“Cheiros fantasma” afetam mais narizes do que pensávamos

Cerca de 6% dos norte-americanos com mais de 40 anos já tiveram a sensação de estar a sentir um mau cheiro quando, na verdade, não tinham nada ao seu lado que o pudesse provocar.

Alguma vez pensou ter sentido um mau cheiro como, por exemplo, de borracha queimada ou leite estragado, para depois se aperceber que, na verdade, não havia nada ali? Se sim, o caro leitor e o seu nariz não estão sozinhos. Segundo o Live Science, cerca de 6% dos norte-americanos com mais de 40 anos já tiveram essa sensação.

Esta perceção de “cheiros fantasmas” já foi várias vezes observada em testes clínicos, mas nunca foi verdadeiramente claro o quão comum é isto acontecer. Por isso, um novo estudo, liderado pela investigadora Kathleen Bainbridge, epidemiologista do National Institute on Deafness and Other Communication Disorders (NIDCD), que faz parte do National Institutes of Health (NIH), tentou determinar isso mesmo.

Para isso, a equipa de investigadores analisou o National Health and Nutrition Examination Survey (NHANES), um relatório nacional sobre a saúde dos americanos. A pesquisa, conduzida entre 2011 e 2014, continha uma única pergunta sobre perceção de odores: “Sente, por vezes, cheiros desconfortáveis quando não tem nada ao seu lado?”.

Os resultados do questionário, que contou com a participação de 7.300 participantes com idade igual ou superior a 40 anos, permitiram aos investigadores estimar que 6,5% dos norte-americanos nesta faixa etária já tinham sentido os chamados “cheiros fantasmas”.

Cerca de dois terços destas pessoas eram mulheres e este traço foi mais comum entre participantes que descreveram a sua saúde como sendo de suficiente a fraca, comparando com aqueles que disseram que eram saudáveis.

Outros fatores, de acordo com os cientistas, que estavam associados a esta perceção foram a sensação de boca seca persistente e historial de graves traumatismos cranianos.

Em declarações ao site, Bainbridge explicou que aquilo que mais surpreendeu a equipa foi que as taxas diminuíram entre os participantes com mais de 60 anos, de 6,5% nos participantes mais jovens para 5,4% nos participantes mais velhos.

Os investigadores compararam estes resultados com os de um outro estudo semelhante, feito entre suecos com idades entre os 60 e os 90 anos, publicado no ano passado na revista científica Chemical Senses, que também descobriu que 4,9% dos participantes também já teve esta sensação. Tal como no NHANES, esta pesquisa também percebeu que era um traço mais comum em mulheres.

Os cientistas ainda não conseguem perceber qual é a raíz deste problema. “Pode ser uma condição de saúde relacionada com células superativas que detectam odores na cavidade nasal ou talvez com um defeito na parte do cérebro que entende sinais de odor”, afirma Bainbridge num comunicado.

Apenas 11% das pessoas que já experienciaram esta sensação afirmam ter abordado este assunto com um médico – sinal de que o olfato é frequentemente negligenciado, apesar da sua importância.

Os cheiros “podem ter um grande impacto no apetite, nas preferências alimentares e na capacidade de detetar sinais de perigo, como incêndios, fugas de gás e comida estragada”, explica Judith Cooper, diretora interina do NIDCD num comunicado.

Os cientistas ainda não foram capazes de avaliar como as condições de saúde, como convulsões, enxaquecas ou doenças mentais podem afetar a capacidade das pessoas de perceber odores com precisão, mas esperam fazê-lo em estudos futuros.

Os resultados desta pesquisa foram publicados, no passado dia 16 de agosto, na revista científica JAMA Otolaryngology-Head & Neck Surgery.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Jesus orientou primeiro treino no Flamengo, pediu compromisso e deu lição

O treinador português Jorge Jesus iniciou hoje a ‘aventura’ na equipa de futebol do Flamengo, pedindo aos jogadores “compromisso” em prol do conjunto do Rio de Janeiro, antes de orientar o primeiro treino dos ‘rubro-negros’. “O …

Maher e Safa deixaram sonhos para trás. Mas reencontraram a paz em Portugal

Os sonhos de Maher e de Safa ficaram adiados com a guerra na Síria, mas reencontraram a paz em Portugal, onde residem há dois anos ao abrigo de um programa de acolhimento de refugiados. É no …

São Francisco poderá ser a primeira cidade a proibir venda de cigarros eletrónicos

Se esta decisão for aprovada pela FDA, São Francisco vai tornar-se a primeira cidade a banir a venda de cigarros eletrónicos. De acordo com o Observador, a Câmara de Supervisores de São Francisco, nos EUA, aprovou uma …

Nunca houve tantos deslocados no mundo. São mais de 70 milhões

Um novo recorde foi quebrado no mundo em 2018, com 70,8 milhões de pessoas deslocadas das suas casas ou dos seus países, devido às guerras ou perseguições, anunciou esta quarta-feira as Nações Unidas. O relatório anual …

A monogamia foi inventada pelas mulheres (e o casamento, pelos homens)

A poligamia é natural no ser humano e a monogamia foi criada por imposição para a mulher, diz o investigador português Rui Diogo, que usa a ciência e a história para explicar a relação entre …

Morreu o DJ Zdar do duo electrónico Cassius. Caiu da janela de um prédio em Paris

O músico, produtor e DJ francês Philippe Cerboneschi, mais conhecido por Zdar, morreu aos 50 anos após ter caído da janela de um apartamento em Paris. O seu agente confirmou a "queda acidental" sem revelar …

PS quer o Estado a pagar licença sabática aos portugueses para voltarem a estudar

A criação de uma licença sabática para qualificar trabalhadores e um sistema de prémios e penalizações para combater a desigualdade salarial são medidas que o PS inclui no seu projecto de programa eleitoral. O director do …

Putin reconhece: as condições de vida dos russos pioraram nos últimos anos

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, admitiu esta quinta-feira que as condições de vida no país pioraram nos últimos anos, mas assegurou que as autoridades russas trabalham para reverter essa tendência, e enumerou os primeiros …

Marcelo, o "verdadeiro professor", é estrela em promo de La Casa de Papel

O novo vídeo promocional de La Casa de Papel tem um protagonista improvável. Marcelo Rebelo de Sousa, ou, na verdade, uma imitação do Presidente da República, faz uma chamada para a inspetora Raquel. Na chamada telefónica, …

Num só dia, derreteu 40% da área superficial da Gronelândia (e há fotografias)

Uma fotografia divulgada no Twitter do climatologista dinamarquês Rasmus Tonboe ilustra o degelo que ocorre na Gronelândia, evidenciando algumas das consequências que podem ser desencadeadas pelo fenómeno.   A imagem, que mostra um trenó a ser …