Capital do Natal de Algés avança com queixa-crime contra promotores

Capital do Natal / Facebook

Capital do Natal em Algés, Oeiras

A organização da Capital do Natal, evento que decorre em Algés, Oeiras, vai apresentar uma queixa-crime contra os promotores turísticos que “adulteraram a oferta do parque”, o que defraudou “um conjunto alargado de pessoas”.

Em causa estão “a promoção de notícias e de material publicitário, assim como a compra de espaço publicitário, na maioria dos casos realizada em Espanha, contrariando a informação oficialmente divulgada, o que criou a falsa expectativa de que a Capital de Natal dispunha, entre outros equipamentos, de pistas de ski”, avançou a organização do evento, em comunicado, referindo que a queixa-crime vai ser apresentada na próxima semana.

Além de “todos os promotores turísticos que adulteraram a oferta do parque induzindo em erro e defraudando um conjunto alargado de pessoas”, a organização da Capital do Natal vai acusar “todos aqueles que fomentaram ou se aproveitaram de tal atuação ilícita“, referindo-se à “projeção dessa deturpação que foi levada a cabo em Portugal por outras entidades, inclusive em proveito próprio”.

Considerando que tal prejudicou a Capital do Natal, “o seu bom nome e imagem”, a organização do evento, promovido como o maior parque de Natal da Europa, lamentou o sucedido, assegurando que a responsabilidade pelo mesmo lhe é “totalmente alheia”.

No âmbito do procedimento criminal, a organização “promete levar até às últimas consequências a identificação dos responsáveis por este crime e disponibilizará aos impactados por esta publicidade enganosa toda a informação que lhe seja solicitada”.

A decorrer em Algés desde 29 de novembro até 12 de janeiro, a Capital do Natal é um espetáculo de Natal que se realiza num parque temático.

“Com um conceito totalmente original, o visitante tem a oportunidade de entrar numa história e interagir com as suas personagens. O parque é o palco e cenário da história, onde os protagonistas principais são os elfos, os seus companheiros humanos que ajudaram na construção e, naturalmente, todos os visitantes”, indicou anteriormente a organização, acrescentando que as questões como a sustentabilidade ambiental e a exequibilidade estão presentes em toda a experiência do parque, que “alia ao storytelling a sensibilização e transmissão de valores”.

Na terça-feira, a organização admitiu que alguns turistas espanhóis possam ter sido induzidos em erro pela promoção do evento feita por agências e blogues, reconhecendo que nem tudo correu bem no dia da abertura.

Em declarações à agência Lusa, Rui Madureira explicou que a organização começou a reparar em críticas que surgiram nas redes sociais na semana passada e provocaram “surpresa”. Depois de analisado o conteúdo, foi verificado que “várias agências de viagens, sites e blogues em Espanha” divulgaram informações que não correspondiam à realidade.

“Pura e simplesmente tinham apanhado as informações que estavam disponíveis nos meios de comunicação social em Portugal e com traduções livres induziram as pessoas em erro”, disse Rui Madureira, adiantando que estas entidades criaram uma imagem a que a organização é “alheia, numa perspetiva falaciosa do projeto“.

Na segunda-feira, a Câmara de Oeiras comprometeu-se a “proceder à averiguação dos factos” que levaram centenas de turistas espanhóis a reclamar contra o parque.

A Capital do Natal foi apresentada como um “sítio mágico” que dá a oportunidade de se “brincar com neve real”, “patinar na maior pista de gelo” e ver espetáculos de luzes num grande lago no centro do recinto, entre outros.

Lusa // Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Primeiro-ministro da Arménia acusa militares de tentativa de golpe de Estado

O primeiro-ministro da Arménia referiu-se hoje a "tentativa de golpe de Estado" depois de o Estado Maior ter pedido o afastamento do governo num contexto de protestos por causa da derrota no último conflito com …

EUA condenam Coreia do Norte a indemnizar militares torturados em 1968

A Justiça dos Estados Unidos (EUA) condenou Pyongyang a indemnizar em 2,3 mil milhões de dólares (cerca de dois mil milhões de euros) os tripulantes de um navio da Marinha norte-americana, que foram capturados e …

Ex-gestores do Novo Banco seguem para Banco do Fomento e para CGD

Os gestores Vítor Fernandes e Jorge Freire Cardoso, que saíram do Novo Banco em divergência com a estratégia da Lone Star, vão desempenhar as funções de presidente do Banco de Fomento e de administrador na Caixa …

EUA acusado de prometer contrapartidas a Cabo Verde pela extradição de testa-de-ferro de Maduro

O antigo juiz espanhol Baltasar Garzón, que coordena a defesa de Alex Saab, detido em Cabo Verde e considerado testa-de-ferro do Presidente venezuelano Nicolás Maduro, acusou na quinta-feira os Estados Unidos (EUA) de prometerem contrapartidas …

Bispo italiano sugeriu a padre que pagasse 20 mil euros a vítima de pedofilia

O bispo católico de Como, em Itália, afirmou ter sugerido a um jovem padre suspeito de pedofilia que pagasse 20 mil euros à suposta vítima para encerrar uma investigação interna ao caso ocorrido numa residência …

Governo reforça financiamento de projetos LGBTI com 50 mil euros

O Governo vai reforçar em 50 mil euros o financiamento de projetos de organizações que atuem na defesa dos direitos das pessoas lésbicas, gays, bissexuais, trans e intersexo (LGBTI), anunciou o gabinete da secretária de …

CDS pede ao Governo "um plano de desconfinamento controlado, à inglesa"

Francisco Rodrigues dos Santos quer que o Executivo apresente um plano de desconfinamento que permita a retoma da atividade de alguns setores. Esta sexta-feira, o presidente do CDS-PP insistiu na necessidade de o Governo apresentar um …

Para os idosos que estão em lares, visitar a família sem isolamento poderá acontecer em maio

A CNIS estima que, com todos os idosos residentes em lares vacinados, maio possa ser o mês da libertação depois de mais de um ano de pandemia, confinamentos e restrições apertadas. DGS diz que orientações …

UE retalia e declara chefe da missão venezuelana "persona non grata"

A União Europeia (UE) decidiu, esta quinta-feira, declarar a chefe da missão venezuelana em Bruxelas persona non grata, respondendo ao anúncio feito por Caracas de dar 72 horas à embaixadora comunitária para abandonar o país. "Por …

Novo problema num Boeing 777 leva a aterragem de emergência na Rússia

Um Boeing 777 da companhia aérea russa Rossiya fez uma aterragem de emergência em Moscovo, esta sexta-feira, devido a um problema de motor, uma semana depois de um incidente semelhante com um aparelho do mesmo …