Geólogos preveem destruição total do Japão por supervulcão

Uma equipa de geólogos encontrou, junto ao litoral japonês, um supervulcão com cerca de 34 km³ de magma. Em caso de erupção, o vulcão poderia matar 100 milhões de pessoas.

Uma equipa de cientistas da Universidade de Kobe, no Japão, está a estudar a caldeira Kikai, uma cratera vulcânica cuja última erupção, que aconteceu há 7 mil anos, eliminou toda a civilização no sul do Japão.

No decurso da pesquisa, que foi publicada a semana passada na revista Scientific Reports, os investigadores descobriram que no interior do vulcão há uma cúpula com um raio de 10 quilómetros e uma altitude de 600 metros.

Além disso, depois de examinar a superfície do leito marítimo da local, os geólogos concluíram que o tamanho da cúpula está a aumentar.

(dr) Kobe University

No interior do Kikai há uma cúpula de magma com um raio de 10 quilómetros e uma altitude de 600 metros

Esta conjugação de factores poderá resultar num final fatal – uma poderosa erupção, que destruiria o Japão imediatamente e provocaria a seguir um tsunami capaz de alcançar a costa da China e todo o continente americano.

Segundo o autor principal do estudo, o geólogo Yoshiyuki Tatsumi, director do centro de pesquisa oceanográfica de Kobe, com a quantidade de magma que tem, a erupção da caldeira do Kikai lançaria para a atmosfera uma enorme quantidade de cinza, causando um “inverno vulcânicocapaz de afectar durante anos o clima da Terra.

“Apesar de a probabilidade de a gigantesca caldeira do Kikai entrar em erupção nos próximos 100 milhões de anos ser de apenas 1%, se tal acontecesse, no pior dos cenários estimamos que o número de mortes poderia ascender a 100 milhões”, explicou Tatsumi ao diário japonês The Mainichi.

Não deixa de ser preocupante que a quantidade de magma do Kikai esteja a aumentar, mas felizmente para todos nós, com uma probabilidade desta ordem de grandeza, mais depressa vemos o Japão ser destruído por um gigantesco monstro godziliano do que pela apocalíptica erupção do supervulcão.

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. “mais depressa vemos o Japão ser destruído por um gigantesco monstro godziliano do que pela apocalíptica erupção do supervulcão.”

    A sério? : )
    Probabilidade de o Japão ser destruído por um gigantesco monstro godziliano = 0% (dinossauros terópodes do tamanho de arranha céus não existem)
    Probabilidade de o Japão ser destruído por um supervulcão nos próximos 100 milhões de anos = 1% (supervulcões existem).

RESPONDER

Juiz Neto de Moura muda nome com que assina acórdãos

O juiz Neto de Moura, envolvido em algumas decisões polémicas sobre violência doméstica, alterou o nome com que assina os acórdãos, avança o Jornal de Notícias na sua edição impressa deste domingo. De acordo com …

Violenta tempestade faz pelo menos 30 mortos em Minas Gerais

A violenta tempestade que desde quinta-feira assola o estado de Minas Gerais, sudeste do Brasil, já provocou pelo menos 30 mortos e 17 desaparecidos, anunciou este domingo a Proteção Civil. De acordo com o novo balanço, …

Descobertas quatro novas espécies de tubarões que caminham

Foram descobertas quatro novas espécies de tubarões que caminham usando as suas barbatanas. Ao todo são já conhecidas nove espécies deste tipo de tubarões. Investigadores encontraram tubarões que caminham nas águas do norte da Austrália e …

Caso suspeito de infeção por coronavírus em Portugal deu negativo

A Direção-Geral da Saúde (DGS) informou este domingo que o primeiro caso suspeita de coronavírus em Portugal, com um paciente sob observação no Hospital de Curry Cabral, em Lisboa, deu negativo após  análises. "A Direção-Geral da …

Francisco Rodrigues dos Santos é o novo líder do CDS

A moção de estratégia de Francisco Rodrigues dos Santos, sob o título "Voltar a Acreditar", foi a mais votada na madrugada domingo no 28.º congresso do CDS, em Aveiro, avançaram à agência Lusa fontes partidárias. A …

Cientistas descobrem proteína capaz de imitar os efeitos do exercício físico

A proteína, chamada de Sestrin, é capaz de proporcionar benefícios musculares muito semelhantes aos da prática de exercício físico. Um grupo de cientistas da Universidade de Medicina do Michigan, nos Estados Unidos, descobriu uma proteína …

Inscrição hebraica com 2.800 anos revela antigo nome bíblico

Uma equipa de arqueólogos encontrou um jarro com 2.8000 anos com a inscrição em hebraico "Benayo" no sítio arqueológico de Abel Beth Maacah, no norte de Israel, local várias vezes mencionado na Bíblia Hebraica.  De …

Braga vence FC Porto e conquista Taça da Liga. Sérgio coloca lugar à disposição

O Sporting de Braga venceu hoje o FC Porto por 1-0 e conquistou a Taça da Liga, com Ricardo Horta a marcar o golo decisivo aos 90+5, garantindo um troféu que os bracarenses já tinham …

Rara moeda de ouro com a cara de Eduardo VIII vendida por preço recorde

Uma rara moeda de ouro com o perfil do rei britânico Edward VIII foi vendida a um comprador particular pelo valor recorde de 1,3 milhões de dólares. A informação é avançada pela Royal British Mint, a …

Depois dos incêndios, Austrália está prestes a experimentar uma "bonança" de aranhas mortais

Depois dos incêndios florestais que assolaram o país, os australianos começaram a implorar por chuva. O bónus de aranhas mortais não estava incluído no pedido, mas os especialistas do Australian Reptile Park acreditam que é …