Câmara de Lisboa dá isenção fiscal de 2 milhões a prédios de luxo

(cv) YouTube

Edifício Liberdade 203 é um dos empreendimentos de luxo localizados na Avenida da Liberdade

A Câmara de Lisboa aprovou, por maioria, uma proposta para isentar de IMI e IMT, no valor de mais de dois milhões de euros, prédios de luxo situados na avenida da Liberdade. O documento teve os votos favoráveis do PS, a abstenção do CDS-PP, BE e PSD, e o voto contra do PCP.

A proposta, assinada pelos vereadores do Urbanismo, Manuel Salgado (PS), e das Finanças, João Paulo Saraiva (Cidadãos por Lisboa, eleito na lista do PS), visa isentar a empresa “Liberdade 203 Investimentos Imobiliários, SA” de Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI), no valor de cerca de 115.800 euros, e de Imposto Municipal sobre as Transmissões Onerosas de Imóveis (IMT), no montante de mais de 1,9 milhões de euros.

Os partidos foram unânimes ao afirmarem que a aprovação foi feita ao abrigo da lei que prevê a isenção destes impostos para prédios que sejam objeto de reabilitação urbanística.

No entanto, o vereador do PCP Jorge Alves disse à agência Lusa que é o município que “define com rigor a área de reabilitação urbana” e que hoje em dia, com a evolução da cidade, “há várias zonas que não necessitam deste tipo de classificação”.

O eleito Manuel Grilo, do BE (partido que tem um acordo de governação do concelho com o PS), explicou que se absteve uma vez que “não há nada do quadro legal que permitisse votar contra”, mas realçou que não concorda com a lei e que “a cidade não pode ser tratada toda por igual”.

O PSD, através de João Pedro Costa, considerou ser necessário “avaliar se vale a pena continuar com estes regimes de incentivos”. Por seu turno, o vereador do CDS-PP João Gonçalves Pereira referiu apenas que “é um legítimo direito”, que está “consagrado na lei”, escusando-se a dar a sua opinião sobre o diploma.

Na reunião privada do executivo, foi aprovada, também, uma proposta para adjudicar a execução das obras de reabilitação dos viadutos de Pedrouços à empresa Estrela do Norte, pelo valor de cerca de 1,5 milhões de euros.

O documento, assinado pelo vereador do Urbanismo, Manuel Salgado (PS), dá conta de que, “face ao prazo de execução de 300 dias”, terá de se proceder a uma repartição de encargos para os anos financeiros de 2019 e 2020. A proposta estabelece uma repartição de encargos de cerca de 1,1 milhões de euros para 2019 e quase 500 mil euros para 2020.

A câmara municipal, liderado pelo socialista Fernando Medina, aprovou, igualmente, por unanimidade aplicar uma multa, no valor de 728.500 euros, ao empreiteiro responsável pela requalificação do Teatro Variedades, assim como a resolução do contrato e a anulação do saldo da empreitada no montante de mais de três milhões de euros, com IVA incluído.

// Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Conquistas da seleção renderam 140 milhões em menos de 20 anos

As conquistas da seleção portuguesa renderam já mais de 140 milhões de euros à Federação Portuguesa de Futebol (FPF) em menos de 20 anos. Os números são avançados esta terça-feira pelo O Jogo, que dá …

Rosa Grilo acusa PJ de "agarrar em dois idiotas" para acusar de homicídio

A arguida acusou a Polícia Judiciária (PJ), esta terça-feira, de "agarrar em dois idiotas que estavam a jeito", em alusão a si e a António Joaquim, para os incriminar da morte do marido, reiterando que …

Aeroporto de Lisboa encerra de madrugada entre janeiro e junho

O Aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa, vai fechar para obras de alargamento da pista de janeiro a junho, entre as 23h30 e as 05h30 da manhã. De acordo com a TSF, o Aeroporto Humberto Delgado, em …

Fase de Instrução do processo Hells Angels começa no dia 27

A fase de instrução do processo Hells Angels vai começar no dia 27 deste mês, no Tribunal Central de Instrução Criminal, e já há sessões marcadas até 19 de dezembro. Fonte judicial referiu à agência Lusa …

Horacio Cartes, ex-Presidente do Paraguai, alvo de mandado de prisão no Brasil

Um juiz do Brasil emitiu esta terça-feira uma ordem de prisão contra o ex-Presidente paraguaio Horacio Cartes (2013-2018), num caso relacionado com a Operação Lava Jato, informaram fontes oficiais. A decisão foi tomada pelo juiz brasileiro …

Ex-futebolista Koke detido em operação contra tráfico de droga

O antigo futebolista espanhol do Sporting é um dos 20 detidos pelas autoridades espanholas numa operação contra o tráfico de drogas. Esta operação foi desencadeada com 11 buscas simultâneas em Sevilha, Málaga e Granada, envolvendo 150 …

Brasil. Técnica que esteriliza o mosquito do zika e dengue será aplicada em 2020

O Brasil irá usar a partir do próximo ano mosquitos estéreis da espécie 'Aedes aegypt' para controlar a reprodução deste agente que transmite doenças como dengue e zika, anunciou a Organização das Nações Unidas (ONU). A …

FC Porto encaixa até 50 milhões com novo adiantamento de receitas televisivas

A SAD do FC Porto encaixou 30 milhões de euros com uma nova emissão de obrigações pela Sagasta, envolvendo a cedência de receitas futuras de direitos televisivos, e podem entrar mais 20 milhões em janeiro. Em …

Verdes denunciam depósito ilegal de amianto em aterros para resíduos não perigosos

Os Verdes questionaram o Governo sobre casos de depósito de amianto em aterros para resíduos não perigosos. Esta é uma prática ilegal segundo a legislação portuguesa. O Partido Ecologista "Os Verdes" entregou na Assembleia da República …

Autarquias desperdiçaram 128 litros de água por dia em 2018

A Câmara Municipal de Macedo de Cavaleiros encabeça a lista de entidades gestoras que mais água desperdiçam diariamente: 538 litros diários por ramal. Em 2018, a média de perda de água em Portugal continental situou-se nos …