Câmara de Lisboa condenada a pagar indemnização de 96 milhões de euros

Jerome Dahdah / Flickr

Edifício da Câmara Municipal de Lisboa

A Câmara Municipal de Lisboa foi condenada pelo Supremo Tribunal de Justiça ao pagamento de 96 milhões de euros à família Arez Romão, no âmbito de um processo relativo à cedência de um terreno.

A Câmara de Lisboa foi “condenada, por acórdão do Supremo Tribunal de Justiça de 24 de maio do corrente ano, a pagar 65 milhões de euros, acrescidos de juros de mora, no caso do processo Arez Romão”, informa o município em comunicado à Lusa. Fonte da Câmara estimou que o valor final “ande à volta dos 96 milhões de euros“, mas vai depender de quando for feito o pagamento.

O município assegura que “esta situação foi devidamente provisionada nas contas da Câmara”, que se encontra “em condições de honrar esta decisão sem comprometer a sua sustentabilidade financeira”. Dito isto, a autarquia compromete-se a “respeitar os limites legais de endividamento e os prazos médios de pagamento a fornecedores”.

“Contudo, o pagamento de uma indemnização deste montante, e a necessidade de não diminuir os níveis de investimento, levará o município a apresentar um conjunto de medidas extraordinárias, nomeadamente a alienação de património não estratégico – a apresentar aquando do Orçamento para 2019″, adianta a Câmara de Lisboa.

Este processo remonta a 1983, sendo que este desfecho “resultou da anulação de uma decisão anterior que condenara o município ao pagamento de 120 milhões de euros, também acrescidos de juros de mora”.

Em causa está um contrato firmado entre a Câmara de Lisboa e António Pais Arez Romão, que cedeu ao município 45.701,13 metros quadrados (m2) de um terreno, na Quinta das Pedreiras, no Lumiar, ficando com a restante propriedade. Na altura, ficou acordado que o proprietário podia construir na sua parte de terreno o dobro da área permitida para a totalidade da propriedade.

Contudo, em 1997 António Pais Arez Romão e uma familiar intentaram uma ação contra o município alegando que a construção no terreno doado teria fins sociais, mas acabou destinada a habitação de luxo.

“O terreno municipal acabou por ser integrado no Plano de Urbanização do Alto do Lumiar, razão pela qual a família Arez Romão intentou contra o município, em 1997, uma ação judicial com vista a obter uma indemnização. A ação culminou com o acórdão do Supremo Tribunal de Justiça de setembro de 2005, que reconheceu o direito dos autores à referida indemnização”, aponta a Câmara.

Já em “setembro de 2006, a família Arez Romão solicitou aos tribunais a liquidação desta indemnização em cerca de 120 milhões de euros, mais juros, valor em que o município veio a ser condenado, por sentença de março de 2010”, mas da qual recorreu.

O município interpôs recurso para o Tribunal da Relação, que lhe veio a dar razão, anulando a decisão e mandando repetir o julgado. É neste contexto de repetição do julgado que o município é agora condenado pelo Supremo Tribunal de Justiça ao pagamento de uma indemnização no valor de cerca de 65 milhões de euros”, é explicado.

Ainda assim, a autarquia salienta que “continua a entender que a condenação do município não é justificada, até porque os autores conseguiram, por via do loteamento, obter toda a edificabilidade legalmente possível para a totalidade do terreno, em nada tendo sido prejudicados pela doação”.

A Câmara de Lisboa considera ainda que o valor obtido com a “venda do terreno doado é muito inferior ao da indemnização em que veio a ser condenado”. “Não obstante, o município dará, como sempre fez, cumprimento a esta decisão judicial, que é irrecorrível”, conclui o comunicado.

// Lusa

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Não, isto é muito bom!… Como a família Arez Romão tem dinheiro para bons advogados e influência, saca 96 milhões de euros. Se a Câmara tivesse feito o mesmo ao terreno do Zé Maria Pincel, o gaja calava e não bufava!

  2. Deviam de ir ao bolso é dos autarcas que decidiram mudar o destino dos terrenos de social para luxo, porque algum construtor e os referidos autarcas se encheram com a venda dos apartamentos de luxo. Caberia a esses pagar e não o erário público. Neste país os barões roubam e a conta vai para os otários de sempre?

  3. …….obviamente em total desacordo relativamente a quem tem de indenizar os lesados……..assim e fácil fazer “negócios da china”……..

Ataque contra Arábia Saudita terá sido lançado de solo iraniano

A Arábia Saudita e investigadores norte-americanos consideram que existe uma “grande probabilidade” de o ataque deste fim de semana a duas petrolíferas do Aramco, em Abqaiq e Khurais, ter sido feito a partir de uma …

Cardeal George Pell apresenta recurso final contra condenação por pedofilia

O cardeal australiano George Pell, antigo responsável das finanças do Vaticano, apresentou um último recurso contra a sua condenação por pedofilia, no Supremo Tribunal da Austrália, anunciou esta terça-feira a instituição. Segundo a agência Lusa, em …

David descobriu o tratamento para a doença que quase o matou

David Fajgenbaum foi internado no Hospital da Universidade do Arkansas, nos Estados Unidos, depois do Natal de 2013, quando teve uma recaída de uma doença rara auto-imune que quase o matou. A sua condição era tão …

Líder da extrema-direita alemã abandona entrevista depois de ter sido comparado a Hitler

Björn Höcke, líder do partido de extrema-direita AfD no estado federado da Turíngia, abandonou uma televisiva após ter sido comparado a Adolf Hitler. O líder do partido de extrema-direita Alternativa para a Alemanha (AfD) no estado …

Sobe para sete o número de vítimas mortais do mau tempo em Espanha

O cadáver de um holandês de 66 anos que desapareceu no domingo durante as inundações no sudeste de Espanha foi encontrado esta terça-feira, o que eleva para sete o número de mortes devido ao mau …

Universidade de Coimbra elimina carne de vaca das cantinas

A Universidade de Coimbra (UC) vai eliminar o consumo de carne de vaca nas cantinas universitárias a partir de janeiro de 2020, anunciou esta terça-feira o reitor, Amílcar Falcão. Este será o primeiro passo para, até …

Ângelo Rodrigues já fez a primeira cirurgia de reconstrução da perna

O ator Ângelo Rodrigues está internado no Hospital Garcia de Orta devido a uma infeção provocada por uma bactéria. Realizou uma cirurgia de reconstrução de parte da perna esquerda e está "em plena recuperação". Ângelo Rodrigues …

Guaidó questiona novo diálogo com o regime e alerta que crise se intensificará

O presidente da Assembleia Nacional diz que “nunca houve diálogo” entre o Governo de Nicolás Maduro e a oposição porque ao regime “não lhe interessava solucionar”. O líder político opositor Juan Guaidó questionou esta segunda-feira …

150 tigres foram resgatados de um templo na Tailândia. Mais de metade não sobreviveu

Mais de metade dos 150 tigres resgatados há três anos num templo budista em Kanchanaburi, no oeste da Tailândia, morreram, segundo os media locais. Em causa estiveram problemas relacionados com a consanguinidade, uma vez que foram …

Holanda. Mudanças na legislação fiscal sobre empresas para corrigir imagem de paraíso fiscal

O governo holandês deve apresentar esta terça-feira, no reinício dos trabalhos parlamentares, uma modificação da lei sobre a taxação dos lucros das multinacionais, com o intuito de corrigir a imagem de paraíso fiscal para os …