Capital do Natal de Algés avança com queixa-crime contra promotores

Capital do Natal / Facebook

Capital do Natal em Algés, Oeiras

A organização da Capital do Natal, evento que decorre em Algés, Oeiras, vai apresentar uma queixa-crime contra os promotores turísticos que “adulteraram a oferta do parque”, o que defraudou “um conjunto alargado de pessoas”.

Em causa estão “a promoção de notícias e de material publicitário, assim como a compra de espaço publicitário, na maioria dos casos realizada em Espanha, contrariando a informação oficialmente divulgada, o que criou a falsa expectativa de que a Capital de Natal dispunha, entre outros equipamentos, de pistas de ski”, avançou a organização do evento, em comunicado, referindo que a queixa-crime vai ser apresentada na próxima semana.

Além de “todos os promotores turísticos que adulteraram a oferta do parque induzindo em erro e defraudando um conjunto alargado de pessoas”, a organização da Capital do Natal vai acusar “todos aqueles que fomentaram ou se aproveitaram de tal atuação ilícita“, referindo-se à “projeção dessa deturpação que foi levada a cabo em Portugal por outras entidades, inclusive em proveito próprio”.

Considerando que tal prejudicou a Capital do Natal, “o seu bom nome e imagem”, a organização do evento, promovido como o maior parque de Natal da Europa, lamentou o sucedido, assegurando que a responsabilidade pelo mesmo lhe é “totalmente alheia”.

No âmbito do procedimento criminal, a organização “promete levar até às últimas consequências a identificação dos responsáveis por este crime e disponibilizará aos impactados por esta publicidade enganosa toda a informação que lhe seja solicitada”.

A decorrer em Algés desde 29 de novembro até 12 de janeiro, a Capital do Natal é um espetáculo de Natal que se realiza num parque temático.

“Com um conceito totalmente original, o visitante tem a oportunidade de entrar numa história e interagir com as suas personagens. O parque é o palco e cenário da história, onde os protagonistas principais são os elfos, os seus companheiros humanos que ajudaram na construção e, naturalmente, todos os visitantes”, indicou anteriormente a organização, acrescentando que as questões como a sustentabilidade ambiental e a exequibilidade estão presentes em toda a experiência do parque, que “alia ao storytelling a sensibilização e transmissão de valores”.

Na terça-feira, a organização admitiu que alguns turistas espanhóis possam ter sido induzidos em erro pela promoção do evento feita por agências e blogues, reconhecendo que nem tudo correu bem no dia da abertura.

Em declarações à agência Lusa, Rui Madureira explicou que a organização começou a reparar em críticas que surgiram nas redes sociais na semana passada e provocaram “surpresa”. Depois de analisado o conteúdo, foi verificado que “várias agências de viagens, sites e blogues em Espanha” divulgaram informações que não correspondiam à realidade.

“Pura e simplesmente tinham apanhado as informações que estavam disponíveis nos meios de comunicação social em Portugal e com traduções livres induziram as pessoas em erro”, disse Rui Madureira, adiantando que estas entidades criaram uma imagem a que a organização é “alheia, numa perspetiva falaciosa do projeto“.

Na segunda-feira, a Câmara de Oeiras comprometeu-se a “proceder à averiguação dos factos” que levaram centenas de turistas espanhóis a reclamar contra o parque.

A Capital do Natal foi apresentada como um “sítio mágico” que dá a oportunidade de se “brincar com neve real”, “patinar na maior pista de gelo” e ver espetáculos de luzes num grande lago no centro do recinto, entre outros.

// Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

As ilhas havaianas atingem o jackpot da longevidade (e já se sabe porquê)

As ilhas vulcânicas não duram para sempre, mas há algumas que atingem o jackpot da longevidade. De acordo com uma nova investigação, a explicação prende-se com dois fatores: a velocidade da placa tectónica e o …

Uma inexplicável explosão de ondas gravitacionais atingiu a Terra (e atordoou os astrónomos)

Uma equipa de investigadores detetou uma misteriosa explosão de ondas gravitacionais, cuja natureza deixou os astrónomos totalmente perplexos. O fenómeno foi registado a 14 de janeiro deste ano pelo Observatório de Ondas Gravitacionais por Interferómetro Laser …

O mar interno da misteriosa Encélado "grita" habitabilidade

Uma equipa de especialistas desenvolveu um novo modelo geoquímico que revela que o dióxido de carbono do interior de Encélado, lua de Saturno que abriga um oceano, pode ser controlado através de reações químicas no …

Os Simpsons podem ter previsto o surto do novo coronavírus da China

A série de televisão animada "Os Simpsons" é conhecida por ter feito profecias que, com o passar do tempo, se tornaram mesmo realidade. Agora, os fãs do programa parecem ter encontrado um episódio que prediz …

Identificada nova espécie de dinossauro que viveu há mais de 150 milhões de anos

Paleontólogos identificaram, nos Estados Unidos, uma nova espécie de dinossauro do género dos alossauros, que viveu há mais de 150 milhões de anos. A espécie, que tem o nome de Allosaurus jimmadseni, foi identificada a partir …

Escorpião com 436 milhões de anos foi dos primeiros animais a pisar a Terra

Cientistas descobriram um escorpião com 436 milhões de anos que terá sido um dos primeiros animais da Terra a migrar dos habitats aquáticos para os terrestres. Foram encontrados dois fósseis da espécie num antigo mar tropical …

Bruno de Carvalho disposto a liderar SAD do Sporting com Varandas

O ex-presidente do Sporting admitiu, esta sexta-feira, estar disposto a liderar a SAD do clube, mesmo com Frederico Varandas como presidente. No seu comentário semanal na Rádio Estádio, Bruno de Carvalho disse estar disposto a regressar …

A Inteligência Artificial teria resolvido o mistério da fuga de Alcatraz

Um programa de Inteligência Artificial (IA) poderia ter resolvido o mistério da fuga dos irmãos irmãos John e Clarence Anglin e Frank Morris da prisão de Alcatraz, que foi considerada uma das mais seguras dos …

Mais de 30 militares dos EUA ficaram com lesões cerebrais após ataque iraniano

Mais de 30 militares norte-americanos ficaram com lesões cerebrais traumáticas na sequência do ataque iraniano na base militar de Ain al-Assad, no Iraque. 34 militares norte-americanos ficaram com lesões cerebrais traumáticas na sequência do ataque levado …

Homem que torturou suspeitos de planear o 11 de setembro diz que o voltaria a fazer

James Mitchell torturou os cinco suspeitos de terem planeado o ataque de 11 de setembro de 2001. Em tribunal, disse que não tem remorsos e que o voltaria a fazer. James Mitchell foi o psicólogo responsável …