Células solares de plástico são produzidas à temperatura ambiente

(dr) Christopher Moore / Georgia Tech

-

Uma técnica de dopagem elétrica, feita em solução e à temperatura ambiente, promete ajudar a reduzir ainda mais o custo das células solares poliméricas e outros dispositivos eletrónicos orgânicos – feitos de plástico.

Ao permitir a produção de células solares de camada única sobre uma base de plástico flexível e transparente, o novo processo pode ajudar a levar a energia fotovoltaica orgânica para uma nova geração de dispositivos portáteis e permitir gerar energia distribuída numa escala doméstica, em painéis que podem ser aplicados sobre qualquer superfície.

Desenvolvida por investigadores de quatro instituições americanas, a técnica fornece uma nova maneira de induzir o doping elétrico de tipo positivo em películas de semicondutores orgânicos.

O processo, apresentado num artigo publicado na Nature Materials, envolve a breve imersão das películas numa solução à temperatura ambiente, e substitui a técnica atual mais complexa e mais cara, que requer um processamento a vácuo por envolver a aplicação de camadas de óxido de molibdénio, um material muito sensível ao ar.

“A nossa esperança é que isto possa ‘mudar o jogo’ da energia fotovoltaica orgânica, simplificando ainda mais o processo de fabricação das células solares baseadas em polímeros”, disse Bernard Kippelen, do Instituto de Tecnologia da Georgia.

“Acreditamos que esta técnica provavelmente vai afetar muitas outras plataformas de dispositivos em áreas como componentes eletrónicos impressos, sensores, fotodetetores e LEDs,” concluiu.

Rumo ao mercado

A técnica consiste em mergulhar filmes finos de semicondutores orgânicos e as suas misturas em soluções de polioxometalato (PMA e PTA) com nitrometano por um curto período de tempo.

A difusão das moléculas de dopante nas películas durante a imersão gera uma dopagem elétrica eficiente do tipo “p” (positivo) a uma profundidade controlada de 10 a 20 nanómetros da superfície do filme.

Em relação ao processo convencional, as regiões “p” apresentam uma maior condutividade elétrica e alta funcionalidade, a solubilidade no solvente de processamento é reduzida e a estabilidade à foto-oxidação pelo ar é amplamente melhorada.

“A concretização de fotovoltaicos monocamada com a nossa abordagem permite que os dois eletrodos no dispositivo sejam feitos com materiais condutores de baixo custo,” disse Canek Fuentes-Hernandez, membro da equipa de investigação.

“Isso oferece uma simplificação dramática da geometria dos dispositivos. Embora sejam ainda necessários vários estudos de vida útil e de custos para avaliar o impacto total dessas inovações, são certamente desenvolvimentos entusiasmantes no caminho para transformar a energia fotovoltaica orgânica numa tecnologia comercial”.

ZAP // EcoD

PARTILHAR

RESPONDER

Ex-aliada de Bolsonaro denuncia grupo difusor de notícias falsas ligado ao Presidente

A deputada brasileira Joice Hasselmann, ex-líder do Governo de Jair Bolsonaro no congresso, denunciou na quarta-feira a atuação de um grupo difusor de "fake news" (notícias falsas) ligado ao atual Presidente, Jair Bolsonaro, e que …

Banco BiG: EUA e China vão chegar a acordo, mas não será duradouro

No "Outlook" para 2020, os analistas do banco BiG defendem que será improvável que Estados Unidos e China cheguem a um consenso suficiente para reverter as taxas aduaneiras impostas. De acordo com os analistas do banco …

Alemanha expulsa dois diplomatas russos. Rússia vai tomar medidas

Dois diplomatas russos, acusados pelo Ministério Público alemão de falta de cooperação na investigação de um homicídio, foram expulsos da Alemanha. A Rússia já reagiu e avisou que tomará medidas. Esta quarta-feira, a Alemanha expulsou "com …

Segurança Social demora quase cinco meses a pagar pensões

Em 2018, os beneficiários da Segurança Social tiveram de esperar, em média, 147 dias - cerca de cinco meses -, entre o dia que se aposentaram e o momento que começaram a receber a pensão …

Empresas fechadas e 28 mil despedimentos. Setor têxtil pode atravessar crise

Até 2025, a indústria têxtil em Portugal pode ver um terço das empresas a fecharem e 28 mil trabalhadores a serem despedidos. Este é o pior cenário equacionado no setor nos próximos anos. O setor da …

Ministério Público arquiva queixa de Aguiar-Branco contra Ana Gomes por difamação

Aguiar Branco tinha levantado um processo de difamação a Ana Gomes por declarações sobre alegadas ligações entre o seu escritório de advogados e o grupo Martifer. O Ministério Público (MP) arquivou a queixa apresentada pelo ex-ministro …

66 louvores a funcionários. Centeno é o ministro mais "agradecido" de todo o Governo

Mário Centeno e os seus secretários de Estado publicaram em Diário da República 66 louvores. O seu gabinete garante que não há qualquer significado político associado - nem mesmo uma despedida anunciada. O louvor é dado …

Os glaciares da Nova Zelândia estão a mudar de cor

À medida que o Hemisfério Sul entra no verão, acontece uma temporada catastrófica de incêndios florestais na costa leste da Austrália. Há casas destruídas, coalas a morrer e um fumo espesso que cobre o estado …

Não se irrite. Fisco vai comunicar de forma mais clara

A Autoridade Tributária e Aduaneira vai lançar um serviço de apoio e defesa ao contribuinte que usará uma linguagem mais simples e clara. A alteração é inspirada num modelo britânico. A Autoridade Tributária e Aduaneira vai …

Juiz Rui Rangel justificou ganhos com direitos de autor de programa televisivo

O juiz afirmou, perante o plenário do Conselho Superior da Magistratura, que os ganhos fora da magistratura correspondiam a direitos de autor de um programa na televisão. O juiz Rui Rangel, que foi demitido da magistratura esta …