China está a vender drones assassinos ao Médio Oriente

(dr) Ziyan

A China está a vender drones capazes de matar automaticamente, sem necessidade de controlo humano. Os seus principais clientes serão a Arábia Saudita e o Paquistão.

Segundo o site Defense One, uma empresa chamada Ziyan está a comercializar um modelo de drone, do género de um helicóptero, chamado Blowfish A3, armado com uma metralhadora, para compradores internacionais, além de estar a negociar a venda do seu modelo Blowfish A2 para os governos da Arábia Saudita e do Paquistão.

O Secretário de Defesa dos Estados Unidos, Mark Esper, falou sobre o assunto numa Conferência da Comissão de Segurança Nacional sobre Inteligência Artificial no último dia 4 de novembro.

“Enquanto conversamos aqui, o governo chinês já está a exportar alguns dos seus drones aéreos militares mais avançados para o Médio Oriente, enquanto se prepara para exportar VANTs (veículos aéreos não tripulados) furtivos de próxima geração quando eles ficarem online. Além disso, os fabricantes chineses de armas estão a vender drones anunciados como capazes de total autonomia, incluindo a capacidade de realizar ataques letais direcionados”, disse.

Recentemente, o Defense Innovation Board, uma organização cujo objetivo é trazer a inovação tecnológica e as melhores práticas do Silicon Valley para as Forças Armadas dos EUA, apresentou uma lista de princípios de Inteligência Artificial que as forças americanas deveriam seguir. Nesta lista, ainda de acordo com o Defense One, o controlo humano era crucial.

Esper, que apoiou o documento, disse ainda que era “preocupante” que empresas e corporações multinacionais fornecessem “inadvertidamente ou tacitamente” tecnologia ou investigação por trás do “uso antiético de Inteligência Artificial da China”.

PARTILHAR

10 COMENTÁRIOS

  1. Não é nada novo o assunto, em 2018 foi despedida do Google uma directora de programação que é uma das maiores autoridades em AI nos EUA por divergencias quanto ao uso militar que o pentagono quer dar. Investiguem isso.

  2. O investimento em armamento é colossal mas no ser humano e na preservação da natureza, para aí não estão virados, no que toca a armamento quando o feitiço se vira contra o feiticeiro é que a coisa é mais complicada e por vezes acontece.

  3. Os ianques por pouco investiam mais em armamento do que o resto do planeta. Drones desses os alemães e os ianques já usam há anos.

  4. A I.A. será no futuro como Elon Musk teme uma ameaça ao ser humano.
    Da ficção onde os temas são cientistas loucos que pretendem dizimar 2/3 da civilização humana com vírus para evitar a extinção e salvaguardar o planeta, até a ficção do 1º terminator, dos drones completamente autônomos até unidades militares sem intervenção humana será um passo, e uma “Skynet” onde a I.A. tudo controla.
    Da “Sofia” Robot cuja I.A. avançada lhe deu direito à cidadania.
    Passando pelas sex doll completamente autónomas já no mercado internacional, ao mercado nacional onde a Beltrão Coelho já introduziu 2 robot com I.A. avançada capazes de interagir com o ser humano dispensado recursos humanos qualificados para certas funções.
    Os drones autônomos já se esperavam e no campo militar é a galinha dos ovos de ouro para a indústria e dará certamente milhares de milhões nao só a China como a outros que os desenvolvam.
    Os civis no futuro estarão livres das listas de alvos? Serão os programodares de I. A. militar extremistas?
    Resta-me após esta notícia e esta reflexão escrita, um respirar fundo e bem profundo em que não temo no futuro por mim mas por quem fiz vir ao mundo…

  5. bem, os americanos fazem isso a muito tempo, não só vendem armas, como treinam terroristas nos países do oriente médio, os chineses só estão entrando no mercado disputando espaço com os americanos, afinal o sol nasceu para todos, ou não?

  6. Toda a gente gente anda com um supositório AI desde os anos noventa enfiado no cu e ainda não deram por nada. Os anos 20 deste século vão ser o fim de muitos conceitos políticos, sociais e económicos. É só olhar a volta. Vão sair algumas obras literárias onde vai ser focado o flop de crescimento da USA, onde vai ser apresentado o valor do dólar atual, cerca de 0,16€. Os eleitos, mesmo democráticos, estão postos em causa por políticas de encobrimento, para manter o povo domesticado. As ditaduras “islâmicas” como o Irão, não podem tapar os olhos a população. A Arábia Saudita vai sofrer uma revolução interna, que vai por em causa a religião versus sociedade. O querer fazer da população da América Latina, “ovelhas” é um erro crasso. Desde a guerra dos 6 dias, que a USA e os Sionistas americanos queriam destruir a Síria. Quase que conseguiram. Deixaram uma sociedade florescente, com praticamente tudo pago na miséria. Deve ter sido um dos últimos grandes países em que isto acontece. A Europa não vai estar sempre presente e tolerante com certas tendências obscuras.

RESPONDER

Nicolas Bourbaki foi o maior matemático de sempre (mas nunca existiu)

Considerado como um dos maiores matemáticos de sempre, Nicolas Bourbaki não passava de um pseudónimo adotado por um grupo de grandes matemáticos, que revolucionou a matemática como a conhecemos. Nicolas Bourbaki está entre os maiores matemáticos …

No aquário do Tennessee, é uma enguia que acende as luzes da árvore de Natal

A enguia Miguel Wattson é a responsável pelo espírito natalício que se vive no Aquário do Tennessee, nos Estados Unidos. O Aquário do Tennessee, nos Estados Unidos, encontrou uma forma inusitada de celebrar esta época festiva: …

Há 34 anos, Diana dançou com Travolta. Agora, o seu vestido foi vendido por 261 mil euros

O vestido que a Princesa Diana usou para jantar na Casa Branca, em 1985, foi vendido por mais de 261 mil euros. O vestido azul que a Princesa Diana usou num jantar na Casa Branca, em …

Doentes crónicos com baixo nível de literacia em saúde recorrem mais às urgências

Os doentes crónicos e com um nível de literacia em saúde mais baixo utilizam mais vezes os serviços de urgência hospitalares e dos centros de saúde, bem como as consultas de medicina geral e familiar, …

Ártico viveu em 2019 o segundo ano mais quente em 119 anos

O Ártico viveu em 2019 o seu segundo ano mais quente desde 1900, de acordo com um relatório publicado na terça-feira, aumentando receios de degelo e aumento do nível da água. O Polo Norte está a …

Jardineiro encontra por acaso a obra mais procurada de Gustav Klimt. Estava no galeria onde foi roubada

Um funcionário da galeria de arte Ricci Oddi, na cidade italiana de Piacenza, encontrou por acaso a obra mais procurado do pintor austríaco Gustav Klimt. Estava na própria galeria, onde a obra terá sido roubada …

YouTube reforça políticas contra assédio online

O YouTube anunciou, esta quarta-feira, um conjunto de alterações às políticas que visam combater o assédio que existe na plataforma. O YouTube anunciou esta quarta-feira o reforço das suas políticas contra o assédio online, que preveem …

Deus bebé indiano vence caso em tribunal e reinvindica território sagrado

O Supremo Tribunal Indiano declarou Ram Lalla Virajman, um deus bebé, como o legítimo proprietário de Ayodhya, uma terra no norte da Índia considerada sagrada por muçulmanos e hindus. O tribunal decidiu que o Governo …

China usa comités partidários para manipular empresas estrangeiras

Em outubro, quando a Liga Norte-Americana de Basquetebol (NBA) tentou voltar atrás no apoio aos protestos em Hong Kong, foi criticada por se submeter ao regime autoritário da China. Mas são cada vez mais as …

Ângelo Rodrigues, Flamengo e Tinder. Os temas mais procurados pelos portugueses no Google

Ângelo Rodrigues, Flamengo, como saber onde votar, como funciona o Tinder e "Game of Thrones" estão entre os tópicos que os utilizadores portugueses do Google mais pesquisaram ao longo de 2019. Os dados são divulgados …