Carne de animais selvagens pode causar a próxima pandemia

Agus Andrianto / CIFOR

Um nativo da Papua-Nova Guiné com carne de um animal selvagem.

Enquanto o mundo se digladeia com o novo coronavírus, especialistas alertam para os riscos de uma nova pandemia num futuro próximo causada pelo consumo de carne de animais selvagens.

Há um risco muito real de seres humanos apanharem doenças de animais através de carne contaminada. Portanto, embora esforços estejam a ser feitos para ajudar a conservação das espécies de animais selvagens, há o receio das implicações reais dos seres humanos as comerem.

No meio da pandemia mais difundida que o mundo já viu, debate-se qual é a melhor resposta do Governo, como tratar os pacientes com mais eficácia e as repercussões económicas a longo prazo. Mas o que não pode ser debatido é que uma pandemia desta magnitude foi antecipada por muitos.

Durante décadas, académicos ensinaram-no, investigadores investigaram-no e as organizações não governamentais de saúde pública tentaram preparar-se para isso. Em 2015, a Organização Mundial da Saúde (OMS) compilou uma lista de doenças emergentes, as quais “provavelmente causarão surtos graves num futuro próximo”. Cada doença nessa lista ameaçadora é “zoonótica”, o que significa que se origina em animais, mas ou tem o potencial de saltar deles para nós ou já o fez.

Algumas das doenças mais amplamente reconhecidas e temidas começaram noutras espécies. Salmonella, influenza, doença de Lyme e tuberculose são todas zoonóticas, juntamente com antraz, HIV, SARs, MERs, Ébola e Covid-19. O estudo destes patógenos zoonóticos raramente é direto e a investigação de aspetos relativamente simples destas doenças pode exigir epidemiologia cara, demorada e complexa.

A procura pela fonte original do Ébola, por exemplo, começou nos anos 90. No entanto, apesar de uma equipa identificar com sucesso em 2018 que uma espécie de morcego é um vetor importante para a estirpe conhecida como Ébola Zaire, os cientistas ainda não sabem ao certo se esses morcegos são realmente os hospedeiros originais da doença.

A OMS afirma que as zoonoses – doenças provocadas por microrganismos e que são transmitidas pelos animais para o homem – não só representam 60% das doenças encontradas em seres humanos, mas representam 75% de todas as doenças infecciosas emergentes.

É provável que o risco esteja a ficar mais grave: além do aumento da destruição do habitat, criando um aumento nas infeções/doenças zoonóticas emergentes, atualmente a carne de animais selvagens está a ser transportada para todo o mundo.

Um problema global

Para aqueles que dependem da caça de subsistência em países como a Libéria, houve algum progresso. Projetos e programas de desenvolvimento comunitário foram introduzidos, visando o desenvolvimento de fontes de proteína mais sustentáveis e seguras.

Torna-se muito mais difícil, no entanto, quando essa “carne selvagem” (ou carne de animais selvagens) é enviada nacional ou internacionalmente. Combinar o potencial de doenças zoonóticas, carne mal cozinhada ou conservada e a sua subsequente distribuição global cria uma receita para o desastre. Embora este coronavírus mais recente tenha originado em Wuhan, na China, o comércio global ilegal torna igualmente possível que a próxima pandemia global possa começar em Washington ou Lisboa.

Em 2010, uma investigação realizada no aeroporto Charles de Gaulle, em Paris, concluiu que mais de cinco toneladas de carne ilegal chegavam ao aeroporto por semana, um número impressionante de 270 toneladas anualmente.

Este é um problema extremamente complexo. Investigadores e agências governamentais devem trabalhar ao lado de comerciantes e consumidores para entender melhor por que as pessoas querem carne de animais selvagens e educar os que têm maior risco de comer carne infetada.

A sensibilidade social e cultural é primordial, mas violações claras da lei precisam de ser impostas para ajudar a impedir o surgimento da próxima pandemia zoonótica.

PARTILHAR

8 COMENTÁRIOS

  1. Pois, e a carne de animais domésticos também, e os vegetais e a ingestão de água também…
    E muitas mais coisas também…
    E agora…

    • Agora !!! Já paramos de viver por causa do covid19 agora paramos de respirar e pronto.

      Já não basta a palhaçada á volta do Covid, já se estão a preparar para anunciar o fim de mundo … outra vez.

  2. Este maldito vai e vem que interessa não sei a quem! Por que carga de água os portugueses têm que comer carne de vaca, da Argentina, se as pastagens alentejanas estão cheias de gado saudável o que lhes proporcionaria ingerir carne de muito melhor qualidade ? As grandes superfícies lucram mais, assim, e os nossos governantes não se preocupam com as leis que regem o comércio destes produtos alimentares. Vale tudo!!

RESPONDER

"Morri no Paralelo79N". Diário revela as últimas horas de um explorador que morreu sozinho na Gronelândia

Os investigadores analisaram a última entrada do diário de explorador polar do século XX, Jørgen Brønlund, incluindo uma curiosa mancha negra, escrita antes de morrer sozinho no nordeste da Gronelândia, descobrindo o que lhe aconteceu …

Cybershoes. O problema de andar em Realidade Virtual pode já ter uma solução

Um dos problemas com os jogos de Realidade Virtual é que, normalmente, as experiências são definidas numa escala maior do que uma sala de estar. Assim, o jogador acaba por ter de ficar numa parte …

"Um tsunami de dívidas". O mundo deve a si mesmo 277 mil milhões de dólares

Prevê-se que até ao final deste ano, a dívida da economia mundial atinja os 277 mil milhões de dólares. A pandemia de covid-19 é um dos fatores responsáveis. A pandemia de covid-19 não só está a …

Empresas podem negar trabalho a quem não se quiser vacinar

"É obviamente possível" que as empresas evitem contratar um trabalhador se não quiserem ser vacinadas contra a covid-19. A presidente do Comité Económico e Social Europeu (CESE), Christa Schweng, admitiu a possibilidade de uma empresa se …

"A Suitable Boy". Um beijo numa série da Netflix provocou um escândalo (social e político) na Índia

A Netflix está a enfrentar uma reação negativa na Índia por causa de uma cena de um beijo entre duas personagens na série A Suitable Boy ("Um bom partido"). O partido no poder já pediu …

Irmãos transformaram 7 linhas de código num império de 36 mil milhões de dólares

Patrick e John Collison são dois jovens empreendedores irlandeses que fundaram a Stripe, uma empresa que criou uma solução alternativa para os pagamentos online, avaliada em 36 mil milhões de dólares. Em vez de construirem soluções …

ECDC. Portugal terá "níveis muito baixos" de novos casos se mantiver restrições

Se Portugal mantiver as restrições adotadas atualmente, irá registar em dezembro “níveis muito baixos” de novos casos de covid-19. O Centro Europeu para Prevenção e Controlo das Doenças (ECDC), criado com a missão de ajudar os …

Com apenas 14 anos, Xiaoyu é o adolescente mais alto do mundo. Mede 2,21 metros

Ren Keyu nasceu na China a 18 de outubro de 2006, e no dia em que comemorou o seu 14º aniversário recebeu também o título do Guinness World Records do adolescente mais alto do mundo, …

Jerónimo "não está a prazo" no PCP (e vai continuar a negociar com o PS)

O PCP continua disponível para negociar com o PS, mas não a troco de nada. Quanto ao quinto mandato consecutivo enquanto secretário-geral do partido, Jerónimo avisou, este domingo, que não está "a prazo". No discurso de …

Hackers expõem na cloud dados que roubaram de utilizadores do Spotify. Foi um acidente

Um grupo de piratas informáticos compilou uma base de dados com cerca de 250.000 palavras-passe do Spotify e armazenaram os dados na cloud. No entanto, esqueceram-se de proteger o armazenamento com uma palavra-passe. De acordo com …