China vai levar insetos e plantas à superfície da Lua este ano

NASA

A face oculta da Lua: foto obtida em 1968 pela missão Apollo 8

Não seria considerado um exagero, a esta altura, dizer que vivemos numa era de exploração espacial renovada.

A Lua, em particular, tornou-se o foco de atenção nos mais recentes anos. Além da recente ordem de Trump para a NASA voltar a focar-se na Lua, muitas outras agências espaciais e companhias privadas aeroespaciais estão a planear as suas próprias missões à superfície lunar.

Um bom exemplo disso é o Programa de Exploração Lunar Chinês (CLEP), também conhecido como Chang’e Program.

Nomeado em homenagem à antiga deusa lunar da China, este programa já enviou duas naves orbitais e um módulo de aterragem. E mas tarde, ainda este ano, a missão Chang’e 4 começará a partir para o outro lado da Lua, onde vai estudar a geologia local e testar os efeitos da gravidade lunar em insetos e plantas.

A missão vai consistir no lançamento de uma nave orbital de retransmissão a bordo de um foguete Long March 5 em junho de 2018. A retransmissão assume uma órbita à volta do ponto Lagrange L2 Terra-Lua, seguido do laçamento do módulo de aterragem cerca de seis meses depois.

Além de um conjunto avançado de instrumentos para estudar a superfície lunar, o módulo de aterragem também vai carregar um recipiente de alumínio cheio de sementes e insetos.

O designer do recipiente, Zhang Yuanxun, explicou ao China Daily que a “embalagem vai enviar batatas, sementes de arabdopsis – uma flor da Ásia e da Europa – e ovos de bicho-da-seda para a superfície lunar. Os ovos também vão chocar bichos-da-seda capazes de produzir dióxido de carbono, enquanto que as batatas e sementes emitem oxigénio através da fotossíntese. Juntos, conseguem formar um ecossistema simples na Lua”.

Esta também será a primeira vez que uma missão é enviada para uma região inexplorada no lado oculto da Lua.

Esta região não é outra senão a Bacia do Pólo Sul-Aitken, uma vasta região de impacto no hemisfério sul. Com aproximadamente 2500 quilómetros de diâmetro e 13 km de profundidade, é a maior bacia de impacto da Lua e uma das maiores do Sistema Solar.

Esta bacia é também uma fonte de grande interesse para os cientistas, e não é apenas por causa do seu tamanho.

Em anos recentes, foi descoberto que a região contém água gelada. Os cientistas acreditam que se trata do resultado do impacto de meteoros e asteróides que deixaram água gelada que sobreviveu graças ao facto da região estar permanentemente debaixo de sombra.

Sem luz solar direta, a água gelada naquelas crateras não foi sujeita a sublimação e dissociação química.

Graças à descoberta de água no estado líquido a comunidade de exploração espacial definiu que aquele será o melhor local para estabelecer uma base lunar. A este respeito, a missão Chang’E 4 está a investigar a possibilidade de os humanos viverem e trabalharem na Lua.

Além de nos dizer mais sobre o terreno local, também responderia à questão se organismos extraterrestres conseguiriam crescer e prosperar na gravidade lunar – que é cerca de 16% da da Terra.

Os futuros resultados da missão Chang’E 4 podem abrir a porta a que outras agências espaciais (como a NASA, ou a ESA – que já falaram nessa possibilidade) enviem para lá robôs e até materiais de construção ainda este ano.

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. A notícia dá a entender que a Bacia do Pólo Sul-Aitken tem 13 mil quilómetros de profundidade quando na realidade são 13 quilómetros.

RESPONDER

FC Porto 2-0 Sporting CP | "Dragão" conquista 29.º título de campeão

O FC Porto é o novo campeão nacional de futebol, época 2019/20. Os “dragões” conquistaram o seu 29º título num jogo em que precisavam apenas do empate, mas fizeram mais do que isso e venceram …

Personalidades brasileiras, como o músico Chico Buarque, pedem destituição de Bolsonaro

Um grupo de artistas e intelectuais brasileiros pediu na terça-feira a destituição do Presidente, Jair Bolsonaro, num documento que vai ser entregue à Câmara dos Deputados do país por parlamentares da oposição. Entre as personalidades que …

Prestigiada universidade britânica envolvida em escândalo sexual

Uma das universidades mais antigas do mundo está envolvida num escândalo sexual, com dezenas de pessoas a alegarem ter sido abusadas no seu campus por membros de uma fraternidade. De acordo com a CNN, as denúncias …

Há uma forma barata e eficiente de encontrar coalas. Envolve tecnologia e a Austrália é pioneira

A Austrália lidera o uso inovador de tecnologias emergentes, como drones, para ajudar a encontrar coalas e outros animais selvagens de difícil deteção. Na Austrália, os incêndios florestais catastróficos do verão passado queimaram cerca de um …

O mais longo cabo de eletricidade do mundo vai "nascer" entre o Reino Unido e a Dinamarca

Já arrancaram as obras para a construção do maior cabo de eletricidade conector do mundo, que permitirá que energia limpa seja transportada entre o Reino Unido e a Dinamarca, avança o jornal britânico The Independent, …

Descobertas ruínas de antigo palácio asteca e de casa do conquistador espanhol Cortés

Foram descobertas ruínas de um antigo palácio asteca e da primeira casa do conquistador espanhol Hernan Cortés debaixo de um emblemático edifício da Cidade do México. Uma equipa de arqueólogos descobriu vestígios de um antigo palácio …

De Bolsonaro a Ventura, Parler é a rede social que está a atrair a direita

Apesar de não ser nova, esta rede social começou a ganhar popularidade nos últimos tempos, nomeadamente entre vários políticos de direita, por apostar na "liberdade de expressão". Chama-se Parler, foi criada em agosto de 2018, mas …

Pandemia leva famílias sírias a casar filhas menores de idade a troco de dinheiro

Face às dificuldades geradas pela pandemia do novo coronavírus, várias famílias sírias estão a casar as suas filhas menores de idade com homens turcos. A denúncia foi feita por ativistas da ECPAT, uma rede de organizações …

Politécnico de Bragança ameaça retirar apoios a estudantes que desrespeitem regras sanitárias

Esta terça-feira, o presidente do Instituto Politécnico de Bragança avisou os estudantes que está a pensar cortar apoios sociais àqueles que desrespeitarem as regras sanitárias. O presidente do Instituto Politécnico de Bragança (IPB), Orlando Rodrigues, avisou …

Banksy faz rara aparição pública no metro de Londres (e alerta para o uso de máscara)

O artista britânico Banksy fez vários desenhos numa carruagem do metro de Londres para cosnciencializar para o uso de máscara, que é obrigatório nos transportes públicos da capital do Reino Unido devido à pandemia de …