As camas dos chimpanzés são mais limpas que as nossas

Dormir numa cama de chimpanzé pode trazer-lhe uma noite de sono mais limpa do que tirar uma sesta na sua própria cama. Segundo um novo estudo, há um menor número de corpos derivados de bactérias nas camas desses mamíferos do que nas dos humanos.

A pesquisa, publicada na quarta-feira na revista científica Royal Society Open Science, verificou a diversidade de bactérias encontrada nas camas de chimpanzés – também chamadas de ninhos – que são construídas em árvores todas as noites.

Os cientistas descobriram que os ninhos abrigavam menos diversidade de bactérias do que as camas humanas. No entanto, o estudo não revela o número total de bactérias.

“Sabemos que as casas dos humanos são efetivamente os seus ecossistemas, e as camas humanas contêm um subconjunto dos tipos de organismos encontrados em casa”, explicou a co-autora do estudo Megan Thoemmes. “Por exemplo, cerca de 35% das bactérias nas camas humanas vem do nosso próprio corpo, incluindo bactérias fecais, orais, e de pele.”

“Queríamos descobrir de que forma é que isto se compara com alguns dos nossos parceiros de evolução mais próximos, os chimpanzés, que constroem as suas camas diariamente.”

Ao retirar amostras de 41 ninhos de chimpanzés abandonados na Tanzânia, os investigadores conseguiram construir uma imagem da diversidade dos microorganismos que viviam nas camas daqueles macacos.

Os cientistas descobriram que, enquanto a diversidade das bactérias que habita os ninhos era muito maior do que a encontrada nas camas humanas – o que não é surpreendente considerando que vivem em florestas – a proporção de microorganismos que vem do corpo era bastante menor.

Na verdade, os cientistas descobriram que apenas 3.5% das bactérias recolhidas dos ninhos era derivada da saliva, pele ou fezes dos chimpanzés.

Tendo em conta que os chimpanzés não são propriamente conhecidos por tomar banho regularmente, e, por isso, seria esperado que hospedassem mais bactérias fecais no seu pelo, a equipa esperava que esta percentagem fosse bastante mais alta.

Os investigadores também descobriram que o número de parasitas – neste caso, carraças e pulgas – era muito mais baixo do que tinha sido previsto, com apenas quatro a serem encontrados no estudo.

Ao que parece, os nossos “familiares peludos” têm um sono muito mais limpo do que nós, o que, quando temos em conta que dormimos no mesmo local a maioria das noites, pode não ser uma descoberta tão chocante assim.

Os chimpanzés, por outro lado, fazem um ninho novo todas as noites, para reduzir a acumulação de agentes patogénicos, mas também para tentarem reduzir a probabilidade de serem apanhados pelos predadores.

O problema deste estudo é que se focou na diversidade das bactérias encontradas nos ninhos e de onde derivavam, em vez de se focar no número total. Os investigadores não informaram quantas bactérias (no total) estavam presentes nos ninhos de chimpanzés, em comparação com o número de bactérias nas nossas camas.

ZAP ZAP // IFL Science

PARTILHAR

RESPONDER

Governo quer renovar contrato do SIRESP por seis meses (mas Altice recusa-se)

O Ministério da Administração Interna vai reunir-se esta terça-feira com a Altice, a quem iria propor uma renegociação e renovação por mais seis meses do contrato que assegura o Sistema Integrado das Redes de Emergência …

Pedro Nuno quer tirar carros das estradas (e que viagens de avião com menos de 600 quilómetros desapareçam)

Esta segunda-feira, foi lançado o Plano Ferroviário Nacional (PFN) numa sessão pública organizada no LNEC-Laboratório Nacional de Engenharia Civil, que deverá estar concluído em março de 2022. Na apresentação, o ministro das Infraestruturas, Pedro Nuno Santos, …

Estas formigas encolhem o cérebro para se tornarem rainhas

Cientistas descobriram que as formigas saltadoras indianas reduzem o tamanho do seu cérebro para terem a oportunidade de se tornarem rainhas (e que são capazes de reverter esta mudança quando é preciso). Há muito que …

O "fantasma" de Sócrates pairou no aniversário do PS, mas ninguém o mencionou

O secretário-geral do PS, António Costa, homenageou esta segunda-feira, dia do 48.º aniversário do partido, os primeiros 115 autarcas socialistas eleitos em 1976 e afirmou que os militantes do partido são mais importantes do que …

"Sem paralelo em qualquer outra experiência externa". Marcelo elogia reuniões no Infarmed

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, considera que as reuniões do Infarmed, que juntam especialistas, líderes políticos e parceiros sociais, são realizadas “num quadro político e institucional sem paralelo em qualquer outra experiência …

Fotografia da NASA demonstra Teoria da Relatividade Geral de Einstein

O aglomerado Abell 2813 tem tanta massa que atua como uma lente gravitacional, fazendo com que a luz de galáxias distantes se curve à sua volta. A lente gravitacional acontece quando a massa de um objeto …

Astrónomos descobrem uma super-Terra perto de uma estrela gelada

Uma equipa de investigadores descobriu uma super-Terra a orbitar GJ 740, uma estrela anã fria localizada a cerca de 36 anos-luz do nosso planeta. Nos últimos anos, os cientistas têm levado a cabo uma busca exaustiva …

Já pode "adotar" um pedaço de Notre-Dame para ajudar na sua reconstrução

Uma organização está a dar a oportunidade de o público ajudar na reconstrução de artefactos específicos da catedral de Notre-Dame, em França, que foi parcialmente destruída por um incêndio em 2019. De acordo com a cadeia …

Proporção divina identificada na gerbera

Descobrir como se formam os padrões distintos e omnipresentes das cabeças das flores tem intrigado os cientistas há séculos. Quando se pede a alguém que desenhe um girassol, quase todas as pessoas desenham um grande círculo …

Audi apresenta o novo Q4 e-tron que traz uma autonomia até 520 km

Ainda antes do verão, a Audi vai colocar no mercado o seu primeiro SUV elétrico concebido de raiz e não adaptado a partir de uma plataforma concebida para motores a combustão. O Q4 e-tron destaca-se pela …