“Cápsulas do tempo.” Água de mina sul-africana pode conter vida isolada durante dois mil milhões de anos

(dr) Tullis Onstott and Princeton Institute for the Science and Technology of Materials Imaging & Analysis Center

Célula em divisão

Uma equipa de cientistas encontrou depósitos de água isolados numa mina na África do Sul, que podem conter microrganismos vivos com cerca de dois mil milhões de anos.

Estas “cápsulas do tempo” líquidas, encontradas pela equipa na mina sul-africana, são quentes, salgadas e desprovidas de nutrientes. De acordo com os investigadores, estes depósitos podem ser quimicamente semelhantes aos depósitos de água em Marte.

Os cientistas estimam que os depósitos de água, situados a três quilómetros abaixo da superfície da Terra, foram formados há cerca de dois mil milhões de anos. O líquido surge em fraturas, que existem nas rochas devido a perfurações, o que permitiu aos investigadores libertar parte da água pressurizada e filtrar o material para análise.

Depois de analisarem as amostras, a equipa concluiu que, na água, existe um bioma em forma de haste com bactérias ou micróbios chamados archaea. Uma das células aparentava estar “apertada”, aparentemente num processo de divisão.

Devan Nisson, estudante da Universidade de Princeton, em Nova Jersey, Estados Unidos, afirma que é provável que estas formas encontradas sejam minerais. A equipa apresentou as descobertas preliminares numa reunião da União Geofísica Americana, em São Francisco.

Para determinar com segurança se a água contém células vivas, Nisson e o resto da equipa tentaram extrair e sequenciar o ADN. “Existe a possibilidade de os depósitos de água terem sido isolados a longo prazo. Portanto, esta seria uma excelente oportunidade de ver a vida a evoluir numa bolha.”

Além disso, os dados genéticos ajudariam a revelar se as células são realmente criaturas isoladas durante milhares de milhões de anos, ou se são micróbios mais familiares introduzidos quando os mineiros perfuraram as rochas, adianta a Sputnik News.

Ainda assim, mesmo sem a análise genética, os cientistas conseguiram obter pistas sobre a vida que poderia existir neste lugar. A água destes depósitos é, aproximadamente, sete vezes mais salgada do que a água do mar e atinge temperaturas de até 54 graus Celsius, temperatura no limite do que se acredita que a vida tolera.

Ao mesmo tempo, os cientistas descobriram uma abundância de pequenos ácidos orgânicos que poderiam fornecer o carbono necessário para construir e manter estruturas celulares. Os investigadores também encontraram iõe,s como nitrato e sulfato, que alguns micróbios podem usar em processos metabólicos para gerar energia.

Estas descobertas sugerem que a vida pode sobreviver em ambientes extremos, como nas profundezas da África do Sul. Além disso, estas conclusões dão também aos especialistas esperança de que a vida possa resistir em Marte.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Aumento salarial exigido por Jesus deixa renovação por um fio

A cumprir a segunda temporada no Flamengo, Jorge Jesus quer um aumento salarial. No entanto, o Flamengo não terá capacidade financeira para responder às suas exigências. A renovação do contrato de Jorge Jesus no Flamengo está …

Já há 100 mortos por Covid-19 em Portugal. Infectados sobem para 5170

O número de pessoas infectadas com o coronavírus em Portugal subiu para 5170. São 902 novos casos confirmados nas últimas 24 horas, o que representa um acréscimo de 21%. Já morreram 100 pessoas.  A taxa de mortalidade …

Trump invoca lei de guerra para conseguir mais ventiladores

Donald Trump invocou uma lei de guerra para obrigar a General Motors a fabricar ventiladores. Os Estados Unidos são o país com o maior número de infetados em todo o mundo. Os Estados Unidos tornaram-se nesta …

Jackson Martínez recorda penálti falhado: "Adeptos do Benfica pensam que me vendi"

Os adeptos do Benfica não esquecem o penálti falhado por Jackson Martínez frente ao FC Porto, esta temporada. O golo teria colocado o Portimonense na frente do marcador. Em entrevista ao jornal Record, o avançado do …

"Solidariedade não é dar dinheiro." Holanda finca o pé e até critica Itália por "internar os mais velhos"

Há um novo braço-de-ferro na União Europeia (UE) entre os países do Norte e do Sul. Tudo por causa dos famigerados "coronabonds", instrumentos de dívida comum que países como Portugal, Espanha e Itália defendem para …

Vaga de doentes graves nas urgências poderá deixar SNS "inacessível"

Uma vaga de doentes graves às urgências, a juntar a cirurgias e consultas reagendadas, pode vir a deixar o SNS "inacessível" no futuro, alerta o presidente da Associação de Administradores Hospitalares. As idas à urgência nas …

CDS quer cheque de emergência para empresas encerradas

Uma das medidas, apresentadas por Francisco Rodrigues dos Santos, é a atribuição, às pequenas e médias empresas “encerradas ou com a actividade suspensa, um cheque de emergência no valor máximo de 15 mil euros”. O CDS …

Espanha regista 832 mortos nas últimas 24 horas. É o dia mais mortífero no país

A Espanha registou, nas últimas 24 horas, 832 mortos com o novo coronavírus, o maior número de vítimas mortais num só dia, elevando o balanço total para 5.690, de acordo com a última atualização das …

"O Brasil não pode parar". Bolsonaro compra campanha contra o isolamento social

Jair Bolsonaro gastou cerca de 800 mil euros numa campanha contra o isolamento social com o mote "O Brasil Não Pode Parar". O presidente brasileiro tem desvalorizado a pandemia de covid-19. Face à pandemia de covid-19, …

Crise leva Costa a reforçar intenções de voto. Ventura chega ao quarto lugar

Na mais recente sondagem às intenções de voto, os portugueses mostram estar de confiança reforçada em António Costa. O Chega ganha força e chega ao quarto lugar. Numa sondagem que apenas capta os primeiros dias do …