Califórnia já tem uma estrada pavimentada com plástico

Technisoil

O que parece uma estrada comum é agora a mais recente novidade na cidade de Oroville, na Califórnia. A nova construção junta uma tecnologia que mistura garrafas de plástico com asfalto. Por cada quilómetro de estrada são usadas cerca de 150 mil garrafas.

Esta é a primeira estrada do país a ser pavimentada com plástico reciclado. Sean Weaver, presidente da TechniSoil, a startup que criou este projeto, explica que “o pavimento se baseia num material de plástico para assegurar a resistência, e a rocha é simplesmente um material de enchimento.”

A nova técnica adotada permite o reaproveitamento do asfalto antigo, o que não acontece quando uma rua ou estrada precisa de ser pavimentada, uma vez que a camada superior do asfalto é retirada e automaticamente descartada.

De acordo com a Fast Company, na cidade de Oroville, uma parte da estrada com uma extensão de 500 metros já foi repavimentado com plástico.

A fusão dos dois materiais torna a estrada mais resistente a possíveis danos, como é o caso de buracos ou fissuras que vão surgindo com o tempo. Pode ainda ter uma durabilidade superior do que o asfalto comum pois este apenas “depende da rocha para a resistência da mesma”.

O processo recorre ao PET, material frequentemente utilizado na composição de garrafas de refrigerantes e água. Para pavimentar uma estrada, os trabalhadores usam equipamentos que moem a camada superior do pavimento, e depois misturam esse pavimento antigo com o plástico reciclado mantendo-os unidos.

Com a utilização dos métodos mais tradicionais, repavimentar uma estrada pode exigir a introdução de 42 camiões de material novo e o transporte de outros 42 camiões de resíduos por cada quilómetro de asfalto.

O novo modo de operar permite uma redução do tráfego, o que elimina as emissões dessas viagens e acelera os trabalhos em curso. “Podemos fazer esse trabalho de maneira muito tranquila à noite” diz Weaver.

A empresa está também a trabalhar com Los Angeles e em breve irá adotar esta técnica em outras cidades na Califórnia. O estado norte-americano, preocupado com questões ambientais, tem alguns objetivos mais ambiciosos para o futuro.

Também na Europa o tema começa a eclodir. Na Holanda, uma empresa experimentou utilizar plástico reciclado para pavimentar estradas, começando a experiência com uma ciclovia.

ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Verdadeiramente interessante. Enquanto isto, as ruas de LA e SF estão pejadas de dejetos, sem abrigo, pessoas a injetarem-se, a viver em tendas, e a fazer as necessidades em plena rua. Mais interessante é que são os donos das lojas que têm que limpar a via pública.

    Que tal meterem mãos à obra e resolverem isto que dura e dura? Soa melhor na comunicação social esta noticia aqui referia, certo? E a vida das pessoas?

    • Acho que vou mudar o meu nome aqui para não ficar relacionado contigo!
      Tens de estudar a condição humana e ver as realidades lá. EU morei lá algum tempo… na altura a maior parte dos sem abrigo são mesmo pessoas que não querem trabalhar e pessoas que preferem pedir dinheiro a quem passa. Nenhuma sociedade se vai livrar desse problema seguindo regras e muito menos dando local de habitação… outros vão aparecer e requerer os mesmos direitos sem trabalhar. É uma “bola de neve”.
      Soa melhor a um comentário estudar os assuntos antes de comentar 😉

      • 100% de acordo. Vivo nos EUA (não na Califórnia). Já para não falar dos ingénuos que vão viver para LA a pensar que vão ser uma estrela da música ou de cinema, e depois acabam a viver na rua, ficando a contar para os números de sem-abrigo da Califórnia em vez dos respetivos Estados de origem.

RESPONDER

Preços das casas não subiam tanto há mais de dois anos

Os preços da habitação registaram uma subida de 2,5% em relação ao mês anterior. Não subiam tanto há mais de dois anos. O preço de venda das casas em Portugal Continental registou um aumento de 2,5% …

Tragédia de Pedrógão pode "repetir-se em vários locais deste país"

Após quatro anos do grande incêndio que vitimou 66 pessoas, a região de Pedrógão Grande está de novo em ponto de combustão. A 17 de junho de 2017 o incêndio de Pedrógão Grande matou 66 …

"Apocalipse dos insetos". Novos dados associam queda de população a barragens

A população de insetos está em declínio, naquilo a que chamam de "Apocalipse dos insetos". Um novo estudo associa este problema às barragens. Os insetos são o grupo de animais mais numeroso do planeta. Existem cerca …

PS com o pior resultado desde março de 2020. Direita rejubila

Na nova sondagem da Intercampus, realizada para o Jornal de Negócios e o CM/CMTV, todos sobem nas intenções de voto menos o PS. A mais recente sondagem da Intercampus, realizada para o Jornal de Negócios e …

Nova tabela de preços da ADSE adiada para setembro

A nova tabela de preços da ADSE sofreu mais um adiamento e só entrará em vigor em setembro, revelou a ministra da Modernização do Estado e da Administração Pública, Alexandra Leitão. A nova tabela de preços …

Vacinação da faixa etária 20-29 começa a "meio de julho"

No habitual espaço de comentário na SIC, este domingo à noite, Luís Marques Mendes anunciou que a vacinação dos jovens entre os 20 e os 29 anos vai, afinal, começar a "meio de julho". A vacinação …

Cientistas descobrem compostos promissores para tratar cancro do fígado mortal

Investigadores descobriram algumas classes de terapêuticos que destroem as células tumorais fibrolamelares que crescem em ratos e testaram-nas em células humanas extraídas de tumores. As opções de tratamento para o cancro do fígado mortal, chamado carcinoma …

Governo sueco na corda bamba. Moção de censura pode fazê-lo cair

Depois de, neste domingo, ter falhado a tentativa de acordo parlamentar, o Governo sueco enfrenta hoje uma prova de fogo. Esta segunda-feira, o Governo da Suécia pode cair se o Parlamento aprovar a moção de censura. Segundo …

Conseguirão os humanos compreender baleiês? Cientistas acreditam que sim

Uma equipa de investigadores está a tentar recolher e decifrar os sons emitidos por cachalotes, para compreender a sua linguagem. Os cachalotes estão entre os animais mais barulhentos do planeta, produzindo sons de rangidos, batidas e …

NASA regressa a Vénus para perceber se o planeta já foi habitável no passado

A NASA está a regressar a Vénus para aprender como é que o planeta se tornou um deserto quente e venenoso — e se o planeta já foi habitável no passado. A NASA está finalmente a …