China e Rússia suspeitas de fazer ciberespionagem a Portugal. PJ investiga ataques

O Relatório Anual de Segurança Interna 2020, apresentado na semana passada, reconhecia aumento da ciberespionagem “de origem estatal”, mas não especificava os países que estariam por trás dela.

O documento fala no aumento de “ameaças persistentes, tecnologicamente avançadas, de origem estatal”, mas não indica os países que serão os autores dos ataques informáticos, agora o Público esclarece que tanto a China como a Rússia são dois dos países envolvidos nos ataques.

Segundo o mesmo jornal, alguns destes ataques estão a ser investigados pela Polícia Judiciária.

O Público confrontou o gabinete de António Costa e o Centro Nacional de Cibersegurança com os novos dados, e nem um nem outro negaram as informações, mas recusaram comentá-las.

Já o Centro Nacional de Cibersegurança (CNCS) afirmou que “não tem nada a acrescentar ao que se encontra expresso no Relatório Anual de Segurança Interna”.

As embaixadas da China e da Rússia não negam de forma expressa ter estado por trás de ataques de ciberespionagem contra instituições portuguesas.

A primeira apenas sublinha que o Governo chinês se opõe e combate “sempre conforme as leis os ataques e espionagens cibernéticos”.

Já a federação presidida por Vladimir Putin diz que, “se houvesse lugar a quaisquer acusações concretas contra a Rússia, seria razoável mostrar pelo menos algumas provas”.

A embaixada chinesa refere ainda que “a China é um defensor firme da cibersegurança, e também uma das maiores vítimas de ataque hacker”. compartilhado.”

Por sua vez, a Rússia, acrescenta que possui um Centro Nacional de Coordenação para os Incidentes nos Computadores “que está sempre disposto para a resolução de quaisquer casos com os países estrangeiros”, sugerindo que Portugal nunca o fez.

De acordo com o Público, a China tem estado associada a ciberataques contra instituições de saúde, enquanto a Rússia tem privilegiado entidades ligadas ao Estado.

No próprio RASI 2020 fala-se de “operações de ciberespionagem contra entidades de investigação científica, particularmente envolvidas na pesquisa de terapêuticas e de vacinas [contra a covid-19]”, sem identificar os alegados autores.

Fontes contactadas pelo Público explicam que é possível determinar a autoria destes ataques essencialmente pelo tipo de tecnologia utilizada e pelo modus operandi dos atacantes. Contudo, em algumas situações é difícil fazer uma identificação exata.

Com o país confinado devido à pandemia, muita da criminalidade transferiu-se para o mundo virtual.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

O "fantasma" de Sócrates pairou no aniversário do PS, mas ninguém o mencionou

O secretário-geral do PS, António Costa, homenageou esta segunda-feira, dia do 48.º aniversário do partido, os primeiros 115 autarcas socialistas eleitos em 1976 e afirmou que os militantes do partido são mais importantes do que …

"Sem paralelo em qualquer outra experiência externa". Marcelo elogia reuniões no Infarmed

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, considera que as reuniões do Infarmed, que juntam especialistas, líderes políticos e parceiros sociais, são realizadas “num quadro político e institucional sem paralelo em qualquer outra experiência …

Fotografia da NASA demonstra Teoria da Relatividade Geral de Einstein

O aglomerado Abell 2813 tem tanta massa que atua como uma lente gravitacional, fazendo com que a luz de galáxias distantes se curve à sua volta. A lente gravitacional acontece quando a massa de um objeto …

Astrónomos descobrem uma super-Terra perto de uma estrela gelada

Uma equipa de investigadores descobriu uma super-Terra a orbitar GJ 740, uma estrela anã fria localizada a cerca de 36 anos-luz do nosso planeta. Nos últimos anos, os cientistas têm levado a cabo uma busca exaustiva …

Já pode "adotar" um pedaço de Notre-Dame para ajudar na sua reconstrução

Uma organização está a dar a oportunidade de o público ajudar na reconstrução de artefactos específicos da catedral de Notre-Dame, em França, que foi parcialmente destruída por um incêndio em 2019. De acordo com a cadeia …

Proporção divina identificada na gerbera

Descobrir como se formam os padrões distintos e omnipresentes das cabeças das flores tem intrigado os cientistas há séculos. Quando se pede a alguém que desenhe um girassol, quase todas as pessoas desenham um grande círculo …

Audi apresenta o novo Q4 e-tron que traz uma autonomia até 520 km

Ainda antes do verão, a Audi vai colocar no mercado o seu primeiro SUV elétrico concebido de raiz e não adaptado a partir de uma plataforma concebida para motores a combustão. O Q4 e-tron destaca-se pela …

Vanuatu em alerta depois de um corpo com covid-19 ter dado à costa

Vanuatu proibiu viagens de e para a sua principal ilha três dias depois de ter dado à costa um corpo de um pescador filipino, que testou positivo à covid-19. De acordo com a Radio New Zealand, …

Cientistas russos querem criar a primeira vacina comestível contra a covid-19

O Instituto de Medicina Experimental de São Petersburgo, na Rússia, anunciou o seu plano de concluir dentro de um ano os testes pré-clínicos da primeira vacina comestível do mundo contra o novo coronavírus. Em entrevista à …

Em plena crise política, o país mais pobre das Américas ainda não recebeu nenhuma vacina

Numa altura em que a maior parte dos países já têm o processo de vacinação a decorrer, o governo do Haiti ainda não garantiu uma única dose da vacina contra o coronavírus. O país mais pobre …