Cientistas conseguiram ligar os cérebros de 3 pessoas a partilhar pensamentos

Uma equipa de neuro-cientistas norte-americanos conseguiu conectar os cérebros de três pessoas, possibilitando que partilhassem pensamentos enquanto jogavam Tetris. Uma experiência que constitui um primeiro passo para conectar redes de pessoas.

Os investigadores das Universidades norte-americanas de Washington e Carnegie Mellon conseguiram fazer esta ligação entre três cérebros “através de uma combinação de electroencefalogramas para registar os impulsos eléctricos que indicam actividade cerebral e estímulos magnéticos transcranianos (TMS), onde os neurónios são estimulados através de campos magnéticos”, como explica o ScienceAlert.com que divulga o estudo.

Na pesquisa, publicada no arquivo científico arXiv, os autores denominaram este sistema de “BrainNet”, apontando que se trata do “primeiro interface directo multi-pessoa e não-invasivo de cérebro-para-cérebro para a resolução colaborativa de problemas”.

“O interface permite a três sujeitos humanos colaborarem e resolverem uma tarefa usando a comunicação directa de cérebro-para-cérebro“, acrescentam os neuro-cientistas.

Este novo e estranho método de comunicação pode ser usado para ligar diferentes mentes até através da World Wide Web, e pode ajudar os cientistas a perceberem melhor como é que funciona o cérebro humano.

A experiência realizada consistiu em colocar dois cérebros “transmissores” ligados a eléctrodos, solicitando aos participantes para jogarem um jogo tipo Tetris, em que é preciso encaixar blocos que vão caindo.

Os investigadores tinham que decidir se cada bloco precisava de ser rodado ou não para encaixar, olhando para um dos dois LEDs a piscar em cada lado do ecrã. Cada LED piscava em níveis diferentes, originando sinais distintos no cérebro que eram detectados pelo electroencefalograma.

As escolhas efectuadas pelos dois “transmissores” eram então enviadas para um único cérebro “receptor”, através de um tampão de TMS que gerava flashes fantasma de luz na mente deste último. Estes flashes são conhecidos por fosfenos.

O “receptor” não conseguia ver toda a área do jogo e tinha que rodar o bloco em queda caso recebesse um sinal de luz.

A experiência foi feita com cinco grupos diferentes, todos constituídos por três pessoas, e os resultados revelaram uma percentagem de precisão de 81,25%, logo à primeira tentativa.

Os “receptores” conseguiram detectar qual dos “transmissores” era mais confiável, apenas através das comunicações cerebrais, o que constitui uma descoberta “promissora”, como notam os investigadores.

“Os nossos resultados levantam a possibilidade de futuros interfaces cérebro-para-cérebro para permitir a resolução colaborativa de problemas por humanos, utilizando uma ‘rede social’ de cérebros conectados”, destacam.

A investigação ainda vai ser alvo de revisão científica da comunidade de neuro-ciência, mas os autores da experiência já admitem expandir o “BrainNet” a mais pessoas e a um maior número de dados transmitidos de uma única vez.

SV, ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Hmmm, estou vendo aqui uma janela para um possível novo tipo de “menage à trois” ou até quem sabe sexo em grupo 😀

  2. Acho melhor todos sentarem juntos e conversar. Vão conseguir transmitir pensamentos complexos sem precisar de fios.

RESPONDER

Teresa Leal Coelho admite processar ex-vereador Fernando Nunes da Silva

A vereadora da Câmara Municipal de Lisboa Teresa Leal Coelho admitiu que poderá vir a processar o antigo vereador Fernando Nunes da Silva, devido às declarações sobre a reposição dos sentidos de circulação na Avenida …

Linha de Fundo: Benfica reforça liderança, mais recados de Conceição, um jardim de infância especial e João “rosa” Almeida

Era uma vez um Clássico... Deu empate o primeiro clássico da época 2020/21. Em Alvalade, Sporting e FC Porto igualaram-se a duas bolas, num jogo que valeu pelas mudanças de resultado, mas que nem sempre foi …

CDS critica PS por obrigar portugueses a pagar "buraco" da TAP para servir apenas Lisboa

O CDS está "chocado" por a TAP ir abandonar as quatro rotas que opera no Aeroporto Francisco Sá Carneiro e critica o PS por obrigar portugueses a pagar "buraco" da TAP para servir apenas Lisboa. O …

Contratos de associação dos colégios privados. Ministério da Educação vence todos os 55 processos judiciais

Em todos os 55 processos judiciais que os colégios privados moveram contra o Ministério da Educação em 2016, na sequência da polémica dos contratos de associação, todas as 55 decisões foram favoráveis ao Governo. O jornal …

Famílias numerosas podem pedir desconto no IVA da luz a partir de março

As famílias com cinco ou mais elementos só poderão usufruir da redução do IVA da eletricidade a partir de 1 de março e terão de o requerer junto do seu fornecedor, segundo uma portaria esta …

Vacina da gripe disponível para mais grupos. Farmácias temem não ter stock suficiente

A vacina da gripe está, a partir desta segunda-feira, disponível para mais grupos populacionais com o início da segunda fase da campanha, que estende a vacinação a pessoas com 65 ou mais anos e pessoas …

Franceses em protesto para homenagear professor decapitado. Autoridades procuram radicais islâmicos

Milhares de pessoas reuniram-se no domingo no centro de Paris numa demonstração de repúdio pela decapitação do professor que mostrou aos seus alunos desenhos do Profeta Maomé. Os manifestantes da Praça da República ergueram cartazes onde …

Proud Boys acreditam na vitória de Trump: "Vamos Ganhar". Voto antecipado começa hoje na Florida

O líder do grupo Proud Boys disse à Lusa, durante uma manifestação em Miami, que Donald Trump vai vencer as eleições presidenciais norte-americanas, e rejeitou a acusação de que é dirigente de uma organização extremista. …

Projeto desenvolve testes rápidos de baixo custo para detetar imunidade

Um consórcio de universidades e uma empresa querem desenvolver "testes rápidos e de baixo custo" para detetar a resposta imunitária ao vírus SARS-CoV-2. O projecto TecniCov, que "obteve um financiamento de 450 mil euros da Agência …

"Medo constante". Human Rights Watch denuncia tortura na Coreia do Norte

Uma organização não-governamental denunciou esta segunda-feira que o sistema norte-coreano de detenção pré-julgamento e de investigação é cruel e arbitrário, com ex-detidos a descreverem tortura sistemática, corrupção e trabalhos forçados não-remunerado. No relatório de 88 páginas, …