Os chimpanzés tendem a ser amigos do pai (mesmo não sabendo se o é)

Uma nova investigação aborda as relações emocionais dos chimpanzés, nomeadamente o reconhecimento dos pais biológicos e a correlação genética desses vínculos emocionais.

Os chimpanzés são animais extremamente sociais que, quando atingem a idade adulta, formam fortes laços entre eles. Estes laços proporcionam-lhes vários benefícios, como proteção mútua e partilha de alimentos.

Recentemente, uma equipa de investigadores da Universidade de Michigan e da Universidade Estadual do Arizona, nos Estados Unidos, publicou um artigo científico no American Journal of Primatology que contém as conclusões dos cientistas após várias observações de laços que se formam entre estes animais.

Depois de observarem as relações sociais de 19 chimpanzés adolescentes do sexo masculino, com idades entre os 12 e os 21 anos, a equipa concluiu que, normalmente, os chimpanzés tendem a criar laços de amizade com os irmãos maternos ou com machos mais velhos – entre eles os próprios pais biológicos.

De acordo com o IFL Science, aos 12 anos, quando os chimpanzés rompem a ligação de dependência que até esta idade mantêm com a mãe, estes animais começam a fazer fortes amizades com machos. Estes laços variam em proximidade – ou seja, os chimpanzés do mesmo subgrupo alimentaram-se juntos, usaram os dedos do amigo para pentear os seus pêlos e não se afastaram mais do que 4,5 metros um do outro.

Aaron Sandel, professor de Antropologia na Universidade do Texas, defende que este tipo de interação é equivalente a uma reunião de humanos num café, por exemplo.

Os cientistas observaram ainda que os chimpanzés mais novos passavam mais tempo perto dos seus irmãos maternos. Ainda assim, muitos dos relacionamentos mais próximos foram estabelecidos entre machos idosos e “aposentados”, e envolviam até os pais biológicos.

Esta preferência de relacionamento foi atribuída a machos mais velhos que mantêm um bom relacionamento com a comunidade, mas que não competem por uma posição na hierarquia.

É como se os chimpanzés tivessem figuras paternas e alguns deles fossem o próprio pai”, explicou Sandel, sublinhando a diferença entre as fêmeas, que acasalam com machos diferentes durante a ovulação, por exemplo.

“Isto foi realmente surpreendente, porque as fêmeas do chimpanzé acasalam com vários machos enquanto ovulam, e não há cuidado por parte dos pais na criação de um chimpanzé. Por isso, não há razão para pensar que ela ou os próprios machos saibam quem é o pai dos seus filhos e vice-versa.”

Esta descoberta é peculiar, principalmente se levarmos em conta que as relações entre pai e filho nos chimpanzés surgem mesmo que os primeiros não se envolvam na criação do segundo, um ponto vital para o estabelecimento de relações entre pais e filhos em humanos.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

O novo recurso da Google encontra qualquer música. Basta cantarolar, assobiar ou cantar

Na semana passada, a gigante tecnológica da Google lançou uma versão atualizada da aplicação que ajuda a encontrar qualquer música que esteja presa na sua cabeça - mas que não saiba o nome. Com a nova …

Pintura de Jacob Lawrence desaparecida há 60 anos foi encontrada em Nova Iorque

Uma visitante do Met, nos Estados Unidos, descobriu o paredeiro do quadro desaparecido de Jacob Lawrence. A mulher associou o quadro a um pendurado na sala de estar dos seus vizinhos, suspeitando que poderia fazer …

Fezes ancestrais ajudam a descobrir como o microbioma afeta a nossa saúde

Um novo estudo, realizado em Israel e na Letónia, analisou fezes ancestrais e comparou-as com o nosso microbioma para tentar descobrir pistas sobre as doenças modernas. A equipa de investigadores, que trabalhou enterrada até aos joelhos …

Santa Clara 1-2 Sporting | “Leão” mostra POTEncial nas ilhas

Ao final da tarde deste sábado, o Sporting venceu o Santa Clara por 2-1, num duelo a contar para a 5ª jornada da Liga NOS que decorreu no Estádio de São Miguel, em Ponta Delgada. …

Robô ultrarrealista pode vir a substituir os golfinhos em cativeiro em parques temáticos

A empresa de engenharia Edge Innovations, com sede em São Francisco, Estados Unidos, projetou e construiu um golfinho-robô que se parece e age quase exatamente como um. Nadando ao redor da piscina enquanto um grupo de …

PCP avisa: Abstenção é “apenas e só” para discutir o OE2021

O secretário-geral do PCP avisou este sábado que a abstenção anunciada pelo partido visa "apenas e só" fazer passar o Orçamento do Estado de 2021 a "outra fase de discussão" e recusou estar garantido um …

Convento medieval encontrado sob parque de estacionamento em Inglaterra

Uma equipa de arqueólogos britânicos encontrou um convento medieval, há muito perdido, debaixo de um parque de estacionamento em Inglaterra. Há muito que os arqueólogos britânicos especulavam sobre a potencial localização de um antigo convento medieval, …

Virgin Galactic leva cientista planetário ao Espaço pela primeira vez

O norte-americano Alan Stern será o primeiro a realizar experiências científicas financiadas pela NASA, a bordo de uma aeronave comercial da empresa espacial privada Virgin Galactic. A NASA revelou a semana passada que o cientista planetário …

Português responsável por limpeza de hospitais condecorado pela Rainha Isabel II

O português Maciel Vinagre pensou que era mentira ou engano ao ler a notificação de que tinha sido distinguido pela Rainha Isabel II pelo trabalho como responsável da limpeza de dois hospitais públicos britânicos durante …

Japonês inventa sacos de plástico "comestíveis" (para salvar o veado sagrado de Nara)

Um empresário local no destino turístico japonês de Nara desenvolveu uma alternativa aos sacos de plástico de compras para proteger o veado sagrado da cidade. Hidetoshi Matsukawa, que trabalha na Nara-ism, um agente de souvenirs, disse, …