Cartão escolar vai substituir passe para alunos do primeiro ciclo de Lisboa

Em Lisboa, as crianças do primeiro ciclo vão poder usar o cartão escolar para andar gratuitamente na Carris e no Metro. A medida deve entrar em vigor no próximo ano letivo, em setembro.

Os alunos do primeiro ciclo de Lisboa vão poder usar o cartão da escola, em vez do passe, para andar nos transportes públicos da cidade, a partir do próximo ano letivo.

Irá avançar um projeto-piloto, a partir da Páscoa, em dois agrupamentos da cidade que ainda não estão escolhidos. No entanto, a Câmara pretende que, em setembro, “seja universal nas escolas básicas a existência de um cartão escolar que permite não só identificar o aluno na escola, mas aceder aos transportes públicos de Lisboa”.

Em declarações à agência Lusa, Ricardo Robles, vereador da Educação e dos Direitos Sociais, adianta que em setembro de 2019 “queremos alargar aos ciclos seguintes“.

Atualmente, os passes para a rodoviárias Carris e Metropolitano já são gratuitos para crianças até 12 anos, mediante pagamento de sete euros, mas Ricardo Robles admite que o cartão possa chegar a alunos mais velhos.

“Ainda não estabelecemos até onde será, mas o objetivo é ser uma coisa progressiva. É um faseamento no tempo que ainda não temos definido, e portanto vamos articular também com o vereador da mobilidade”, acrescentou. Uma vez na posse dos cartões, os cerca de 15 mil alunos do primeiro ciclo de Lisboa poderão usar este sistema na Carris e no metro.

Esta medida faz com que os pais deixem de ter de pedir o passe para as crianças, pelo que os mais novos, “desde que estejam na escola, passam a ter o cartão” para os transportes públicos automaticamente.

“Esta é uma ideia que parece muito simples, e é simples, mas que cria um instrumento importante para as escolas”, refere o autarca, adiantando que este mecanismo irá criar uma dinâmica diferente de atividades fora da escola, facilitando a mobilidade.

Esta medida insere-se numa política de tentar atenuar o impacto dos movimentos pendulares para as escolas, cujo pico se observa ao início da manhã e ao fim da tarde, em zonas específicas da cidade.

Além disso, este cartão permitirá o acesso gratuito aos equipamentos da EGEAC, como museus ou teatros, uma medida que o vereador da Educação espera que “potencie muito as atividades nas escolas”.

Questionado sobre o investimento necessário para aplicar a medida, o bloquista apontou que “está a ser calculado pelo vereador da Mobilidade, mas para já é só a execução física do próprio cartão, e portanto o valor de investimento é muito reduzido”.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Primeiro não flutuava. Agora o novo submarino espanhol não cabe nas docas

Primeiro não flutuava, por excesso de peso, e agora, não cabe nas docas. O novo submarino da Marinha Espanhola é um embaraço para a Defesa do país vizinho e um caso flagrante de derrapagem, com …

Quase um milhão de refeições escolares desperdiçadas

Quase um milhão de refeições escolares que tinham sido encomendadas foram desperdiçadas porque os alunos faltaram, revela o relatório anual do ministério da Educação sobre cantinas concessionadas a privados. Entre setembro do ano passado e 31 …

Arrojada no céu: Aston Martin apresenta carro voador de luxo

A Aston Martin apresentou recentemente o Volante Vision Concept, uma aeronave arrojada e futurista destinada a transportar passageiros em voos de médias e longas distâncias. A Aston Martin pôs em cima da mesa as suas soluções …

Marta Soares recusa candidatura de Bruno de Carvalho

Bruno de Carvalho tentou formalizar a sua candidatura à presidência do Sporting, esta quarta-feira, tendo sido prontamente recusada por Jaime Marta Soares. O advogado de Bruno de Carvalho, Pedro Proença, deslocou-se esta quarta-feira ao Estádio de …

Hungria retira-se de pacto mundial sobre as migrações aprovado na ONU

A Hungria, com um Governo abertamente hostil à imigração, declarou que se retira do pacto mundial sobre as migrações aprovado, na semana passada, nas Nações Unidas, por considerar que encoraja o fluxo de pessoas "perigosas". O …

Lisboa vai proibir copos de plástico a partir de 2020

Um dos objetivos da Câmara Municipal de Lisboa para o ano em que a cidade será a Capital Verde Europeia é banir os copos de plástico até 2020. Segundo o Diário de Notícias, esta é uma …

Prisão preventiva para 39 dos 58 arguidos dos Hells Angels

O Tribunal de Instrução Criminal de Lisboa determinou prisão preventiva para 39 dos 58 arguidos como medidas de coação no âmbito do processo do grupo Hells Angels e apresentações periódicas às autoridades para os restantes. Segundo …

Bruxelas aplica multa recorde de 4,3 mil milhões de euros à Google

A Comissão Europeia aplicou, esta quarta-feira, uma multa com valor recorde de 4,3 mil milhões de euros ao gigante norte-americano Google por abuso de posição no mercado devido ao sistema Android. Esta sanção, destinada a punir …

Rapazes salvos na Tailândia saíram do hospital e recordam "milagre"

As 12 crianças e o treinador de futebol que ficaram presos numa gruta inundada na Tailândia e que estavam internados desde a semana passada receberam esta quarta-feira alta hospitalar e falaram pela primeira vez desde …

Hotel processa sobreviventes do massacre de Las Vegas

A empresa que detém o hotel Mandalay Bay, em Las Vegas –  onde Stephen Paddock disparou sobre uma multidão num festival de música country –, processou mil de vítimas do ataque, argumentando não ter "qualquer …