Canadá retira cidadania honorária à Prémio Nobel da Paz Aung San Suu Kyi

Os deputados canadianos aprovaram esta quinta-feira, por unanimidade, uma moção para revogar a cidadania honorária concedida à líder do Governo birmanês, Aung San Suu Kyi, pela sua recusa em denunciar “o genocídio” da minoria muçulmana rohingya.

A também Prémio Nobel da Paz, que é primeira conselheira de Estado (equivalente ao cargo de primeira-ministra) do Governo de Myanmar, a antiga Birmânia, tinha recebido a cidadania canadiana honorária em 2007, quando vivia ainda em prisão domiciliária no seu país.

A reputação Suu Kyi tem sido manchada, desde a chegada ao poder, pela sua recusa em acabar com as atrocidades cometidas pelo Exército contra os rohingyas, que os deputados canadianos qualificam de genocídio.

“Em 2007, a Câmara dos Comuns concedeu a Aung San Suu Kyi o estatuto de cidadã canadiana honorária. Hoje, a câmara adotou, por unanimidade, uma moção para lhe retirar esse estatuto”, disse Adam Austen, porta-voz da ministra dos Negócios Estrangeiros canadiana, Chrystia Freeland. Os rohingyas são tratados como estrangeiros em Myanmar, um país de larga maioria budista.

Entre agosto e dezembro de 2017, mais de 700 mil rohingyas deixaram o país rumo ao Bangladesh, após uma ofensiva do Exército marcada por raptos, violações, execuções extrajudiciais e vilas e aldeias incendiadas.

“O nosso Governo apoiou esta moção em resposta à recusa persistente em denunciar o genocídio dos rohingyas, um crime cometido pelas Forças Armadas do país, com quem [Suu Kyi] partilha o poder”, explicou Adam Austen.

O porta-voz adiantou que o Canadá continuará a apoiar os rohingyas, oferecendo-lhes ajuda humanitária, impondo sanções contra os generais de Myanmar e exigindo que os responsáveis sejam julgados pelos seus atos em organismo internacional competente.

Em maio, Otava prometeu uma ajuda adicional de cerca de 200 milhões de euros, durante três anos, para melhorar as condições de vida dos rohingyas nos campos de refugiados do Bangladesh.

O Canadá concedeu a cidadania honorária a apenas cinco pessoas, entre as quais Nelson Mandela, Dalai Lama e Malala Yusafzai.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Mais seis mortes e 233 novos casos de covid-19 em Portugal

Portugal regista, esta terça-feira, mais seis mortes e 233 novos casos de infeção por covid-19 em relação a segunda-feira. Segundo o boletim diário da Direção-Geral de Saúde (DGS), dos 233 novos casos, 143 são na região …

Itália restitui a França obra de Banksy roubada do Bataclan

Itália anunciou, esta terça-feira, que vai devolver a França uma obra atribuída a Banksy, uma homenagem às vítimas dos ataques terroristas em Paris, em 2015, roubada em 2019 e encontrada numa quinta perto de Roma. Antes, …

Há corais vermelhos na costa algarvia (e vai haver multas para quem os apanhar)

Os corais vermelhos da costa portuguesa vão passar a estar protegidos por legislação pesqueira e ambiental que está a ser preparada pelo governo e coimas elevadas, anunciou o ministro do Mar. O ministro do Mar, Ricardo …

Operação "Saco Azul". CMVM suspende negociações de ações da Benfica SAD

A Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) suspendeu, esta terça-feira, as negociações de ações da Benfica SAD, pouco tempo depois de ter sido confirmada a existência de três arguidos por fraude fiscal, na sequência …

Comissão Europeia planeia reduzir capacidade das multinacionais em explorar sistemas fiscais

A Comissão Europeia está a estudar formas de acionar partes de tratados europeus para reduzir a capacidade das multinacionais em explorar os sistemas fiscais de alguns países da União Europeia (UE), identificando-os como distorções do …

Governo britânico decide banir Huawei da rede de telemóvel 5G

As operadoras de telemóvel britânicas vão ter de remover todo o equipamento da empresa chinesa Huawei usado na infraestrutura de telecomunicações 5G até ao final de 2027. A decisão foi tomada, esta terça-feira, numa reunião do …

Bolsonaro farto da quarentena. "É horrível", diz Presidente, infetado com covid-19

O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, em quarentena há quase uma semana após testar positivo para a covid-19, anunciou que vai submeter-se, esta terça-feira, a um novo exame e admitiu que vai aguardar ansioso os …

Encontrado o corpo da atriz Naya Rivera

O corpo da cantora e atriz, estrela da série televisiva Glee, foi encontrado, esta terça-feira, num lago no sul da Califórnia, anunciaram as autoridades do condado de Ventura. O corpo de Naya Rivera foi descoberto seis …

Em 2100, seis em cada dez idosos vão ser dependentes

Quase seis em cada dez portugueses idosos vão ser dependentes de pessoas em idade ativa no ano de 2100. A estimativa é do Eurostat. De acordo com uma estimativa recente do Eurostat, seis em cada dez …

Sete detidos em megaoperação policial em Viana do Castelo e no Porto

A PSP deteve, esta terça-feira, sete homens, com idades entre os 20 e os 30 anos, todos do concelho de Viana do Castelo, apreendeu “droga diversa” e material ligado ao tráfico e consumo de estupefacientes. Em …