Caso de ébola detetado em cidade com mais de dois milhões de habitantes

Hamid Abdulsalam / UNAMID Photo / Flickr

As autoridades de saúde detetaram o primeiro caso de ébola na cidade de Goma, na República Democrática do Congo, onde vivem mais de dois milhões de pessoas, confirmou no domingo o ministro da Saúde congolês.

De acordo com a agência Associated Press, o primeiro caso confirmado em Goma, que faz fronteira com o Ruanda, é um pastor que esteve na cidade de Butembo, avançou o Sapo 24, que cita a agência Lusa.

Esta confirmação marca uma escalada no surto de ébola na República Democrática do Congo, que começou em agosto de 2018 e é já o segundo mais mortífero da história. Mais de 1.600 pessoas morreram na zona leste do país quando o vírus se espalhou em zonas demasiado perigosas para o acesso das equipas de saúde.

Esta semana, o ministério da Saúde congolês anunciou que não vai autorizar a realização de novos tratamentos experimentais para combate ao ébola, para evitar “confusão” entre a população. O departamento governamental explicou que tem doses suficientes da vacina rVSV-ZEBOV, também ela um tratamento experimental da farmacêutica alemã Merck.

A rVSV-ZEBOV tem sido utilizada quase desde o início do surto e tem apresentado bons resultados, tendo sido já administrada a 158.830 pessoas, segundo o mais recente boletim do Ministério da Saúde. Em junho, a farmacêutica anunciou que iria utilizar as suas instalações norte-americanas para produzir mais unidades da vacina.

O combate à epidemia de ébola na República Democrática do Congo tem sido dificultado pela presença de um conflito armado nas principais áreas afetadas, assim como por uma desconfiança da população na intervenção médica.

USAID_IMAGES / Flickr

Estas condicionantes levaram o Ministério da Saúde a rejeitar a introdução de novos tratamentos que poderiam surgir e que envolveriam a realização de novos testes com componentes sem uma eficácia provada cientificamente.

A posição do Governo surgiu depois de a agência Centros de Controlo e Prevenção de Doenças (CDC), dos Estados Unidos (EUA), ter anunciado a descoberta, em testes laboratoriais, de dois tratamentos eficazes no combate à estirpe do vírus presentes no país da África Central.

A investigação realizada pelos cientistas da CDC, cujos resultados foram divulgados na Lancet Infections Diseases, mostra que os tratamentos experimentais com base de ‘Remdesivir’ (antiviral) e ‘ZMapp’ (anticorpos) “bloquearam o crescimento de microrganismos do vírus que causa o ébola nas células humanas em laboratório”.

A doença, que pode atingir uma taxa de mortalidade de 90% caso não seja tratada com brevidade, provocou 1.647 mortos, 1.553 dos quais confirmados em laboratório, em menos de um ano, tornando-se na segunda epidemia mais mortífera da história, apenas atrás daquela que atingiu a África Ocidental em 2014.

O vírus do ébola transmite-se através do contacto direto com sangue ou fluídos corporais contaminados e provoca uma febre hemorrágica.

TP, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Protesto em Hong Kong juntou mais de 1,7 milhões de manifestantes

Mais de 1,7 milhões de pessoas manifestaram-se no domingo, em Hong Kong, informou o movimento pró-democracia que tem liderado os grandes protestos contra a lei da extradição, desde o início de junho. Em conferência de imprensa, …

Medvedev entra no top 5 mundial do ténis. Pedro Sousa sobe 23 lugares

Medvedev, de 23 anos, que nunca tinha vencido um torneio de categoria Masters 1000, subiu três posições e figura pela primeira vez entre os cinco primeiros da tabela. O russo Daniil Medvedev, vencedor do torneio Masters …

Só 2% das escolas em Portugal têm desfibrilhadores

Apenas 129 dos 5.909 estabelecimentos de ensino em Portugal têm desfibrilhadores automáticos externos (DAE), o que representa 2,1%. Os dados recolhidos pelo Jornal de Notícias são do INEM, que assegura ainda que nas comunidades escolares existem …

Cerca de oito mil pessoas retiradas da Grã Canária devido a incêndio

Cerca de oito mil pessoas foram retiradas das suas casas em várias cidades no norte da Grã Canária na sequência do incêndio florestal que lavra desde sábado naquela ilha espanhola. De acordo com a agência de …

Guerra aberta no PSD/Porto. Líder local desafiado a demitir-se

Hugo Neto escreveu mensagem dura contra Rui Rio e agora recebeu uma carta de militantes do Porto pedindo-lhe que se demita, acusado de falta de "caráter, lealdade, responsabilidade e espírito de serviço". "Expostos os motivos pessoais, …

SNMMP promete greve cirúrgica caso acordo com a Antram falhe

Caso as negociações entre o SNMMP e a Antram falhem, o sindicato poderá voltar a fazer greve. Rui Rio acusou o Governo de montar "um circo com fins eleitorais". Depois de no domingo o Sindicato Nacional …

Taxa das bebidas açucaradas subiu preços (mas não reduziu hábitos de consumo)

Apesar dos aumentos de preço impostos aos refrigerantes, devido à taxa introduzida pelo Governo em 2017, não foram registadas menos vendas. O objetivo da medida, que pretendia incentivar a redução do consumo de bebidas açucaradas, parece …

Caos, fronteiras fechadas e falta de combustível, comida e medicamentos. Eis os efeitos do Brexit sem acordo

Documentos oficiais divulgados este domingo pelo jornal Sunday Times alertam que uma saída do Reino Unido da União Europeia (UE) sem acordo vai implicar um período de escassez de combustível, alimentos e medicamentos e o …

A NASA já escolheu os lugares de pouso no “Asteróide do Apocalipse”

Depois de mais de oito meses a explorar o asteróide Bennu, também conhecido como o "Asteróide do Apocalipse", a NASA já escolheu quatro áreas na sua superfície onde a nave espacial da missão OSIRIS-REx irá …

Avaria na principal central elétrica de Timor-Leste deixou o país sem luz

Grande parte do território de Timor-Leste, com exceção do enclave de Oecusse, esteve este domingo sem luz durante cerca de três horas devido a uma avaria na principal central elétrica do país, em Hera, a …