Celebrações do 13 de outubro terminam hoje. Quebras nas receitas ultrapassam os 50%

Paulo Cunha / EPA

Peregrinos em Fátima para as celebrações do 13 de outubro

A pandemia de covid-19 pode ter trazido muitas mudanças, mas não demoveu os peregrinos de mais uma vez estarem presentes num 13 de Outubro, que apesar de tudo ficou marcado pela diferença. As celebrações decorreram com diversas limitações, sobretudo a nível de limitação de lugares – e isso faz-se sentir nos cofres do Santuário.

As cerimónias do 13 de Outubro em Fátima ficaram este ano marcadas pelas restrições impostas pela pandemia, e decorreram com uma lotação máxima de 6 mil peregrinos, que não chegou a ser atingida na segunda-feira à noite. O uso de máscara foi obrigatório, assim como a limitação do espaço, marcado no chão por círculos.

A Peregrinação Internacional Aniversária de outubro termina hoje, no Santuário de Fátima. Esta peregrinação, que começou na segunda-feira e assinala a última “aparição” de Nossa Senhora aos pastorinhos, é presidida pelo bispo de Setúbal e presidente da Conferência Episcopal Portuguesa, José Ornelas.

Segundo a TSF, para evitar um número elevado de pessoas, a Direção-Geral da Saúde e o Santuário de Fátima reforçaram o plano de contingência do recinto de oração, criando um conjunto de medidas adicionais para esta peregrinação.

O controlo e monitorização dos acessos através de oito entradas, a delimitação dos espaços (com perímetros de segurança e marcações no solo), o reforço da sinalética e a limitação das deslocações dentro do recinto foram algumas das medidas adotadas.

A peregrinação de outubro marca o fim da tradicional época alta do turismo religioso que começa em maio.

“Teremos certamente um resultado negativo”

Num ano verdadeiramente atípico, foram poucos os fiéis que se dirigiram ao Santuário de Fátima, tornando este 13 de outubro uma peregrinação “difícil e com muitos condicionamentos”.

O Santuário de Fátima registou uma quebra de receitas de mais de 50% até setembro e rescindiu amigavelmente contrato com 14 trabalhadores, devido à pandemia de covid-19, disse o reitor Carlos Cabecinhas.

Em conferência de imprensa, Carlos Cabecinhas avançou que “até ao final de setembro, o santuário teve uma quebra de receitas de 50,6% e a quebra dos donativos, neste mesmo período, foi de 46,9%. Sem peregrinos, obviamente que perdemos também receita e, no final deste ano, teremos certamente um resultado negativo”, frisou.

Segundo o reitor do Santuário de Fátima, “o ano de 2020 tem sido um dos mais difíceis”, uma vez que este ano, entre março e agosto, tivemos o cancelamento de 436 grupos que estavam inscritos. Entre outubro e novembro, temos apenas 97 grupos inscritos”, lamentou, lembrando que, no ano passado, só em outubro, houve 733 grupos inscritos.

Com a consciência de que os recursos não são inesgotáveis, o Santuário de Fátima avançou com um plano de reestruturação, que “está em marcha desde meados do ano” e culminou em “14 acordos amigáveis de rescisão”, segundo Carlos Cabecinhas.

“Para evitarmos despedimentos, tivemos de equacionar ajustamentos e isto levou a que procurássemos soluções para salvaguarda da instituição, mas tendo sempre um horizonte de responsabilidade social”, garantiu.

Também o bispo da diocese de Leiria-Fátima, António Marto, recusou falar em despedimentos. “Não houve nenhum plano para fazer despedimentos, houve um plano de reestruturação para uma gestão rigorosa em tempos de emergência”, garantiu o cardeal aos jornalistas.

De acordo com Carlos Cabecinhas, “os acordos amigáveis surgiram sempre por iniciativa dos próprios colaboradores”. O reitor reconheceu que são “tempos difíceis para todos” e que a falta de peregrinos afeta não só o santuário, mas “toda a vida da cidade de Fátima e suas imediações”.

“Temos procurado estar atentos às situações de carência e aumentámos em 60% os apoios sociais a pessoas e famílias”, referiu.

Estes apoios e outros a instituições de solidariedade social “totalizam cerca de 800 mil euros”, número que não inclui os apoios que o santuário dá à Igreja em Portugal, acrescentou.

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Carlos Costa compara venda do Novo Banco a cabaz de fruta "parcialmente apodrecida"

O ex-governador do Banco de Portugal (BdP), Carlos Costa, considerou que o processo de venda do Novo Banco, em 2017, foi como alienar "um cabaz de fruta que está parcialmente apodrecida". "A questão é sempre a …

Irmãos presos injustamente durante 31 anos recebem 75 milhões de dólares

Henry McCollum e Leon Brown estiveram presos durante mais de 30 anos por um crime que não cometeram. Foram detidos em 1983 e condenados à pena de morte pela violação e homicídio de uma criança. …

"Há ali algumas coisas em que tem razão". Rui Rio concorda com críticas de Alberto João Jardim

Alberto João Jardim defendeu que o PSD nacional tem de "acordar" e "mudar já". Rui Rio ouviu o antigo governante madeirense "com atenção" e considera que tem razão. No artigo de opinião no jornal da Madeira …

Votar contra a reforma das Forças Armadas seria "uma contradição muito grande", diz Rio

O presidente do Partido Social Democrata (PSD), Rui Rio, afirmou esta segunda-feira que seria uma "contradição muito grande" votar contra a reforma das Forças Armadas, defendida pelo partido "há anos", só porque foi apresentada pelo …

Testes da vacina da Sanofi-GSK mostram eficácia do composto

Os testes preliminares da vacina contra a covid-19 da Sanofi e GalxoDmithKline demonstraram eficácia nos grupos de adultos inoculados pelos cientistas responsáveis pela Fase 2 do processo. Após as duas doses da vacina, os testes realizados …

Gestor de redes sociais do Chega suspenso pelo Twitter

O gestor das redes sociais do Chega viu a sua conta pessoal ser suspensa pelo Twitter. Na semana passada, apresentou-se em tribunal devido ao processo movido pela família do Bairro da Jamaica. "Falta muito mato para …

Redução nas portagens implica impacto de 160 milhões por ano, diz Governo

O Governo disse esta segunda-feira que a redução de portagens, a partir de 01 de julho, implica um impacto de 160 milhões de euros por ano e, se for considerado todo o período de concessões, …

França, Espanha e Alemanha chegam a acordo para novo sistema de combate aéreo

A França, a Espanha e a Alemanha chegaram a um acordo sobre a nova fase de desenvolvimento do Futuro Sistema de Combate Aéreo (SCAF, na sigla em francês), após negociações intensas entre os três países, …

Legionella. Empresas chegam a acordo com 57 das 58 vítimas assistentes no processo

As empresas arguidas no processo do surto de legionella que ocorreu em Vila Franca de Xira, em 2014, chegaram a acordo com 57 das 58 vítimas que se constituíram assistentes no processo. A informação foi avançada …

Plásticos do Reino Unido são enviados, despejados e queimados na Turquia

Uma investigação levada a cabo por ativistas ambientais da Greenpeace descobriu plástico do Reino Unido despejado e queimado no sul da Turquia. Os investigadores da Greenpeace, uma organização ambientalista internacional, documentaram pilhas de plástico despejadas ilegalmente …