Cego impedido de embarcar com cão-guia em voo da Ryanair

Samuel Natário foi impedido de embarcar com o seu cão-guia num voo da Ryanair entre Lisboa e Londres Stansted, perdendo assim a viagem.

Um cidadão cego e com cão-guia, devidamente registado na reserva do voo da Ryanair entre Lisboa e Londres Stansted, foi impedido de embarcar, tendo perdido a viagem. O caso é contado pelo Jornal de Notícias.

De acordo com a lei, os cegos podem viajar com cão-guia na União Europeia, desde que devidamente documentados, identificados e treinados.  A Ryanair diz que já pediu explicações à empresa de handling do aeroporto, para que “se assegurem de que tal não voltará a ocorrer”.

Ao diário, Samuel Natário contou que lhe foi barrada a entrada no voo para o qual tinha reserva por estar acompanhado com o seu cão. “Além de ter vindo dos EUA com a TAP, ao abrigo de um protocolo com a escola [de cães-guia] de Mortágua, o cão já viajou comigo para a Holanda e para Praga e nem a KLM nem a Czech Airlines colocaram problemas, porque conhecem a lei”, afirmou.

Quando Samuel Natário fez a reserva, providenciou “toda a documentação necessária para o registo do animal”, seguindo devidamente os passos indicados no site da Ryanair.

Segundo o jornal, a Irlanda e o Reino Unido exigem documentação adicional para provar que o cão foi treinado numa organização da Federação Internacional de Cães-Guia. “A escola de Mortágua é afiliada, mas os funcionários não souberam ver que uma federação inclui muitas escolas”, contou.

A companhia remarcou a viagem no mesmo dia, no entanto, sem o cão-guia. Samuel Natário reclamou junto da Ryanair e da Autoridade Nacional de Aviação Civil.

“Perdi o investimento que fiz na viagem e não cumpri o objetivo da mesma. Porquê? Pela falta de informação e profissionalismo dos colaboradores da Ryanair”, explicou ao DN.

ZAP //

PARTILHAR

11 COMENTÁRIOS

  1. Pois, quem estará por trás desta campanha contra a Ryanair? Com que interesses?
    Suscita-me muita curiosidade tamanho interesse em denegrir a imagem da Ryanair, assim como me suscita grande espanto que nos dias de hoje a carneirada vá atrás do engodo e seja manipulada com tanta facilidade.
    No mínimo, interessante!

    • A Ryanair soma e segue nas ilegalidades. Espero que paguem ao senhor a indemnização devida por este ter perdido o voo. É muito triste assistir a este tipo de situações que envolvem pessoas com deficiências físicas que as impossibilitam de ter uma vida normal igual às outras sem esses problemas, em especial quando empresas violam a lei no fim de aceitarem toda a burocracia que já havia sido tratada anteriormente. Acidentes acontecem sempre e impedirem um invisual de proseguir sem o seu cão guia é um grande acidente. Este cão não é um animal de estimação mas sim os olhos deste cego. Felizmente que não podem impedir os outros passageiros de viajar sem os olhos.

    • E assim fugimos completamente à questão. Diga-me por favor quando vai voar em alguma companhia, com uma questão destas fico com receio que se torne agressivo e que com os stresses possa ferir outros passageiros! Também não quero nunca viajar num avião com “cães” assim.

  2. Não é que sejam os melhores do mundo, e, no que toca a comunicação, sou o primeiro a dizer que é o seu maior problema: pura e simplesmente comunicam mal ou não comunicam e os passageiros que aguentem.
    Mas repare-se que (mais uma vez) o problema passou-se na porta de embarque e não no avião pelo que o problema está com a empresa de handling. Viajo muitas vezes com eles e os problemas que já presenciei e vivi estão na esmagadora das vezes na porta de embarque e não dentro do avião.
    Como é costume sempre que há qq coisa que envolva a Ryanair é sempre esta que paga as favas… Dá jeito a certas companhias aéreas…

        • Não, da empresa que a contracta.

          Na aviação, a companhia aérea contrata a maioria dos serviços, inclusive os aviões.
          Se o obvio viajar na tap e comer a bordo, de quem é a responsabilidade da comida, da TAP certo? Mas a refeição é servida pela cateringpor!, mas quem define o que voce come é a companhia aérea.
          Se viajar na easyJet e o avião tiver problemas de quem é a responsabilidade? o avião é contratado a airbus !!!

          Os serviços de handling são contratados pela Ryanair, seguem as regras da companhia, logo são responsabilidade da Ryanair, se falharam o contracto com Ryanair, sera um problema da Ryanair e não do passageiro.

          O bilhete de aviação pressupõem um contracto entre o passageiro e a companhia aérea, não entre o passageiro e a empresa de handling, voce pode escolher a companhia aérea e não a empresa de handling.

          Logo, o obvio, é que este desastre de RP é da responsabilidade da Ryanair e não dos serviços contratados.

RESPONDER

Após 2 anos preso, Pedro Dias assume três homicídios e diz-se arrependido

Pedro Dias, conhecido pelos homicídios de Aguiar da Beira, manifesta-se arrependido pelos crimes por que foi condenado a 25 anos de prisão, após cumprir dois anos da pena. Um arrependimento que é também um assumir …

Orçamento da UE. Proposta agrava corte de Portugal na coesão em 2 mil milhões

A proposta do presidente do Conselho Europeu, Charles Michel, prevê um corte de 2 mil milhões de euros no envelope da coesão para Portugal. Os chefes de Estado e de Governo da União Europeia iniciaram esta …

Russos atormentam Estados Unidos outra vez. Presidenciais são o alvo

Os serviços secretos norte-americanos estão convencidos de que os russos estão, novamente, a tentar influenciar as presidenciais daquele país. Faltam nove meses para as eleições presidenciais norte-americanas, mas já há suspeitas de que os russos estão …

Processo obscuro e pouco transparente. Expansão do Metro do Porto cria mal-estar

O alargamento do Metro do Porto está a criar mal-estar entre algumas autarquias da área Metropolitana do Porto. Os autarcas falam num processo obscuro e pouco transparente. O protocolo para consolidação da expansão da rede de …

Barcelona contrata jogador com o mercado fechado (mas Leganés não pôde fazer o mesmo)

O Barcelona foi autorizado a contratar um jogador com o mercado fechado, mas o pedido do Leganés foi rejeitado. O clube perdeu Braithwaite para o clube catalão. O FC Barcelona anunciou, esta quinta-feira, a contratação do …

Portugueses gastam 160 euros por ano na "epidemia das raspadinhas". 11 vezes mais do que os espanhóis

De acordo com um estudo recente, há cada vez mais pessoas a chegarem aos consultórios médicos com a doença do jogo patológico desencadeada pela raspadinha. Num artigo científico publicado na The Lancet, Pedro Morgado e Daniela …

Direita chega ao jogo das comissões no MB Way. PSD e Chega juntam-se ao PS

O PSD quer alargar serviços dentro das contas de baixo custo e incluir transferências via a aplicação da SIBS. O Chega quer eliminar custos nessas transações. Depois da esquerda, é a vez da direita marcar terreno …

Fãs de Kobe Bryant em luto estão a deixar flores na sepultura errada

Numa tentativa de prestar homenagem ao ex-basquetebolista, vários fãs de Kobe Bryant em luto estão a deixar flores na sua sepultura. O problema é que o têm na campa de outra pessoa. Quase um mês depois …

Precários das escolas ganham menos 170 euros por mês ao entrarem nos quadros

Nas escolas, os psicólogos que passem a efetivos através do PREVPAP passam a ganhar menos 170 euros por mês. Há outros trabalhadores na mesma situação. Os psicólogos precários que trabalham em escolas passam a ganhar menos …

Numa Liga Europa "aportuguesada", o Sporting foi o único a rugir

O Sporting foi a única equipa portuguesa a conseguir vencer nos 16-avos-de-final da Liga Europa. Benfica, FC Porto e SC Braga saíram derrotados dos seus respetivos jogos. A Liga Europa é casa dos emblemas portugueses esta …