/

Caixa de cigarros de prata que salvou vida a militar na I Guerra Mundial foi a leilão

Hansons Auctioneers

Uma caixa de cigarros de prata, que impediu o segundo-tenente William Alexander Lytle de ser morto durante a I Guerra Mundial, foi vendida num leilão por 2.500 dólares (equivalente a 2.268 euros).

O objeto tinha sido oferecido pela mulher pouco antes de William Alexander Lytle partir para a guerra e encontrava-se no bolso à altura do peito, acabando por impedir que uma bala o atingisse mortalmente durante uma batalha com os alemães, refere Fox News.

Uma nota e medalhas que pertenciam a William Alexander Lytle também foram vendidas a um comprador privado, no valor de 2.377 dólares (equivalente a 2.157 euros), de acordo com a leiloeira britânica Hansons Auctioneers.

De acordo com Adrian Stevenson, da Hansons Auctioneers, vários soldados usavam objetos nos bolsos do peito dos uniformes militares, como espelhos para barbear, bíblias de bolso ou caixas de cigarros, com vista a protegerem-se do fogo cruzado.

De acordo com o Expresso, William Alexander Lytle também combateu na II Guerra Mundial e foi agraciado com a Cruz Militar e outras medalhas pelo reconhecimento do seu percurso militar. Morreu aos 80 anos em 1974.

  ZAP //

 

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE