Cartaz com Jesus gera críticas e paródias. Um erro, dizem Marisa e Louçã

Esquerda.Net / Flickr

A eurodeputada Marisa Matias, do Bloco de Esquerda (BE)

A eurodeputada Marisa Matias, do Bloco de Esquerda, acha que o cartaz “saiu ao lado” e “foi um erro”.

O cartaz “Jesus também tinha dois pais”, lançado pelo Bloco de Esquerda para assinalar a aprovação da adopção por casais do mesmo sexo, está a incomodar até no seio do próprio partido e Marisa Matias assume que foi “um erro”.

A candidata presidencial bloquista considera na sua página do Facebook que o cartaz “saiu ao lado da intenção que se pretendia” e diz que “foi um erro”.

Uma ideia que defendeu na resposta a um utilizador da rede social que lhe perguntou o que ela achava do cartaz, num tópico onde a eurodeputada partilhou uma foto do concerto de Sérgio Godinho e de Jorge Palma no Coliseu.

Até ao momento, mais nenhuma figura do Bloco de Esquerda (BE) se manifestou relativamente ao cartaz, mas os média atestam que está a causar desconforto entre vários deputados do partido.

Marisa Matias / Facebook

-

O ex-líder do BE, Francisco Louçã, assumiu no entanto, no seu espaço semanal de opinião na SIC Notícias, que a ideia “não foi oportuna”, defendendo que o assunto da adopção por casais homossexuais “não deve atravessar-se sobre a religião”.

Elementos da Igreja Católica consideram o cartaz ofensivo e até mentiroso – como defende nomeadamente o patriarca de Lisboa, D. Manuel Clemente, em declarações ao DN.

Ao veicular a ideia de que Jesus foi criado por dois pais, o cartaz “falseia uma verdade” e “desqualifica quem a propaga”, salienta D. Manuel Clemente.

Há ainda quem defenda que o cartaz é sexista por esquecer o papel de Maria na educação de Jesus.

Entre os partidos de esquerda, impera um ensurdecedor silêncio, ditado por uma aliança que pode soçobrar ao mínimo detalhe. Mas a Direita não perde a oportunidade para atacar o BE.

Do lado do PSD, o deputado Fernando Negrão diz que o cartaz é “lamentável naquilo que traduz de desrespeito pelas crenças religiosas“.

Já pelo CDS-PP, o deputado Pedro Mota Soares fala de uma “ofensa gratuita à sensibilidade de muitos portugueses, crentes ou não crentes”.

Entretanto, um grupo de jovens católicos criou uma petição na Internet reclamando um “pedido de desculpas” do BE  “a todos os portugueses” por considerarem que o partido teve o claro “propósito de ofender a comunidade católica portuguesa”.

Pelas redes sociais, o assunto continua a causar muito burburinho e, se há quem se manifeste indignado com o Bloco, alguns preferem brincar com a situação, havendo já inúmeras paródias ao cartaz original a correr na internet, com versões para todos os gostos.

Jesus Também / Facebook

-

Novo cartaz do BE!

Posted by Miguel Mendonca on Friday, February 26, 2016

SV, ZAP

PARTILHAR

15 COMENTÁRIOS

  1. Eu sou dos que concordam em absoluto com o cartaz do BE que nos diz que: JESUS TAMBÉM TINHA DOIS PAIS.
    Ora todos sabemos que um dos pais estava na Terra e o outro no Céu por isso não vejo onde está o problema do cartaz.
    Há muita gente cuja mãe viúva se voltou a casar sendo o padrasto um segundo Pai

  2. De acordo com os livros e registos históricos, na vida de Jesus não faltaram as figuras Paterna e Materna. Certamente Jesus não dispensou a Mãe ou o Pai até ao seu ultimo suspiro na cruz. Como todos sabem, religiosos ou não, os pais de Jesus tiveram grande influencia na sua educação e na sua vida. Quanto ao cartaz: atenção Bloco, os votos são difíceis de ganhar e muito fáceis de perder.

  3. Realmente o BE às vezes passa-se! E isto era de todo desnecessário, porque a causa até já foi ganha. Antes de fazerem gracinhas, deviam pensar naquilo que podem perder. Têm tanto trabalho para conquistar a confiança dos portugueses, como conquistaram, provam-no os resultados das últimas eleições, e depois deitam tudo a perder com umas gracinhas inúteis e sem graça. Ou será que ainda não tinham dado conta de que brincar com a religião nunca dá bom resultado? Contem agora com a fatura que vem por aí…

  4. Estes Trotzkistas, comunistas da 4ª Internacional, vindos do restolho do PSR de 75, com artes e manhas de sempre esconderem a sua verdadeira identidade ao povinho ignaro e distraído, armam-se em finos e não têm respeito por nada nem por ninguém…..Como vegetamos numa Ditadura travesti, dita democrática, dirigida por garotos-capatazes traidores, politicamente corruptos, estes fantoches aparecem com agendas “travestis” de suposta “libertação” justiceira e levam alguns incautos. Prenhes de embófia achincalham tudo e todos!

    A verdadeira questão é esta : se este lixo não nos respeita porque é que havemos de ter qualquer consideração por tal gentuça ? Escumalhos……!!!

  5. Eu sou a favor da liberdade sexual… acho que cada um deve fazer o que mais quiser e o fizer sentir bem, mas sou contra o slogan do cartaz, Deviam ter colocado outra frase, não esta de mau gosto? Foi mal interpretada? Claro que foi, porque não pensaram que poderiam ferir susceptibilidades. Não sou beata, mas acho que o conteúdo do cartaz poderia ter sido diferente, de forma a não ferir os fiéis. Concordo com o Dr. F. Louçã e Marisa Matias. Há que separar o trigo do joio, ou seja a política da religião. Por favor, não misturem temas que nada têm a ver uns com os outros…

  6. Assinalar a aprovação da adopção por casais do mesmo sexo com analogia a situações ou acontecimentos de cariz religioso será sempre difícil de explicar e de entender. Não se fica ofendido, fica-se perplexo por ver que afinal, depois de uma vitória politica no Parlamento, um partido de esquerda não se coibiu de “pisar sem querer, claro!” uma possível maioria do povo que não votaria no sentido desta decisão caso a isso fosse chamado. Quanto ao cartaz: Atenção Bloco, o Povo é sereno, até é de maioria de esquerda desorganizada; mas não é inculto.

  7. Esta equipa de lésbicas e seus tentáculos de esquerda têm agora aí como resposta os cartazes acima bem apropriados à sua condição de cidadania.

  8. Concordo com a igreja, ainda há neste Pais quem não tenha sido sodomizado, o resto do pais todos os dias o são por uma cambada parlamentar de pseudónimos que querem ser vistos como cidadão comum mas que trabalha a sodomizar o povo para seu deleite.

  9. Cristo está a rir-se de tanta cretinisse à volta da porcaria do cartaz que não é mais do que um aproveitamento por parte dos contra a adopção e sua facção fascista e chora de pena de alguns idiotas que para discordarem usam frases essas sim ofensivas como “A CATARINA TAMBÉM TINHA 2 NEURÔNIOS, Mas não falavam um com o outro” felizmente ela tem (porque está viva e por muitos e bons anos) mais NEURÔNIOS na cabeça de um dos dedos que o imbecil tem no corpo todo. cresçam, saibam perder e apareçam.

  10. Triplo erro: um Pai e um padrasto – e, precisamente, nenhum ‘pai’. E não, o cuspo não ‘saiu ao lado’, deputada MM: saiu direitinho na vertical e caiu a pique na vertical, acertando em bloco na esperteza saloia da ‘esquerda’. E não só não há analogia teológica, como também não há analogia sexual: um adoptado por um casal homossexual não tem dois pais, tem um, que não é nenhum dos dois. Que falta de imaginação do neurónio esquerdo: uma vez legalizado o harém homossexual, meninas haverá que nascerão com quatro ou cinco mães logo de uma vez. Não devemos ser pobres no pedir, e ‘Jesus também foi crucificado’.

  11. Só um desabafo.
    Todos sabemos que tudo que contraria as regras definidas pela mãe natureza, é uma doença, que devemos e só respeitar.
    Por outro lado, entendo que não deve publicitado como se trata-se de algo de importante, como se fosse ou estivesse na moda.
    Quando observo pessoas e partidos políticos a darem ênfase a esta infelicidade tenho arrepios de indignação.
    Os valores de Pai e Mãe genuínos devem ser respeitados e não banalizados, como têm procurado fazer.
    Se a moda pega, vamos ter uma sociedade se valores e de comportamentos inadequados às regras que a natureza definiu.
    Também entendo que os senhores deputados, tem assuntos muito mais importantes a tratar, que não estas.
    O POVO paga para que os eleitos dêem o exemplo de respeito e nunca o de brincarem com valores que são sérios e ferem as pessoas saudáveis e de boa conduta.

  12. Sem comentários.
    Os humanos acreditam e refletem certos valores que os humanoides não têm. Quando morrerem enterra-se. Como os coelhos. Tudo acaba ali para eles.
    Há-que ter pena. Respeitamos, e pedimos respeito.
    Os humanoides não acreditam. Para quem não acredita tudo acaba com a morte. Vivem apenas a parte animal da vida.
    Até os animais amam os seus filhos. Ser filho de Deus é mais. Nem todos nasceram para serem filhos de Deus.

RESPONDER

Federer acusado de manobrar a tabela ATP

Contas da associação de tenistas foram alteradas por causa do coronavírus. Roger Federer está no quinto lugar mas só disputou um torneio ao longo de 2020. Em ano anormal, contas anormais: a tabela oficial da Associação …

Astrónomo do Instituto SETI garante que vamos encontrar extraterrestres até 2036

Seth Shostak, astrónomo e astrofísico do Instituto SETI (Search for Extraterrestrial Intelligence) está convencido de que os humanos vão encontrar uma civilização extraterrestre inteligente até 2036. “O SETI duplica a velocidade aproximadamente a cada dois anos …

Mais leve e elegante. Assim é a nova e-bike que vai chegar às ruas da Europa

A startup Urban Cycles Oy, com sede em Helsínquia, demarcou uma espécie de lacuna no mercado europeu de bicicletas elétricas e por isso quis preenchê-la. O objetivo era produzir uma bicicleta elegante e mais leve. Um …

Incêndio reduz a maior ilha de areia do mundo a metade. É Património da Humanidade

Quase metade de Fraser, a maior ilha de areia do mundo, que se situa no nordeste da Austrália e foi classificada como Património da Humanidade pela UNESCO, foi destruída por um incêndio florestal. O incêndio queimou …

"Toca de bruxaria" permaneceu até agora numa casa do século XVI. Encontrados crânios de cavalo e veneno

Uma casa cheia de objetos ocultos foi recentemente alvo de grande interesse. O espaço estava localizado dentro de numa casa do século XVI no País de Gales, e encontrava-se repleto de objetos ocultos, incluindo crânios …

Em 1843, o primeiro cartão de Natal foi considerado "escandaloso" (agora vai ser leiloado pela Christie)

Um exemplar do primeiro cartão de Natal impresso comercialmente, em 1843, que retratava uma cena da era vitoriana que escandalizou a população, vai ser posto à venda esta sexta-feira e é considerado um item raríssimo. Este …

Marcelo quer alívio de restrições no Natal sem pôr em xeque janeiro

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, afirmou esta sexta-feira esperar que a "possível exceção" no Natal ao quadro de restrições para conter a covid-19 "seja bem entendida e bem vivida" e não provoque …

Bill Gates diz que o mundo estará de volta à normalidade já na primavera de 2021

Bill Gates, que desde 2015 tinha vindo a lançar alguns alertas sobre uma possível pandemia, deixou agora uma mensagem de esperança ao dizer que acredita que os EUA irão voltar ao normal na primavera de …

Mais um passo na hegemonia. China constrói aldeia nos Himalaias, em zona também disputada pela Índia e pelo Butão

Novas imagens de satélite mostram que a China construiu uma aldeia nos Himalaias, ao longo de uma fronteira que também é disputada pela Índia e pelo Butão, e que foi palco de um impasse agressivo …

João Félix eleito jogador do mês da liga espanhola. Ronaldo vence prémio em Itália

O português João Félix, do Atlético de Madrid, foi eleito o melhor jogador da Liga espanhola de futebol do mês de novembro. O luso revelou-se uma peça fundamental durante todo o mês e ajudou a equipa …