A causa do Alzheimer pode ter sido encontrada (na nossa boca)

Elisa Paolini / Flickr

Um estudo levado a cabo por uma empresa farmacêutica norte-americana alegou ter encontrado a causa da doença de Alzheimer. O vilão seria a Porphyromonas gingivalis, uma bactéria associada a diversos tipos de periodontites – doenças inflamatórias em tecidos da cavidade bucal, como a gengivite.

As doenças periodontais afetam cerca de um terço da população mundial, e um novo medicamento que bloqueia as principais toxinas da bactéria associada a estas patologias passará por importantes testes clínicos ainda este ano.

A pesquisa, publicada esta quarta-feira na revista científica Science Advances, afirma que este novo medicamento tem o potencial para parar e até reverter o Alzheimer – incluindo ainda a possibilidade de haver uma vacina.

A doença de Alzheimer é um dos maiores mistérios da medicina. Com o aumento da esperança média de vida ao longo das últimas décadas, os casos de demência dispararam, tornando esta condição a quinta maior causa de morte em todo o mundo. Embora o Alzheimer represente cerca de 70% destes casos, a sua causa continua por definir.

A doença é frequentemente associada à acumulação das proteínas tau e beta-amiloide no cérebro. A principal teoria defende que o Alzheimer surge do controlo defeituoso destas duas proteínas. No entanto, pesquisas recentes concluíram que as pessoas podem ter placas amiloides sem se registar demência, colocando assim em xeque esta hipótese.

Várias equipas de investigação científica têm investigado a bactéria Porphyromonas gingivalis. Até o momento, os cientistas descobriram que bactéria invade e inflama as regiões do cérebro afetadas pela doença do Alzheimer.

Outros estudos concluíram também que infeções de gengiva podem piorar os sintomas em cobaias (ratos de laboratório) que foram geneticamente modificados para ter Alzheimer, e que podem causar inflamações no cérebro semelhantes ao Alzheimer, bem como danos neuronais em ratos saudáveis.

“Quando a Ciência converge de vários laboratórios independentes, é bastante convincente”, disse Casey Lynch, da empresa farmacêutica Cortexyme, sediada na cidade de São Francisco, na Califórnia.

Estudo da farmacêutica Cortexyme

A Cortexyme relatou ter encontrado enzimas tóxicas que a bactéria Porphyromonas gingivalis usa para se alimentar do tecido humano – as chamadas gingipains – em 96% das 54 amostras analisadas de cérebros com Alzheimer. A equipa também identificou a mesma bactéria em todos os três cérebros com Alzheimer cujos DNAs foram examinados.

A Porphyromonas gingivalis foi ainda encontrada no líquido da espinal medula de pessoas vivas com a patologia de Alzheimer – descoberta que pode ajudar no desenvolvimento de um método mais eficaz para diagnosticar a doença.

A Cortexyme já havia desenvolvido moléculas que bloqueiam as enzimas tóxicas gingipains. Testadas em ratos, estas moléculas reduziram as suas infeções, interromperam a produção da proteína amiloide, diminuíram a inflamação cerebral e até recuperaram neurónios que tinham sido danificados.

O antibiótico que mata a bactéria Porphyromonas gingivalis fez a mesma coisa, mas com menos eficácia, e as bactérias rapidamente desenvolveram resistência – o que não ocorreu com os bloqueadores das enzimas tóxicas.

Em outubro, a farmacêutica norte-americana revelou que o melhor dos seus bloqueadores passou nos testes iniciais de segurança em pessoas. Ainda durante este ano, a empresa pretende lançar um teste mais amplo do medicamento.

Por sua vez, uma equipa de cientistas em Melbourne, na Austrália, tem trabalhado no desenvolvimento de uma vacina contra a Porphyromonas gingivalis, tendo os testes clínicos sido iniciados em 2018. Uma vacina contra a periodontite seria um grande avanço da medicina – e, se a vacina também conseguir ajudar a deter o Alzheimer, o impacto poderá ser enorme.

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Titulo:
    “A causa do Alzheimer pode ser sido encontrada (na nossa boca)”
    Correção:
    ” A causa do Alzheimer pode ter sido encontrada (na nossa boca)”

  2. tal como muitas outras, diabetes, etc isto são doenças autoimunes….e o resto são tretas.

    aliás há já médicos a chamarem a esta a que a notícia faz referência, a diabetes 3.

RESPONDER

Tondela vs Porto | Dragões garantem vantagem para o Clássico

O FC Porto fez o que lhe competia para garantir que chegava ao “clássico” do próximo sábado, com o Benfica, no primeiro lugar do campeonato. Na visita ao Tondela, os “dragões” não deram grandes veleidades …

Enfermeiras suspeitas de sabotar hospital com baratas. Queriam emprego melhor

Enfermeiras das emergências de um hospital italiano terão, alegadamente, libertado baratas no seu departamento. O objetivo era conseguirem uma transferência para outro hospital. As autoridades sanitárias da região de Nápoles abriram uma investigação a um caso …

Cancro do colo do útero pode ser extinto até 2100

Todos os anos, o cancro do colo do útero é a causa de morte de mais de 300 mil mulheres em todo o mundo - mas pode ser extinto até 2100. No ano passado, o diretor-geral …

Fortnite retira anúncios do YouTube para fugir aos predadores sexuais

A produtora de videojogos que criou o Fortnite, muito popular entre jovens e crianças, decidiu retirar os anúncios publicitários do YouTube por temer que estes apareçam ao lado de comentários publicados por pedófilos. A empresa norte-americana …

O alpinista sem pernas que chegou ao cume do Everest foi premiado com o "Momento do Ano"

Um alpinista chinês de 69 anos, que tem ambas as pernas amputadas, conseguiu chegar ao topo do Evereste em maio de 2018. A perseverança de Xia Boyu valeu-lhe nesta semana um prémio.  Em 1975, Xia Boyu …

Numa empresa neozelandesa só se trabalham quatro dias por semana (mas a produtividade aumentou)

Em março e abril do ano passado, uma empresa neozelandesa implementou um novo modelo laboral: trabalhar apenas quatro dias por semana. O estudo final foi publicado esta terça-feira e as conclusões mostram resultados animadores. Quase um …

Portugueses não sabem fazer queixa contra discriminação (e acham que não vale a pena)

Quase toda a gente já ouviu falar de discriminação ou crimes de ódio, mas a maioria tem dificuldade em distinguir os conceitos, desconhece o que fazer perante um caso ou a quem recorrer para fazer …

Imigrantes que entraram ilegais em Portugal terão visto desde que tenham um ano de descontos

Os imigrantes que se encontram em Portugal a trabalhar e a descontar para a Segurança Social há pelo menos 12 meses vão poder ter a autorização de residência mesmo que não tenham entrado no país …

Estudantes no Porto até aos 15 anos vão andar gratuitamente de metro e autocarro

A Câmara do Porto vai garantir passes gratuitos para residentes estudantes na cidade até aos 15 anos, complementando a medida do Governo que prevê a gratuitidade do título de transporte até aos 12 anos. O anúncio …

Ryanair e Wizz Air multadas por restrições na bagagem de mão

A autoridade da concorrência italiana aplicou nesta quinta-feira uma multa de três milhões de euros à companhia aérea Ryanair e de um milhão de euros à Wizz Air, outra low cost, pelo suplemento aplicado à …