Carros a hidrogénio? Não serão mais um problema. Tecnologia pode permitir expansão do abastecimento

Uma das principais desvantagens dos carros elétricos movidos a hidrogénio, é o facto da distribuição deste combustível ser tão difícil. O H2 precisa de ser mantido frio e pressurizado e, como energia renovável, torna a logística de transporte mais difícil do que a da gasolina.

Contudo, uma nova tecnologia de mistura de hidrogénio pode oferecer uma solução.

A nova tecnologia EHPC (Purificação e Compressão Eletroquímica de Hidrogénio), passa por injetar o combustível diretamente na rede de gás natural e movê-lo de forma rápida e eficiente de forma a que chegue para abastecer uma cidade inteira.

Para testar o conceito, a SoCalGas está a avaliar, na Califórnia, a tecnologia que pode separar e comprimir simultaneamente o hidrogénio de uma mistura de hidrogénio e gás natural.

Em grande escala, a tecnologia poderá permitir que o combustível seja transportado de forma fácil e económica, através do sistema de gasoduto de gás natural. Em seguida deverá ser extraído e comprimido em estações de abastecimento que fornecem hidrogénio a veículos elétricos.

O sistema funciona com a aplicação de uma corrente elétrica através de uma membrana seletiva de hidrogénio para permitir que apenas este a penetre enquanto bloqueia os componentes do gás natural. A aplicação contínua da corrente elétrica aumenta e pressuriza o hidrogénio.

Para testar a tecnologia, o SoCalGas vai misturar hidrogénio, em concentrações de 3 a 15%, com metano, o principal componente do gás natural.

Criada pela HyET Hydrogen, com sede na Holanda, a tecnologia foi pensada para fornecer hidrogénio puro, altamente comprimido, onde quer que exista um sistema de distribuição de gás natural.

“Esta tecnologia inovadora pode permitir que o hidrogénio passe a ser distribuído em todos os locais onde é necessário, através do uso da rede de gás natural”, disse Neil Navin, vice-presidente da SoCalGas.

Navin explica que “ao mesmo tempo que aumenta a procura de veículos de emissão zero, a Califórnia irá precisar de mais postos de abastecimento de hidrogénio, e esta tecnologia pode ajudar a tornar isso possível”.

A implantação inicial deve extrair e comprimir cerca de 10 kg de hidrogénio por dia, mas em apenas dois anos este número deverá aumentar dez vezes. Por exemplo, 100 kg de hidrogénio comprimido seriam suficientes para abastecer cerca de 20 carros elétricos.

Se os postos puderem ligar-se a uma fonte de hidrogénio, a falta de bombas de hidrogénio pode rapidamente deixar de ser uma barreira para os veículos.

A mesma infraestrutura também pode alimentar depósitos de camiões maiores ou aeroportos, onde aeronaves movidas a hidrogénio param para reabastecer.

Ana Moura, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Role play ao serviço da Ciência. Investigadores fingem ser Neandertais para estudar caça a aves

Uma equipa de investigadores espanhóis decidiu adotar a "dramatização" científica para reconstruir um novo elemento do comportamento Neandertal: a cooperação com os membros do grupo enquanto usa fogo e ferramentas para caçar gralhas no interior …

Estoril 0-1 Sporting | Figueira deu o fruto que saciou o leão

Foi preciso surgir um erro crasso do guarda-redes estorilista (até então a fazer uma belíssima exibição) para o campeão nacional poder respirar de alívio e festejar a quarta vitória na Liga, esquecendo por agora a …

A tinta mais branca do mundo ajuda a poupar energia nas casas - e pode eliminar de vez o ar condicionado

Uma equipa de investigadores da Universidade de Purdue desenvolveu uma tinta tão branca que revestir um prédio com ela pode reduzir, ou até mesmo eliminar, a necessidade de ter ar condicionado. Depois de testar mais de …

Costa promete "lição exemplar" à Galp depois de "tanto disparate" em Matosinhos

O secretário-geral do PS, António Costa, considerou hoje que “era difícil imaginar tanto disparate, tanta asneira, tanta insensibilidade” como a Galp demonstrou no encerramento da refinaria de Matosinhos, prometendo uma “lição exemplar” à empresa. Falando em …

Porto 5-0 Moreirense | Días, Taremi e Fábio, o trio maravilha

O Porto foi o primeiro dos “grandes” a entrar em campo e deu o mote, e que mote. Os “dragões” receberam o Moreirense e golearam sem apelo nem agravo, por 5-0, graças a uma segunda …

Ronaldo volta a marcar pelo United em jogo com final frenético

O português Cristiano Ronaldo voltou hoje a marcar pelo Manchester United, mas foram Lingaard e David de Gea que ‘brilharam’ na vitória sobre o West Ham, por 2-1, em jogo da quinta jornada da Liga …

O Cumbre Vieja, num dos complexos vulcânicos mais ativos nas Canárias, entrou em erupção

O vulcão Cumbre Vieja, na ilha espanhola de La Palma, entrou hoje em erupção na zona de Las Manchas, depois de mais de uma semana em que foram registados milhares de sismos na região. Na zona, …

Portugal regista 677 novos casos de covid-19 e cinco mortes

Portugal registou, este domingo, 677 novos casos e cinco mortes na sequência da infeção por covid-19, de acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). Segundo o último boletim da Direção-Geral da Saúde, Portugal …

Estudo mostra como diferentes espécies de polvos coexistem no mesmo ambiente

Existem mais de 300 espécies de polvos a viver em diversos habitats que abrangem recifes de coral, leitos de ervas marinhas, planícies de areia e regiões de gelo polar. Mas de que forma cefalópodes tão …

As máquinas estão "muito longe" de serem mais inteligentes (mas muito perto de agir como pessoas)

A especialista em inteligência artificial Daniela Braga considera que as máquinas estão "muito longe" de substituírem totalmente os humanos ou serem mais inteligentes, mas estão "muito perto" de interagirem como as pessoas. "Acho que estamos muito …