os chineses veem nestas latas de ar puro uma solução para combater os altos níveis de poluição que nesta altura se abatem sobre o país.

Depois dos altos níveis de poluição que puseram Pequim, pela primeira vez, em alerta vermelho, o Governo chinês continua à procura de uma solução eficiente para resolver este problema.

Enquanto isso não acontece, os chineses já começaram a pôr em prática as suas próprias soluções e estão, por exemplo, a comprar a mais recente novidade do mercado: ar puro enlatado.

A ideia parece inspirada no Air de Montcuq, a lata de ar fresco da aldeia que custava 5 euros, mas os chineses levaram-na a sério.

Fabricado pela empresa canadiana Vitality Air, o produto oferece ar puro capturado nas Rocky Mountains, uma cordilheira localizada na América do Norte ocidental, que depois é comprimido em garrafas.

“O nosso primeiro stock de 500 garrafas de ar fresco foi vendido em apenas quatro dias”, conta o co-fundador da empresa, Moses Lam, ao Telegraph.

Graças ao rápido sucesso do produto, já está a caminho da China um novo carregamento de quatro mil garrafas.

A empresa espera continuar a corresponder à procura, uma vez que cada garrafa é enchida de forma manual, algo que acaba por se tornar um processo demorado.

Com um aspeto que se assemelha aos desodorizantes que encontramos nos super-mercados, estas latas têm um custo que varia entre os 10 e os 50 euros.

Uma lata de quase 8 litros custa 100 yuan, cerca de 15 euros, um valor 50 vezes superior ao de uma garrafa de água na China.

ZAP

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Um país rico como a China, polui tanto o ambiente com a sua industria que chegamos a esta situação ridícula. Infelizmente serão os seus habitantes a pagar o preço dos poucos escrúpulos ambientais dos Governantes. Resumindo eles vendem-nos ( ao ocidente) bugigangas a 1 euro ou 1 dólar e o ocidente está a vender-lhes ar ( ou seja nada ) a 15 euros . Um bom negócio para Portugal .. aproveitem .

  2. A China é o exemplo do que um país não deve ser e não deve fazer. Sair do subdesenvolvimento à custa de indústrias poluentes que os países ricos do Ocidente não querem e à custa da qualidade de vida da sua população. São verdadeiros atentados ambientais para produzir bugigangas baratas e sem qualquer qualidade para o comprador jogar fora no dia seguinte e continuar a poluir por sua vez o ambiente. Chegará o tempo em que para poder respirar, cada chinês vai ter que comprar garrafinhas de ar comprimido. O pior será quando o mundo inteiro deixar de comprar as bugigangas chinesas que não servem para nada a não ser para gastar o dinheiro inutilmente.

RESPONDER

Veneno de caracol marinho usado para criar insulina híbrida promissora no tratamento da diabetes

Cientistas criaram uma versão minimalista e híbrida de insulina, a partir da hormona humana e de um caracol marinho, que pode vir a melhorar o tratamento da diabetes, divulgou a universidade norte-americana de Ciências da …

Sequelas da covid-19 em doentes mais graves ainda estão por compreender

O acompanhamento depois da alta para doentes que estiveram internados com covid-19 é um dos grandes desafios do sistema de saúde para compreender que sequelas, por enquanto desconhecidas, a doença poderá deixar. “Só daqui a seis …

Criança nasce com duas bocas nos EUA. É o 35.º caso registado desde 1900

A menina, nascida nos Estados Unidos, foi operada ao seis meses para remover a cavidade oral secundária, que incluía dentes, língua e um lábio. Uma bebé nasceu nos Estados Unidos com duas bocas, devido a uma …

Funcionários do Facebook em "greve virtual" face à recusa de Zuckerberg em agir contra Trump

Os funcionários do Facebook estão insatisfeitos com a decisão do fundador da rede social de manter uma postura neutra perante as recentes publicações do Presidente dos Estados Unidos. De acordo com o jornal The Guardian, os …

Inteligência Artificial recria "verdadeiro" rosto de Napoleão Bonaparte

Recorrendo a uma técnica de Inteligência Artificial, um artista holandês criou um retrato em alta definição do imperador francês Napoleão Bonaparte. O fotógrafo freelancer holandês Bas Uterwijk, cujo pseudónimo é Gandbrood, recorreu a uma rede neuronal …

"Apito" da covid-19. Novo teste deteta novo coronavírus em apenas um minuto

Uma equipa de cientistas da Universidade Ben-Gurion, em Israel, desenvolveu um novo dispositivo que é capaz de detetar a presença do novo coronavírus no organismo humano em apenas um minuto. O novo teste, desenvolvido pelos investigadores …

"We Call it Alentejo". Novo filme promocional destaca as maravilhas alentejanas

A gastronomia e vinhos, as pequenas aldeias, a sustentabilidade e a natureza são atributos do Alentejo evidenciados no mais recente filme promocional do território, lançado pela agência regional de promoção turística para chamar visitantes estrangeiros. Com …

Curandeiro convocou cerca de 100 pessoas para se abraçarem contra a "farsa" da pandemia

Josep Pàmies, um agricultor espanhol defensor das terapias alternativas, convocou cerca de 100 pessoas a abraçarem-se a beijarem-se contra a "farsa" da pandemia. No sábado, cerca de uma centena de pessoas juntaram-se em Balanguer, na província …

Rússia anuncia início de ensaios clínicos de uma vacina contra a covid-19

A Rússia vai começar os ensaios clínicos de uma vacina contra a covid-19 em 50 soldados que se ofereceram para participar nos testes, anunciou esta terça-feira o Ministério da Defesa. "Para verificar a segurança e eficácia …

Montenegro tem uma carta na manga para promover o turismo

Para incentivar o turismo, Montenegro tem a intenção de usar a carta da segurança sanitária para convencer os turistas estrangeiros a visitar o país. No dia 25 de maio, Montenegro declarou-se um "país livre de coronavírus" …