A causa do Alzheimer pode ter sido encontrada (na nossa boca)

Elisa Paolini / Flickr

Um estudo levado a cabo por uma empresa farmacêutica norte-americana alegou ter encontrado a causa da doença de Alzheimer. O vilão seria a Porphyromonas gingivalis, uma bactéria associada a diversos tipos de periodontites – doenças inflamatórias em tecidos da cavidade bucal, como a gengivite.

As doenças periodontais afetam cerca de um terço da população mundial, e um novo medicamento que bloqueia as principais toxinas da bactéria associada a estas patologias passará por importantes testes clínicos ainda este ano.

A pesquisa, publicada esta quarta-feira na revista científica Science Advances, afirma que este novo medicamento tem o potencial para parar e até reverter o Alzheimer – incluindo ainda a possibilidade de haver uma vacina.

A doença de Alzheimer é um dos maiores mistérios da medicina. Com o aumento da esperança média de vida ao longo das últimas décadas, os casos de demência dispararam, tornando esta condição a quinta maior causa de morte em todo o mundo. Embora o Alzheimer represente cerca de 70% destes casos, a sua causa continua por definir.

A doença é frequentemente associada à acumulação das proteínas tau e beta-amiloide no cérebro. A principal teoria defende que o Alzheimer surge do controlo defeituoso destas duas proteínas. No entanto, pesquisas recentes concluíram que as pessoas podem ter placas amiloides sem se registar demência, colocando assim em xeque esta hipótese.

Várias equipas de investigação científica têm investigado a bactéria Porphyromonas gingivalis. Até o momento, os cientistas descobriram que bactéria invade e inflama as regiões do cérebro afetadas pela doença do Alzheimer.

Outros estudos concluíram também que infeções de gengiva podem piorar os sintomas em cobaias (ratos de laboratório) que foram geneticamente modificados para ter Alzheimer, e que podem causar inflamações no cérebro semelhantes ao Alzheimer, bem como danos neuronais em ratos saudáveis.

“Quando a Ciência converge de vários laboratórios independentes, é bastante convincente”, disse Casey Lynch, da empresa farmacêutica Cortexyme, sediada na cidade de São Francisco, na Califórnia.

Estudo da farmacêutica Cortexyme

A Cortexyme relatou ter encontrado enzimas tóxicas que a bactéria Porphyromonas gingivalis usa para se alimentar do tecido humano – as chamadas gingipains – em 96% das 54 amostras analisadas de cérebros com Alzheimer. A equipa também identificou a mesma bactéria em todos os três cérebros com Alzheimer cujos DNAs foram examinados.

A Porphyromonas gingivalis foi ainda encontrada no líquido da espinal medula de pessoas vivas com a patologia de Alzheimer – descoberta que pode ajudar no desenvolvimento de um método mais eficaz para diagnosticar a doença.

A Cortexyme já havia desenvolvido moléculas que bloqueiam as enzimas tóxicas gingipains. Testadas em ratos, estas moléculas reduziram as suas infeções, interromperam a produção da proteína amiloide, diminuíram a inflamação cerebral e até recuperaram neurónios que tinham sido danificados.

O antibiótico que mata a bactéria Porphyromonas gingivalis fez a mesma coisa, mas com menos eficácia, e as bactérias rapidamente desenvolveram resistência – o que não ocorreu com os bloqueadores das enzimas tóxicas.

Em outubro, a farmacêutica norte-americana revelou que o melhor dos seus bloqueadores passou nos testes iniciais de segurança em pessoas. Ainda durante este ano, a empresa pretende lançar um teste mais amplo do medicamento.

Por sua vez, uma equipa de cientistas em Melbourne, na Austrália, tem trabalhado no desenvolvimento de uma vacina contra a Porphyromonas gingivalis, tendo os testes clínicos sido iniciados em 2018. Uma vacina contra a periodontite seria um grande avanço da medicina – e, se a vacina também conseguir ajudar a deter o Alzheimer, o impacto poderá ser enorme.

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Titulo:
    “A causa do Alzheimer pode ser sido encontrada (na nossa boca)”
    Correção:
    ” A causa do Alzheimer pode ter sido encontrada (na nossa boca)”

  2. tal como muitas outras, diabetes, etc isto são doenças autoimunes….e o resto são tretas.

    aliás há já médicos a chamarem a esta a que a notícia faz referência, a diabetes 3.

RESPONDER

Maior manifestação de sempre em Hong Kong leva Governo a pedir desculpa

Seis horas depois do início da marcha de protesto contra a lei da extradição, “uma multidão nunca vista” continuava a inundar as ruas de Hong Kong este domingo, na “maior manifestação de sempre”, disseram vários …

Mais de 200 ex-políticos acumulam subvenções vitalícias e reformas

Quase quinze anos depois de o Parlamento ter decidido acabar com as subvenções vitalícias, existem ainda 322 beneficiários de subvenções mensais vitalícias para antigos políticos. Destes, 216 têm uma acumulação de pensão e subvenção superior …

Mulher de Netanyahu considerada culpada de usar dinheiros públicos em refeições de luxo

A mulher do primeiro-ministro israelita foi, no domingo, considerada culpada do uso indevido de dinheiros públicos e condenada a pagar uma multa, segundo uma decisão do tribunal de Jerusalém. Acusada em junho de 2018 por fraude, …

Incêndio catastrófico destruiu a "Pompeia britânica" um ano depois de ser construída

O assentamento incrivelmente preservado na Idade do Bronze, denominado "Pompeia britânica", foi destruído por um incêndio um ano depois de ser construído. Um novo estudo, publicado na revista Antiquity, revela novos detalhes sobre Must Farm, uma …

Marcelo responde à Fenprof: uma “história mal amanhada”

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, considerou este domingo incompreensíveis as críticas da federação dos professores, que o acusou de não ser Presidente de todos os portugueses. O Presidente da República advertiu que, “por …

"Onde está o Boris?". Channel 4 marca ausência de favorito à liderança do Partido Conservador com cadeira vazia

A ausência de Boris Johnson, o favorito para ganhar a eleição interna no partido Conservador para suceder à primeira-ministra britânica, Theresa May, foi este domingo simbolizada por um lugar vazio num debate televisivo com os …

Os humanos podem ter sido destinados a reinar sobre a Terra (e já sabemos porquê)

Se voltássemos atrás no tempo, a aleatoriedade dos eventos mudaria completamente o nosso caminho evolucionário. No entanto, os cientistas descobriram que os inúmeros trilhos possíveis poderiam não evitar que fossem os humanos a espécie dominadora. O …

Mau tempo nos Açores faz nove desalojados

Nove pessoas tiveram de ser realojadas na ilha Terceira, no domingo, devido ao mau tempo que está a afetar os grupos central e oriental dos Açores, informou o Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros …

Argentina e Uruguai estiveram completamente às escuras no domingo

Uma avaria deixou sem energia, este domingo, praticamente todo o território da Argentina e do Uruguai, além de partes do Brasil e do Paraguai, anunciaram as empresas fornecedoras de eletricidade. "Uma falha maciça no sistema de …

Novo laser ataca e mata células cancerígenas da corrente sanguínea em tempo real

Uma equipa de cientistas da Universidade de Arkansas testou com sucesso um laser que encontra e mata células cancerígenas - tudo do lado de fora da pele. A ideia é matar as células cancerígenas antes que …