Cesarianas aumentam. Nos privados, apenas um em cada seis partos é normal

A taxa de cesarianas nos hospitais privados continua a corresponder a mais do dobro da dos hospitais públicos e voltou a aumentar em 2018.

Portugal continua a ocupar uma má posição no ranking da União Europeia. Segundo Diogo Ayres de Campos, secretário-geral da Federação das Sociedades Portuguesas de Obstetrícia e Ginecologia, nos países escandinavos, a taxa de partos por cesariana ronda os 16%, enquanto que a taxa portuguesa continua acima dos 30% (onde se incluem os partos efetuados no privado).

De acordo com o Público, a taxa portuguesa de 33% de cesarianas deve-se, em grande parte, ao elevado número de partos cirúrgicos nos hospitais privados, nos quais a taxa de cesarianas corresponde a mais do dobro da registada nos hospitais públicos. Dois terços dos partos nos privados foram feitos por cesariana, enquanto nos hospitais públicos esta taxa tem oscilado entre os 27% e os 28%.

Entre 1999 e 2018, o número de partos nos privados “mais que duplicou”. Miguel Oliveira da Silva, ex-presidente do Conselho Nacional de Ética para as Ciências da Vida, considera “inquietante” o “silêncio quase absoluto sobre o que se passa no setor privado”. O mesmo responsável acrescenta que “há interesses financeiros e má informação das grávidas sobre os riscos das cesarianas a pedido”.

Por sua vez, Diogo Ayres de Campos explica que o risco de infeção aumenta “cinco vezes” nos partos por cesariana e que o risco hemorrágico (da mulher) “aumenta cerca de duas vezes”. Para a saúde dos recém-nascidos há também maiores perigos: “os bebés que nascem de cesariana têm riscos acrescidos de ter asa (mais 20%), diabetes, obesidade”.

Miguel Oliveira da Silva explica os elevados números de cesarianas pela “pressa em fazer o parto por medo” de complicações. Luís Graça, vice-presidente da Federação das Sociedades Portuguesas de Obstetrícia e Ginecologia, disse ao diário que alguns privados “fazem partos abaixo das 30 semanas, mas depois transferem para os públicos quando o plafond dos seguros se esgotam ao fim de três dias”.

O responsável lamenta que a norma instituída pela antiga ministra da Saúde Ana Jorge, de impedir que os privados façam partos abaixo das 32 semanas, não esteja a ser cumprida.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Interesses económicos motivam as más práticas médicas… E é muito pior do que podem imaginar.
    Não me calo nem me farto de dizer isto, só lhes interessa €€€€€€€ e não a saúde das pessoas. Que nojo…

RESPONDER

EUA já gastaram quase tanto com a covid-19 como com a II Guerra Mundial

Até ao momento, os Estados Unidos da América gastaram quase tanto com a pandemia de covid-19 como gastaram com a II Guerra Mundial. A Segunda Guerra Mundial travou-se entre 1939 e 1945 e deixou milhões de …

Sporting recusou proposta de 32 milhões por Joelson Fernandes

O Sporting CP rejeitou uma proposta de 32 milhões de euros do Arsenal por Joelson Fernandes. Os 'leões' pedem 45 milhões pelo jovem extremo de 17 anos. Continua o leilão pela promessa sportinguista Joelson Fernandes. Depois …

CIA tentou desenvolver um "drone-pássaro" nuclear para espiar a União Soviética na Guerra Fria

Durante a Guerra Fria, a CIA tentou desenvolver um drone nuclear do tamanho de um pássaro para espiar a União Soviética e outros países do bloco comunista. Porém, o projeto nunca foi concluído. De acordo com …

Para combater o desperdício, China acaba com os banquetes tradicionais

Conhecidos pela gastronomia e pelo bom apetite, os chineses terão de adotar a austeridade, invertendo a tradição, que exige que sejam servidos à mesa tantos pratos quantos forem os convidados e mais um. A nova regra …

Com apenas 4 dólares é possível dormir na última Blockbuster. E ainda participa na festa pijama

Já sente saudades de sair de casa para ir alugar um filme e comprar umas pipocas? A última loja da icónica Blockbuster está agora disponível no Airbnb. A antiga loja da cadeia americana pode ser …

Espanha com quase mais 3.000 novos casos. É o maior aumento desde maio

Espanha registou o maior número de infeções de covid-19 desde o final de maio, com 2.935 novos casos nas últimas 24 horas, anunciou o Ministério da Saúde, ressalvando que o balanço inclui dados de Madrid …

Escolas devem reabrir normalmente. Governo preparado para decisões diferentes

As escolas devem reabrir em situação de normalidade e só uma evolução negativa da pandemia levará a decisões contrárias, de maior ou menor alcance, que o Governo disse esta quinta-feira estar preparado para tomar. Na conferência …

Família de ativista saudita teme que esteja a ser torturada na prisão

Familiares de uma importante ativista dos direitos das mulheres da Arábia Saudita, detida desde maio de 2018, temem que esteja a ser torturada na prisão, uma vez que não dá notícias há vários meses. Loujain al-Hathloul, …

Governo disponível para retomar reuniões no Infarmed (mas nega falta de informação)

O Governo manifestou esta quinta-feira “abertura para retomar as reuniões” no Infarmed sobre o ponto de situação da epidemia de covid-19, mas rejeitou falhas na informação ao parlamento e aos partidos. Na conferência de imprensa do …

Israel e Emirados Árabes Unidos alcançam "acordo histórico" mediado pelos Estados Unidos

O Presidente norte-americano, Donald Trump, anunciou esta quinta-feira que Israel e os Emirados Árabes Unidos concordaram em estabelecer relações diplomáticas plenas, como parte de um acordo para impedir a anexação israelita de terras ocupadas pelos …