Chaves elimina FC Porto e segue para os oitavos da Taça

Pedro Sarmento Costa / Lusa

-

O Desportivo de Chaves venceu e eliminou hoje o FC Porto da Taça de Portugal de futebol por 3-2, no desempate por grandes penalidades, após um nulo no final de 120 minutos.

Após um 0-0 no final do encontro da quarta eliminatória da competição, Layún, Depoitre e André Silva viram o guarda-redes António Filipe parar os seus remates, enquanto apenas Braga e Felipe Lopes desperdiçaram para os transmontanos.

Num jogo com muitas críticas à arbitragem dos dois conjuntos, na primeira parte a equipa de Trás-os-Montes entrou com a estratégia bem definida e muito rápida no contragolpe, colocando muitas dificuldades ao FC Porto que só conseguiu rematar fora da grande área e de longa distância.

Já na segunda parte, os ‘dragões’ cresceram no jogo, estavam mais pressionantes e assumiram o controlo criando inúmeras ocasiões de perigo, mas não concretizaram.

No prolongamento, o domínio dos ‘azuis e brancos’ continuou perante uma equipa do Desportivo de Chaves que ia resistindo, mas que não tinha tanta capacidade nas saídas.

Nos primeiros 45 minutos, o primeiro sinal de ataque veio do emblema ‘azul-grená’, logo aos dez minutos, com uma jogada individual de Paulinho a ultrapassar a dobra de Marcano e a cruzar para Perdigão e William que, antecipando-se a José Sá, vê a bola a passar a centímetros do poste.

Ocupando sempre muito bem os espaços, o Desportivo de Chaves conseguia deter os ‘dragões’ que tinham enormes dificuldades em ter espaço e entrar na grande área, mas mesmo assim Varela tentou o remate de meia distância para encaixe do guardião.

Os comandados de Jorge Simão fechavam bem as alas, sabendo que o adversário é forte nesse setor, juntavam as linhas, ainda assim aos 22 minutos Diogo Jota, antecipando-se a António Filipe, toca para Otávio que atira a bola ao lado.

À passagem da meia hora, o FC Porto encostou o Desportivo de Chaves ao meio-campo, tornou-se mais ameaçador, criou mais pressão e conseguiu ter mais posse de bola, mas sem conseguir criar ocasiões de golo.

Os ‘dragões’ cresceram na segunda metade, estavam mais perigosos e, aos 54 minutos, Otávio lança Varela que cruza para André Silva, que remata rasteiro para defesa de António Filipe.

Imprimindo maior velocidade ao jogo, André André remata forte ao ferro da baliza de Trás-os-Montes, antes de Braga rematar à figura do guardião portista.

A equipa da casa estava mais subida no terreno, permitindo maior agressividade ao FC Porto com Varela, aos 72 minutos, a atirar por cima.

Logo depois, Depoitre cabeceia por cima e novamente Varela, de livre lateral, vê a bola a rasar o poste.

Nos minutos de compensação, Nélson Lenho evita que um remate com ‘selo de golo’ de Diogo Jota entre na baliza do Desportivo de Chaves.

No prolongamento, o FC Porto foi claramente superior, continuou a assumir as despesas, esteve sempre à procura do golo e criou inúmeras oportunidades que não concretizaram, perante uns transmontanos já sem fulgor e à espera das grandes penalidades.

Futebol 365

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Chegados à decisão através de penaltis, da continuidade na Taça de Portugal, FCPorto e DChaves ficaram dependentes, em grande parte, do factor sorte e esta foi favorável aos flavienses todavia, durante o jogo, os jogadores do DChaves abusaram do anti-jogo, cometendo sucessivas faltas grosseiras sem que o árbitro agisse disciplinarmente em tempo útil, até um penalti descaradíssimo foi perdoado ao DChaves. Se o adversário do DChaves tivesse sido um dos grandes de Lisboa, os flavienses jamais acabariam o jogo com todos os elementos e teriam ganho a eliminatória, uma vergonha como tantas que só desprestigia os intervenientes pela negativa.

Responder a José Cancelar resposta

Governo quer criar regras especiais para alunos do profissional acederem ao Ensino Superior

O Governo quer criar um modelo de acesso específico para alunos do ensino profissional que queiram prosseguir estudos superiores, uma proposta que chegou a estar desenhada na anterior legislatura, mas que ainda não avançou. Segundo noticiou …

Menos de metade dos médicos do SNS trabalha em regime de exclusividade

Menos de metade (42,9%) dos médicos do Serviço Nacional de Saúde (SNS) trabalha em regime de exclusividade, avança o Jornal de Notícias, citando números da Administração Central dos Serviços de Saúde.  Segundo dados apresentados esta quinta-feira …

Grávidas e crianças até aos 10 anos não devem comer peixe-espada e atum, recomenda Espanha

A Agência Espanhola de Segurança Alimentar e Nutrição publicou novas recomendações no final de outubro para o consumo de determinados tipos de pescado, nomeadamente o atum e o peixe-espada, tubarão ou cação e Lúcio. Em causa …

Deputado Lobo d'Ávila abre portas ao futuro no CDS. "Não digo não" ao partido

O ex-deputado Filipe Lobo d'Ávila afirmou que não afasta a possibilidade de se candidatar à liderança do CDS. O potencial candidato à sucessão de Assunção Cristas indicou que a estratégia do partido, nos últimos anos, …

Só o Governo prevê uma aceleração em 2020. OCDE também está pouco otimista (e deixa um conselho a Centeno)

A economia portuguesa vai abrandar nos próximos anos, segundo antecipa a Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Económico (OCDE). No Economic Outlook publicado esta quinta-feira, as previsões para a economia nacional aponta para um crescimento …

Trump exige que se pare "a caça às bruxas" em reação a testemunho de embaixador

"Esta caça às bruxas deve parar agora. Tão prejudicial para o nosso país!", escreveu Donald Trump no Twitter, em reação ao testemunho do seu embaixador da União Europeia. O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, manifestou …

Seis embaixadores portugueses mudam de países

Há seis embaixadores portugueses que vão mudar de cidade. O Presidente da República já assinou o decreto que rege a nomeação de novas chefias para tutelar as embaixadas de Portugal em Berlim, Madrid, Praga e …

Rúben Dias pede dois milhões por ano. Vieira não está disposto a pagar tanto

A negociação de contrato entre Rúben Dias e o SL Benfica atingiu um impasse. O jogador não se contenta com um salário inferior a dois milhões de euros líquidos por ano, mas Vieira não está …

Secretarias de Estado instaladas em "casa" dos governantes

As três secretarias de Estado que ficarão fora de Lisboa serão instaladas nas terras natal dos seus respetivos governantes. Esta medida do Governo faz parte de um esforço de descentralização. O Governo decidiu avançar nesta legislatura …

Governo quer bolsas do Ensino Superior automáticas para alunos de ação social escolar

O Governo quer que os alunos do secundário com direito à ação social escolar tenham direito, de forma automática, a bolsas do ensino superior, algo que pode acontecer já no próximo ano letivo. Segundo noticiou o …