Cancro e gravidez podem ser mais semelhantes do que pensávamos

O cancro e a gravidez podem ter mais semelhanças entre si, a nível celular, do que se poderia pensar. Segundo um novo estudo, a placenta “invade” o útero da mesma forma que o cancro invade o corpo.

No início da gravidez humana, as células da placenta infiltram-se numa artéria principal do útero e ultrapassa-a, de acordo com o National Institutes of Health. Esta “invasão” amplia o vaso sanguíneo e permite que o oxigénio e os nutrientes fluam facilmente entre a mãe e o feto em desenvolvimento. Agora, os cientistas da Universidade de Yale pensam que as células cancerígenas podem usar uma tática semelhante para se apoderaram dos tecidos do corpo.

Certos mamíferos, incluindo os seres humanos, parecem ter uma tendência maior para desenvolver cancros malignos. O novo estudo, publicado este mês na revista científica Nature Ecology & Evolution, sugere uma explicação para isso.

Nos animais em que a placenta invade o útero, os cancros malignos tendem a surgir com mais frequência. Enquanto isso, animais como vacas, cavalos e porcos – cujas placentas não rompem o útero – raramente desenvolvem cancros que se espalham por todo o corpo.

“Queríamos descobrir por que, por exemplo, o melanoma ocorre em bovinos e equídeos, mas permanece amplamente benigno, enquanto é altamente maligno em humanos”, disse o co-autor Günter Wagner, professor de ecologia e biologia evolutiva da Universidade de Yale em comunicado.

Estudos anteriores sugeriram que, à medida que o cancro se espalha pelo corpo humano, as células cancerígenas “reativam” genes que normalmente só funcionam no início da vida – quando estamos no útero, disse Wagner.

Os genes ajudam a proteger o feto em desenvolvimento do sistema imunológico da mãe, o que pode confundir o bebé como um invasor perigoso, além de controlar o desenvolvimento da placenta.

A equipa concentrou-se em identificar as diferenças entre as células da vaca e as humanas para descobrir porque é que um mamífero parece mais resistente ao cancro invasivo que o outro. Primeiro, cultivaram tecidos conjuntivos de ambos os mamíferos no laboratório e analisaram o código genético de cada um.

A equipa detetou vários genes que pareciam altamente ativos nas células humanas, mas que eram constantemente desativados no tecido da vaca. O tecido da vaca parecia melhor equipado para impedir as células cancerígenas invasoras, enquanto o tecido humano cedia rapidamente aos tumores atacantes.

A equipa perguntou-se o que poderia acontecer se desativassem “genes selecionados” nas células humanas para torná-los mais “parecidos com vacas”. Assim, sem a entrada de certos genes, as células humanas pareciam menos vulneráveis à invasão do cancro.

Os autores sugerem que os humanos podem ter feito uma troca evolutiva, trocando o desenvolvimento saudável no útero por um risco aumentado de cancro maligno mais tarde.

Futuros tratamentos contra o cancro poderão superar estas vulnerabilidades, visando genes problemáticos. Ao modificar células humanas para serem mais parecidas com vacas, novas terapias poderão subjugar a disseminação de cancros agressivos.

ZAP //

 

PARTILHAR

RESPONDER

Noruega com poucos casos de infeções nas escolas. Medidas podem ser aliviadas

A Noruega mantém as escolas com o segundo nível das medidas para combate à pandemia. Contudo, pondera aliviá-las caso se confirme que as crianças não têm um papel acrescido na transmissão do vírus. As autoridades de …

Ex-SCUT com descontos para passageiros frequentes e transporte de passageiros

Os passageiros particulares frequentes e os veículos de transporte de passageiros vão ter descontos na passagem pelas portagens das antigas SCUT a partir de 1 de janeiro, anunciou esta quinta-feira o Governo. De acordo com a …

Situação "muito grave" leva a uma nova corrida ao papel higiénico na Alemanha

A Alemanha atingiu esta quinta-feira um novo máximo diário, com mais de 11 mil casos em apenas 24 horas. A nova vaga de infeções está a levar os alemães a um novo açambarcamento de papel …

Taça: todos os "grandes" defrontam equipas do terceiro escalão

FC Porto, Benfica e Sporting vão jogar em casa de formações do Campeonato de Portugal. Sporting de Braga estará na Trofa. Decorreu nesta quinta-feira o sorteio da terceira eliminatória da Taça de Portugal de futebol, a …

DGS vai comprar mais de 100.000 frascos de Remdesivir até março de 2021

A Direção-Geral da Saúde vai adquirir entre este mês e março de 2021 mais de 100.000 frascos do medicamento antiviral remdesivir, com a designação comercial Veklury, para tratamento de doentes com covid-19. A decisão foi tomada …

Utilizadores do PayPal vão poder usar criptomoeda para pagar a mais de 26 milhões de comerciantes

O PayPal anunciou que vai investir no mercado das criptomoedas, lançando um novo serviço que permitirá aos utilizadores da plataforma nos Estados Unidos comprar, guardar e vender moeda digital, já a partir de 2021. De acordo …

Escavações revelam sepulcro do final da Idade do Bronze em Oliveira de Frades

Escavações arqueológicas realizadas recentemente revelaram a existência de um sepulcro do final da Idade do Bronze na Cumeeira, junto à zona industrial de Oliveira de Frades, anunciou esta quinta-feira a autarquia. "Este sítio arqueológico era já …

Farmacêutica Purdue aceita declarar-se culpada em processo sobre analgésico opiáceo

A farmacêutica Purdue concordou em declarar-se culpada pela promoção agressiva do analgésico opiáceo OxyContin. O acordo foi anunciado pelo ministério da Justiça norte-americano e está avaliado em cerca de 8,3 mil milhões de dólares. A farmacêutica …

Norte pode ultrapassar os 2.000 casos diários esta semana e os 4.000 na próxima

As novas infeções pelo novo coronavírus SARS-CoV-2 podem ultrapassar esta semana a "barreira dos dois mil casos" na região Norte, alertaram especialistas esta quinta-feira, afirmando que o atual índice de transmissibilidade (o designado RT) "permite …

Uber quer comprar Free Now. Empresa norte-americana ofereceu mais de mil milhões

A Uber quer comprar a Free Now, o antigo MyTaxi, tendo oferecido mais de mil milhões de euros à BMW e Daimler para assumir o controlo da empresa. Segundo noticiou o Cinco Días, a imprensa alemã avançou …