EUA pensaram instalar centro de espionagem nas Lajes. Mas não confiaram nos portugueses

A instalação do centro da Agência Nacional de Seguranças dos EUA na ilha Terceira não avançou porque os Estados Unidos desconfiaram da capacidade das secretas portuguesas em lidar com dados confidenciais.

Os Estados Unidos equacionaram a instalação de um centro de processamento de informação da Agência Nacional de Segurança norte-americana, a NSA, na Terceira, nos Açores, durante o Governo de Pedro Passos Coelho.

No entanto, de acordo com o New York Times, a ideia não terá avançado porque, tanto a NSA, como a CIA, desconfiaram da capacidade dos serviços secretos portugueses de lidar com dados confidenciais dos EUA.

O Público revela também que o Executivo terá mesmo sido informado desta iniciativa, que partiu do congressista republicano lusodescendente com origens açorianas Devin Nunes.

A reportagem do New York Times, intitulada “Como Devin Nunes virou a Comissão dos Serviços Secretos ao contrário” revela ainda várias iniciativas que o lusodescendente, descrito como “obcecado” pelos Açores, lançou enquanto membro da Comissão de Serviços Secretos da Câmara dos Representantes, para contrariar o desinvestimento norte-americano na Base das Lajes.

De acordo com fontes oficiais em Washington, Nunes foi responsável, por exemplo, pela proposta de instalação na Terceira de uma base de drones para combater o extremismo islâmico no Norte de África. O luso-descendente tentou ainda transformar as Lajes numa base avançada para o Comando Africano do Exército Norte-Americano, que está colocado em Estugarda, na Alemanha.

Nenhuma dessas ideias foi considerada válida pelo Pentágono, mas o congressista não desistiu.

A proposta de instalação de um centro de espionagem da NSA nas Lajes, confirmou o Público junto de uma fonte do anterior Ministério dos Negócios Estrangeiros, chegou a ser falada com o Palácio das Necessidades.

“Foram apresentadas várias opções durante os contactos que mantivemos e essa foi uma delas”, disse um alto funcionário do MNE do tempo do Governo de Pedro Passos Coelho.

Ao que consta, o projeto só não avançou porque as secretas norte-americanas colocaram muitos entraves. Além de Portugal não integrar a Five Eyes – a aliança entre os serviços secretos da Austrália, Grã-Bretanha, Canadá, Nova Zelândia e Estados Unidos – as agências norte-americanas não confiaram na capacidade de Portugal em garantir a integridade de informação classificada pelos EUA.

Na altura em que a ideia de Devin Nunes foi anunciada, já as denúncias de Edward Snowden sobre o programa de vigilância global conduzido pela NSA tinham abalado a confiança daquela agência de segurança.

O gabinete do atual ministro dos Negócios Estrangeiro, Augusto Santos Silva, garante que essa hipótese nunca foi falada desde a tomada de posse deste executivo.

“No mandato deste Governo, o ministro dos Negócios Estrangeiros não discutiu com ninguém qualquer projeto de instalar um centro da NSA nas Lajes”, sublinha fonte do MNE, ressalvando que a única opção que esteve sobre a mesa foi a localização do Joint Intelligence Analysis Complex (JIAC) que, por decisão do Pentágono, será construído em Croughton, numa base da força britânica, próxima de Londres.

ZAP //

PARTILHAR

9 COMENTÁRIOS

  1. Não creio que fosse realmente por falta de confiança.
    Na verdade acredito que foi mais pela estúpida burocracia que Portugal pediria aos EUA e eles temeram que por causa dessa trapalhada toda acabasse por haver fuga de informação.
    O grande problema no geral não é falta de confiança nos Portugueses, mas no governo ou “sistema” em Portugal.

    • Tinham razão?!
      Então e os espiões americanos que divulgaram informação muitíssimo mais sensível de forma gratuita?!..
      Até o Snowden se riu!….

  2. Pois… já “capacidade” dos serviços secretos americanos é bem conhecida, quer dentro dos EUA quer pelo mundo fora!…

    • Eles TÊM a capacidade de lidar com a informação: guardam a que querem e divulgam a que querem…

      Obviamente, duvidam que os outros tenham os mesmos critérios… que os critérios deles sejam “duvidosos”, è um problema dos outros…

      • É um problemas dos “outros” e dos próprios americanos – como se tem verificado em inúmeros fiascos bastante comprometedores!…

Responder a Eu! Cancelar resposta

O vento solar é estranhamente atraído para o Pólo Norte (e não se sabe porquê)

Durante anos, os cientistas pensaram que o vento solar era igualmente atraído para os Polos Norte e Sul da Terra. No entanto, estudos recentes mostram que estas partículas parecem preferir o Norte - e não …

22 mil pessoas vão assistir (no estádio) ao Super Bowl

Um terço das pessoas presentes será composto por profissionais de saúde. Quatro equipas ainda na luta pelo título do campeonato principal de futebol americano. O dia 7 de fevereiro vai contar com uma "visão rara" nos …

Investigadores "voltam atrás no tempo" para calcular idade e local de explosão de supernova

Os astrónomos estão a "voltar atrás no tempo" num remanescente de supernova. Usando o Telescópio Espacial Hubble da NASA, refizeram o percurso dos estilhaços velozes da explosão a fim de calcular uma estimativa mais precisa …

Cientista dos EUA acredita que o monstro do Lago Ness pode ser uma antiga tartaruga marinha

Um importante cientista dos Estados Unidos acredita que desvendou o mistério do Monstro de Lago Ness e pensa que a criatura é uma espécie ancestral de tartaruga marinha. Henry Bauer, professor aposentado de Química e Estudos …

Biden quer banir uma palavra das leis de imigração dos Estados Unidos

Se o projeto de lei proposto por Joe Biden, recém-eleito Presidente dos Estados Unidos, for aprovado, a palavra alien ("estrangeiro") vai desaparecer das leis de imigração norte-americanas, sendo substituída pelo termo noncitizen ("não cidadão"). A …

“As pessoas são mortas na mesquita, na rua e no trabalho". Em Cabul, reina o medo

Os assassínios seletivos de jornalistas, políticos e defensores dos direitos humanos são cada vez mais frequentes no país, com Cabul e várias províncias a registarem um aumento da violência nos últimos meses. O medo está …

"Fiquem em casa". Enfermeiros deixam "grito de alerta desesperado" aos portugueses

A Ordem dos Enfermeiros lançou esta sexta-feira uma campanha de sensibilização a apelar aos portugueses para ficarem em casa, afirmando que é “um grito de alerta desesperado face à situação de catástrofe que se vive …

Senado francês aprovou lei que protege os sons e cheiros do campo

O Senado francês aprovou a lei, esta quinta-feira, que protege o "património sensorial" das áreas rurais do país, depois de várias queixas sobre os ruídos e cheiros típicos do campo. De acordo com o canal televisivo …

Identificado em Portugal o primeiro caso da variante da África do Sul

O primeiro caso de covid-19 associado à variante genética da África do Sul foi identificado esta sexta-feira em Portugal pelo Instituto Nacional de Saúde Ricardo Jorge (INSA), adiantou à agência Lusa a instituição. O caso identificado …

Está a nascer o primeiro comboio português a hidrogénio (e vai substituir o Vouguinha)

Já arrancou o projecto para o desenvolvimento do primeiro comboio português a hidrogénio. A iniciativa visa transformar as automotoras a gasóleo que circulam na Linha do Vouga - o comboio chamado Vouguinha - por células …