Campo magnético da Terra desloca-se para oeste (e agora sabemos porquê)

Medimos o campo magnético da Terra há 400 anos. Em todo esse tempo, o campo tem se deslocado inexoravelmente para oeste. Não sabemos porquê, mas uma nova hipótese sugere que ondas lentas e estranhas no núcleo externo da Terra podem ser as causadoras desse desvio.

Chamadas ondas de Rossby, surgem em fluidos rotativos. Também são conhecidas como “ondas planetárias” e são encontradas em muitos corpos grandes e giratórios, como nos oceanos e na atmosfera da Terra, em Júpiter e no sol.

O núcleo externo da Terra também é um fluido rotativo, o que significa que ondas de Rossby também circulam nesse núcleo.

Enquanto as ondas oceânicas e atmosféricas de Rossby têm cristas que se movem para oeste contra a rotação leste da Terra, as ondas de Rossby no núcleo do planeta movem-se na direção contrária – as suas cristas vão sempre para leste.

De acordo com O. P. Bardsley, estudante de doutoramento da Universidade de Cambridge, no Reino Unido, essas ondas no núcleo externo terrestre podem explicar um dos mistérios sobre o nosso campo magnético.

A rotação do ferro magnético no núcleo da Terra dá origem ao campo geomagnético do planeta.

Esse campo geomagnético, por sua vez, protege o planeta da radiação solar, tornando-o importante para a vida na superfície. Sem esse campo, seríamos bombardeados por partículas carregadas do sol.

Enquanto tentava entender as ondas que se propagam por esse núcleo, Bardsley percebeu que as anomalias reveladas por medições de declinação magnética apresentavam uma tendência a mover-se para oeste também.

Nos últimos quatro séculos, os cientistas têm feito medições da declinação magnética – a diferença entre o norte verdadeiro e o ponto em que a agulha da bússola aponta. Como o campo magnético está repleto de pequenas anomalias locais, a agulha da bússola move-se um pouco em comparação com o norte verdadeiro, dependendo de onde está. “A deriva para oeste manifesta-se principalmente como uma série de bolhas sobre o Atlântico, perto do equador”, disse Bardsley.

Teorias para explicar essa deriva têm-se focado na dinâmica do núcleo externo. A hipótese mais popular, segundo Bardsley, é a de que o núcleo externo contém um giro semelhante ao jato de ar da atmosfera, que se move para oeste e arrasta o campo magnético da Terra junto com ele.

O problema é que não há razão particular para que esse giro exista. Até pode existir, mas como não temos evidências diretas dele, outras explicações são possíveis.

Uma possibilidade é a de que as ondas de Rossby são a razão por trás da estranheza do campo magnético na superfície da Terra. As ondas de Rossby no núcleo têm cristas que se movem para o leste, ao contrário da deriva que se move para o oeste. Mas as cristas de ondas nem sempre representam o seu movimento total de energia.

“É perfeitamente possível ter um grupo de ondas onde as cristas estão a ir para leste, mas a maior parte da energia está a ir para oeste”, afirmou Bardsley.

Medidas da superfície do campo geomagnético podem ler a maior parte da sua energia, mas não todos os pequenos detalhes. Assim, as ondas de Rossby com uma tendência de larga escala para mover a sua energia para oeste poderiam explicar o deslocamento para o oeste medido sobre o Oceano Atlântico.

Os detalhes de pequena escala, como as cristas que se movem para leste, seriam impossíveis de detetar. A hipótese do investigador foi publicada na quarta-feira num artigo na revista Proceedings of the Royal Society A.

PARTILHAR

RESPONDER

Netflix responde a senadores norte-americanos e avança com série

Na passada sexta-feira, a Netflix respondeu aos cinco senadores do Partido Republicano dos Estados Unidos da América que, numa carta, questionaram a decisão de adaptar a trilogia O Problema dos Três Corpos, a série literária …

Há sobras de comida que sabem realmente melhor no dia seguinte (e os cientistas já sabem porquê)

Não é mito. Existem realmente sobras de comida que sabem melhor no dia seguinte e um especialista da Universidade de Oxford (Reino Unido) - que adora caril - explica o porquê à luz da Ciência. …

Teme-se que a violência doméstica dispare depois dos incêndios da Califórnia

Teme-se que os casos de violência doméstica disparem depois de os incêndios da Califórnia serem extintos, avança a revista norte-americana Vice, que ouviu responsáveis por espaços de abrigo para as vítimas. Desastres naturais de grandes …

Comunidade Vida e Paz ajudou 420 pessoas por dia no ano passado

Em 2019, a Comunidade Vida e Paz apoiou cerca de 420 pessoas em situação de sem-abrigo por dia e distribuiu 138 mil refeições. Além disso, a organização ajudou regularmente 26 famílias carenciadas, entre 78 adultos …

Realidade Virtual dá nova vida ao Mayflower, o navio que levou os ingleses para o Novo Mundo

Mayflower foi o famoso navio que, em 1620, transportou os chamados Peregrinos, do porto de Southampton, Inglaterra, para o Novo Mundo. A Realidade Virtual ajudou a trazê-lo de volta à vida. Os Peregrinos do Mayflower foram …

Iniciativa Liberal recorre à lei para exigir que plano de liquidez da TAP seja enviado às Finanças

O deputado da Iniciativa Liberal (IL), João Cotrim Figueiredo, exigiu que o ministro das Finanças, João Leão, remeta o plano de liquidez da TAP à Comissão de Orçamento e Finanças, no prazo de dez dias, ao abrigo …

Museu britânico deixa de exibir coleção de cabeças humanas

O Museu Pitt Rivers em Oxford, no Reino Unido, decidiu retirar da sua exposição permanente crânios e cabeças humanas encolhidas (tsantsas), que terão sido encontradas por exploradores europeus nas suas viagens às Américas e à …

Lactogal assume derrame de leite no rio UI

A empresa agroalimentar Lactogal, de Oliveira de Azeméis, assumiu esta segunda-feira que o derrame de leite no rio Ul, afluente do rio Antuã, se deveu ao colapso de um dos seus tanques e que estão …

O James Bond da vida real foi um arquivista na Polónia comunista (e pode ter enganado os caçadores de espiões)

O James Bond da vida real foi um arquivista e diplomata britânico que viveu na Polónia comunista na década de 1960, revelam documentos esta semana partilhados pelo Instituto Polaco da Memória Nacional. O diplomata James …

Japão mantém plano original. Tocha olímpica passará pelas 47 prefeituras do país

O percurso da tocha olímpica, que se iniciará em março de 2021, manterá o trajeto inicialmente previsto, um ano após o plano original, informou esta segunda-feira o Comité Organizador dos Jogos Olímpicos de Tóquio. A tocha …