Caverna em Maiorca mostra que a água do mar subiu 16 metros há milhares de anos (e pode voltar a acontecer)

Escondida na costa nordeste da ilha espanhola de Maiorca, encontram-se as Cuevas de Artà, uma enorme rede de caverna repleta de estalagmites e estalactites.

Estas formações rochosas naturais dominam espaços cavernosos com nomes como a “Câmara do Purgatório” ou a “Câmara do Inferno” – mas a caverna Artà guarda um segredo antigo, revela agora um novo estudo.

Na nova investigação, uma equipa internacional de cientistas analisou depósitos minerais chamados espeleotemas dentro da Caverna Artà. Os espeleotemas, que incluem estalagmites e estalactites, assumem várias formas diferentes e desenvolvem-se lentamente à medida que precipitam nas reações químicas à base de água que ocorrem ao longo de dezenas a centenas de milhares de anos.

A análise desses depósitos geoquímicos pode dizer muito sobre as condições ambientais quando essa formação mineral surgiu.

No novo estudo, publicado no fim de agosto na revista especializada Nature, os cientistas analisaram caraterísticas chamadas supercrescimentos freáticos, que se formam dentro de cavernas, quando estas são inundadas pelo aumento da água do oceano.

Dentro da rede de cavernas, a equipa liderada pela geoquímica Oana Dumitru, da Universidade do Sul da Florida, identificou seis dessas formações de supercrescimento, encontradas em vários locais dentro da caverna e em elevações que variavam de 22,5 a 32 metros acima do nível do mar.

A análise das amostras extraídas desses supercrescimentos data dos depósitos de entre 4,39 a 3,27 milhões de anos atrás, indicando que se formaram durante a época do Plioceno, o último grande período de aquecimento da Terra, quando árvores até cresceram no Polo Sul. Mas isso não é tudo o que os investigadores descobriram.

Um intervalo durante o Plioceno Tardio, chamado Período Quente do Meio Piacenziano, é frequentemente considerado um tipo de análogo para o futuro aquecimento antropocêntrico. Isto porque as condições atmosféricas de dióxido de carbono eram comparáveis ​​às de hoje (cerca de 400 ppm) e o mundo estava entre 2 a 3°C mais quente do que uma temperatura média global pré-industrial.

Durante esse período, os cientistas descobriram que o nível médio global do mar estava a 16,2 metros acima do nível atual. De acordo com a equipa, é provável que, mesmo que o CO2 atmosférico se estabilize onde está hoje, o nível do mar provavelmente subirá inevitavelmente novamente às mesmas altitudes, embora reconheçam que possa demorar centenas ou milhares de anos.

“Considerando os padrões atuais de derretimento, a extensão do nível do mar provavelmente seria causada pelo colapso das camadas de gelo da Gronelândia e da Antártica Ocidental”, explicou Dumitru em comunicado.

Assim, escreve o ScienceAlert, se os humanos não são capazes de estabilizar ou reduzir o carbono atmosférico e outros gases de efeito estufa que capturam calor, poderíamos observar até 23,5 metros de elevação do nível do mar – algo que o mundo testemunhou pela última vez há quatro milhões de anos atrás, quando as temperaturas eram até 4°C superiores aos níveis pré-industriais.

Por outro lado, se conseguirmos manter com sucesso os aumentos acima da temperatura pré-industrial de 1,5 a 2ºC, estudos anteriores publicados no ano passado indicam que o aumento do nível do mar pode estar limitado entre dois a seis metros acima do atual nível do mar.

O objetivo científico dos invetsigadores é usar a química antiga contida na caverna Artà para ajustar a calibração dos futuros modelos de placas de gelo.

ZAP //

 

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Quem eram os estupores que andavam a fazer “Eras Industriais” na altura ?!?!?! Quando percebem que não há nada a fazer porque a intervenção da actividade humana neste aquecimento global é minima?

RESPONDER

PSD a 3 deputados da maioria na Madeira. CDS afasta geringonças

Miguel Albuquerque, político experiente, apreciador de música e apaixonado por rosas, voltou hoje a vencer as eleições regionais da Madeira, mas tem agora pela frente a ‘espinhosa’ tarefa de negociar um entendimento que garanta estabilidade …

Porto 2-0 Santa Clara | E vão cinco vitórias consecutivas na Liga

O FC Porto respondeu ao triunfo do Benfica no sábado em Moreira de Cónegos com a quinta vitória consecutiva na Liga, na recepção ao Santa Clara, por 2-0. Num jogo morno, com uma segunda parte mal jogada …

Mazda entra na corrida e prepara lançamento do seu primeiro carro elétrico

A Mazda garantiu o lançamento do seu primeiro carro elétrico já no próximo ano. O veículo será apresentado no Salão Automóvel de Tóquio. A corrida dos veículos elétricos acelera a todo o vapor e a Mazda …

Descobertas evidências de um reino bíblico em pleno deserto israelita

A bíblia faz referência a um reino de Edom, do século X antes de Cristo. Novas evidências sugerem que este reino poderá ter estado assente no deserto de Arava, no Israel. A análise de arqueólogos a …

PSD vence regionais na Madeira mas perde maioria absoluta

O PSD venceu hoje as eleições legislativas regionais na Madeira, com 37% a 41% dos votos, o que lhe retira a maioria absoluta no parlamento, segundo a projeção da RTP/Católica. O Partido Social Democrata venceu as …

No Afeganistão, há mulheres a arriscar a vida por um golo

As jogadores da seleção de futebol feminino do Afeganistão não treinam no seu país por razões de segurança. Muitas sofreram abusos sexuais e correm risco de vida para poderem jogar futebol. Pelo menos alguma vez na …

Cientista diz que avanços científicos podem levar à extinção humana

A evolução da ciência e tecnologia pode ser fundamental para evitar catástrofes, mas, ironicamente, pode também ser a causadora do fim da nossa espécie. O estudo das mudanças climáticas baseia-se em simulações cada vez mais de …

A ilha mais remota do mundo tem nome português

Tristão da Cunha é uma ilha com apenas 250 habitantes, onde ninguém fala português. Não há hotel nem aeroporto. Há quem parta em busca de um lugar sossegado para evitar as grandes multidões turísticas. Caso esteja …

Costa não tinha dúvidas. O parecer da PGR sobre familiares é “absolutamente inequívoco”

O secretário-geral do PS, António Costa, defendeu hoje que o parecer da Procuradoria-Geral da República (PGR) sobre as incompatibilidades entre governantes e negócios com empresas de familiares é “absolutamente inequívoco”. “O parecer é absolutamente inequívoco sobre …

Jovens do mundo inteiro ocupam a ONU em inédita Cimeira do Clima

Mais de 500 jovens, representantes de mais de 140 países, ocuparam este sábado o espaço habitualmente destinado aos diplomatas da ONU. A United Nations Youth Climate Summit, primeira cimeira da juventude sobre o clima, em Nova …