Chefes da PJ foram apanhados porque roubaram droga a um cartel colombiano

ukhomeoffice / Flickr

A mega-operação da Polícia Judiciária que levou à detenção de 15 pessoas, entre as quais dois membros históricos da própria força policial no combate ao tráfico de droga, terá sido despoletada por uma denúncia de um cartel de droga.

A chamada Operação Aquiles levou à detenção de 15 pessoas, entre as quais dois inspectores da PJ e um cabo da GNR, sob suspeita dos crimes de corrupção, tráfico de droga, branqueamento de capitais e associação criminosa.

Entre os detidos está Dias Santos, inspector já reformado que é definido pelo Diário de Notícias como “uma estrela da PJ no combate ao tráfico de droga” com 34 anos de serviço. O outro PJ envolvido, o inspector Ricardo Macedo, chegou a trabalhar com Dias Santos e está ainda no activo, tendo feito carreira também na luta contra o tráfico de estupefacientes.

Estes elementos terão recebido luvas de traficantes de droga, nomeadamente de grandes cartéis da América do Sul, para fornecerem informações sobre operações policiais e facilitarem a entrada de estupefacientes em Portugal.

A investigação em torno do caso durou cerca de dois anos e terá sido despoletada por uma denúncia de um cartel de droga, avança o jornal Correio da Manhã. “Roubo de coca a cartel colombiano trama chefes da PJ”, escreve o diário, frisando que os inspectores suspeitos terão desviado “centenas de quilos de cocaína de um cartel colombiano que jurou vingança”.

O Diário de Notícias acrescenta que a denúncia foi feita em 2013, depois do “desaparecimento de um carregamento de centenas de quilos de cocaína de um contentor descarregado no porto de Sines“. Nessa altura, a polícia apreendeu cerca de 800 quilos de cocaína, mas terão “desaparecido 500 quilos da mesma droga, que foram depois apreendidos na Grécia em circunstâncias por esclarecer”, frisa o jornal.

Os alegados subornos aos inspectores seriam feitos em dinheiro vivo, com elevadas quantias envolvidas e ainda não totalmente apuradas, mas também com a oferta de casas, localizadas nomeadamente, no Sul de Espanha, conforme refere o Jornal de Notícias.

Alvo da investigação será também Franclim Lobo, considerado um dos maiores traficantes de droga portugueses, com paradeiro desconhecido, e que poderá em breve ser detido, de acordo com o DN.

ZAP

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. Os bons afinal são maus. Já tínhamos assistido a isso na política, agora na principal polícia criminal. Que mais surpresas nos reserva o futuro?
    Certamente haverá muitos bons, felizmente. Mas a confiança do cidadão fica muito abalada. Que a justiça lhes seja pesada.

  2. Parace a América…
    Fez muito bem o cartel ao denunciar o “desvio” de centenas de quilos de cocaína!
    Ainda há criminosos com algum sentido de justiça!

  3. Este assunto merecia um tratamento mais cuidado. Estão em causa dois profissionais, que não conheço, mas altamente considerados pela PJ, baseado na denúncia de um “cartel da droga”, certamente muito isento nesta área e revoltado com a “grande corrupção” existente nas forças que os investigam.

    • 2 anos de investigação, 250 agentes, mais de 100 buscas domiciliárias, 15 detidos, etc, etc, não é um “tratamento” razoavelmente cuidado?!
      Parece-me que sim!… de qualquer modo, o julgamento é no tribunal; não é nos media!!

RESPONDER

O cometa interestelar 2I/Borisov partiu-se em dois

O cometa interestelar 2I/Borisov, o primeiro do seu tipo a ser descoberto em agosto do ano passado, começou a dividir-se em duas partes na semana passada. As imagens contínuas do telescópio espacial Hubble do objeto interestelar …

Estudo estima 471 mortes em Portugal até agosto (e que o pico foi atingido a 3 de abril)

De acordo com as estimativas do estudo, cerca de 151.680 pessoas vão morrer na Europa durante a "primeira vaga" da doença. Um estudo divulgado esta terça-feira nos Estados Unidos estima que a covid-19 venha a provocar …

Mais de metade da população mundial está fechada em casa

Mais de metade da população mundial (52%) está atualmente confinada nas suas casas por ordem das autoridades para combater a propagação da doença covid-19. Segundo um balanço feito pela agência France Fresse (AFP), mais de quatro …

Documentário da Netflix reacende debate sobre os milhares de tigres em cativeiro nos Estados Unidos

A minissérie documental da Netflix "Tiger King: Morte, Caos e Loucura" veio reacender o debate sobre os grandes felinos que estão em cativeiro, frisando que há cerca de 10.000 espécimes nestas condições nos Estados Unidos. …

Luciano venceu a covid-19 aos 100 anos. Teve direito a bolo, a um desenho e a uma alta hospitalar

Luciano Marques da Silva completou 100 anos no hospital de São João, no Porto, onde se encontrava hospitalizado devido à infeção por covid-19. Depois de dez dias de internamento, conseguiu vencer e recebeu alta. No dia …

Geneinno S2, a scooter subaquática que o impulsiona entre as ondas

Há dois anos, foi anunciada a Trident, uma scooter subaquática fabricada pela startup chinesa Geneinno. Agora, a empresa lançou um modelo mais barato e portátil, conhecido como Geneinno S2. O Trident - ou Geneinno S1 - …

WhatsApp restringe opção de reencaminhar mensagens para evitar desinformação

A rede social anunciou que vai passar a restringir o reencaminhamento de mensagens para tentar diminuir a disseminação de informação falsa sobre a pandemia de covid-19. De acordo com a revista Newsweek, a partir desta terça-feira, …

"Mostre-me a sua identificação." Na Tunísia, um robô pergunta às pessoas por que não estão em casa

Nas ruas de Túnis, a capital da Tunísia, um robô não pilotado aborda as pessoas na rua e pergunta-lhes por que não estão em casa, exigindo-lhes um documento de identificação. A Tunísia está em confinamento obrigatório …

Putin não quer repetir os erros dos outros países

Vladimir Putin diz que "o pico da epidemia ainda não foi superado", mas garante que tem "em consideração as experiências positivas e negativas de outros países". O Presidente da Rússia, Vladimir Putin, alertou esta terça-feira para …

É possível fazer uma máscara de tecido em apenas alguns segundos

O cirurgião-geral norte-americano Jerome Adams disse que as máscaras faciais de pano podem ser feitas a partir de utensílios domésticos comuns. No início do mês, Jerome Adams, cirurgião-geral dos Estados Unidos, deixou um aviso ao público …